13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Portugueses ocupam 2º lugar no ranking europeu das preocupações com o oceano

 

Portugal foi o segundo país com mais respostas à consulta pública da Surfrider Foundation Europe
 
4.500 respostas obtidas até à data a nível Europeu visam colocar as prioridades e preocupações do “Oceano” na agenda política da UE

 

No âmbito da consulta pública “Voice for the Ocean”, a Surfrider Foundation Europe, organização mundial sem fins lucrativos dedicada à proteção e valorização de lagos, rios, oceanos, ondas e do litoral, conseguiu já reunir cerca de 4.500 respostas à consulta pública. De toda a Europa, Portugal foi o segundo a obter mais respostas, revelando a preocupação dos portugueses com o ambiente.

 

 

A campanha que teve início em Junho deste ano com questões relacionadas com o oceano identificadas como prioritárias para a agenda política dos futuros deputados europeus eleitos nas próximas eleições parlamentares de

2019, pretende alertar os políticos para que tenham estes resultados em consideração e integrem ações no seu programa de campanha.
 
As questões ambientais tornam-se permentes na vida dos portugueses. Desde a manifestação do passado sábado sobre a prospeção de petróleo na costa portuguesa, às últimas declarações prestadas pelo Ministro do Ambiente

na conferência do clima COP24 que decorreu na Polónia em que sublinhou a dificuldade no consenso sobre financiamentos, urge a tomada de medidas de proteção e valorização do ambiente.
 
Temos consciência da importância das questões ambientais e dos vários assuntos que se têm levantado acerca do tema. O próximo ano será crucial para os mares da Europa, uma vez que se esperam várias mudanças ao nível das políticas da UE e a nível internacional, com a eleição e nomeação do novo Parlamento Europeu.” comenta Antidia Citores, chefe do Departamento de Lobbies e Campanhas da Surfrider Foundation Europe.

 

 

O questionário online que pretende dar voz aos oceanos estará disponível para preenchimento até meados de Janeiro, tendo sido alargado o prazo inicialmente previsto. A organização pretende obter as 5.000 respostas de forma a captar a atenção dos futuros líderes parlamentares. Os resultados serão processados ​​por profissionais, de modo a identificar as principais prioridades apontadas pelos cidadãos e a identificar as medidas que receberam o maior apoio dos cidadãos. Estes resultados, analisados ​​na íntegra, servirão de base para a argumentação apresentada pela Surfrider Foundation Europe aos candidatos europeus.
 
Todos os dados obtidos serão mantidos em sigilo pela Surfrider, não sendo em nenhuma circunstância transmitidos a terceiros.

 
Sobre a Surfrider Europe


A Surfrider Foundation Europe é uma organização ambiental sem fins lucrativos, criada em 1990 em França (Biarritz). Durante a sua existência, adquiriu experiência nas áreas de investigação e ação local, bem como na criação e distribuição de ferramentas educativas. Hoje tornou-se numa rede de 700 voluntários, 10.500 membros e 120.000 apoiantes em aproximadamente quarenta capítulos locais, que estão ativos em nove países europeus. 

 

 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019 – 01:28:59

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...