14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla vence Prémio "Saúde Sustentável"

 

Distinção é sinal de credibilidade e visibilidade do trabalho que a Sociedade tem desenvolvido durante a sua existência ao serviço das pessoas com Esclerose Múltipla


Os vencedores da 8.ª edição dos Prémios Saúde Sustentável foram conhecidos no passado dia 21 de novembro. A Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla venceu na categoria de “Projetos Integrados Especiais” com o SICaSA.


O objetivo deste projeto é sinalizar, recapacitar e reintegrar os doentes na sociedade. Para isso, a SPEM disponibiliza uma equipa multidisciplinar que faz apoio social, domiciliário, psicológico, de nutrição, fisioterapia e um conjunto de atividades ocupacionais. 


A SPEM, que já foi reconhecida por este centro integrado e diferenciado, pretende criar um registo nacional de pessoas com esclerose múltipla em 2020 e replicar este modelo inovador a outras doenças raras e do cérebro, que já permitiu que dezenas de doentes saiam diariamente do isolamento e algumas voltassem a trabalhar.


Para Paulo Gonçalves, vice-presidente da SPEM, este prémio “é o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela Sociedade nos últimos 35 anos, evidenciando a credibilidade e a visibilidade da instituição. Este é, para nós, um incentivo para continuarmos a fazer melhor.”


O Prémio “Saúde Sustentável” é uma iniciativa que tem como objetivo distinguir e premiar entidades “que se tenham destacado por promover e implementar iniciativas de sustentabilidade com impacto tangível na saúde”.


De mais de 100 candidaturas, o júri selecionou 15 projetos finalistas. Concorreram a esta iniciativa várias entidades, individuais e coletivas públicas, privadas e do setor social, prestadoras de cuidados de saúde primários, hospitalares e continuados, farmácias, associações, entre outras.


O evento, que contou com o Alto Patrocínio da Presidência da República, foi organizado pelo Jornal de Negócios e a farmacêutica Sanofi, em parceria com a Everis, empresa responsável pelo desenvolvimento da metodologia de avaliação.
 
Sobre a SPEM: A Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM) é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) criada em 1984, que tem como missão contribuir para a melhoria das condições de vida dos portadores de Esclerose Múltipla, familiares e cuidadores. A Sociedade desenvolve a sua atividade em distintas mas complementares áreas de ação. Por um lado, intervém junto dos poderes públicos e organismos competentes, especialmente nas áreas da saúde e proteção social, para um eficiente suporte aos doentes e o acesso às terapias. Por outro, presta apoio integrado e multidisciplinar, através de serviços especializados e de referência, como atividades ocupacionais, neuroreabilitação, apoio domiciliário, transporte de doentes, consultas de Psicologia, serviço social e aconselhamento jurídico.
 
Sobre a Esclerose Múltipla: Esta é uma doença crónica, auto-imune, inflamatória e degenerativa, que afeta o sistema nervoso central. Surge frequentemente entre os 20 e os 40 anos, o que tem um enorme impacto na sua vida familiar e profissional. Em Portugal, estima-se que existam cerca de 8 mil pessoas com Esclerose Múltipla.

Periodicidade Diária

sábado, 7 de dezembro de 2019 – 18:49:11

 

 
Feliz Natal e um
 
Próspero Ano Novo
 
 
Boas Festas!
 

 

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...