14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Covid-19: Cascais vai testar toda a sua população, numa operação de grande envergadura pioneira a nível internacional

 

 

A Câmara Municipal de Cascais vai ser a primeira autarquia portuguesa e uma das primeiras a nível mundial a testar toda a sua população, avançando já na próxima semana, com testes serológicos capazes de avaliar com elevada precisão o número de potenciais infetados.

 

Para tal, serão utilizados os testes desenvolvidos pela multinacional Roche Diagnósticos que detetam a presença de anticorpos e resposta imunitária contra o SARSCoV2, permitindo à Câmara Municipal de Cascais obter informações sobre a prevalência desta doença nos mais de 200 mil habitantes de Cascais.

 

Terão prioridade os munícipes que já estiveram infetados, tendo por isso testes PCR positivos, para que se possa aferir da perenidade dos seus anticorpos e logo da potencial imunidade conferida.

 

Este projeto conta com o apoio da Fundação Claude e Sofia Marion, bem como a parceria da Roche Diagnósticos, Germano de Sousa e Joaquim Chaves. Esta decisão surge na sequência de um estudo epidemiológico, com uma amostra aleatória de mais de 400 residentes em Cascais, que revelou que 0,7% das famílias desenvolveram anticorpos a esta doença.

 

Amanhã, 15 de Maio de 2020 pelas 10h no edifício dos Paços do Concelho, será assinado o MOU entre as partes.

 

Os testes são gratuitos e serão realizados através de colheitas de sangue nos mais de 18 laboratórios, Germano de Sousa e Joaquim Chaves, localizados em Cascais. A Câmara Municipal de Cascais, adicionalmente disponibilizará equipas móveis de enfermeiros que se deslocarão às residências de grupos prioritários ou de risco, para aí procederem à recolha de amostras para análise.

 

Todo o processo de registo e marcação deve ser feito através da linha Cascais 800 203 186 ou em qualquer das lojas Cascais. O munícipe terá de fazer prova de residência, bastando para tal uma fatura da água, declaração das Finanças com morada fiscal ou o cartão MobiCascais. Um único elemento pode fazer o registo para toda a família. O resultado do teste é disponibilizado ao munícipe num espaço de 24h e será enviado por mail.

 

As empresas podem solicitar a realização destes testes para os seus colaboradores ou clientes/fornecedores mas, neste caso, não serão gratuitos.

 

O objetivo da Câmara Municipal de Cascais é atingir os 5 mil testes semanais, capacidade máxima dos laboratórios nesta fase. Afinal, trata-se de uma operação de grande envergadura que exige logística pesada e complexa. Esta limitação de 5.000 testes semanais obriga a que a operação se desenvolva nos próximos meses, o que vai permitir também conhecer a evolução da pandemia na população de Cascais.

 

Os testes serológicos a utilizar no presente projeto, recentemente lançados pela Roche Diagnósticos, são uma tecnologia inovadora, que apresenta elevadas sensibilidade clínica e especificidade e será utilizado pela primeira vez em Portugal neste projeto em parceria coma CM Cascais e as restantes entidades.

 

Estes testes serológicos, vão ser executados pelos laboratórios Germano de Sousa e Joaquim Chaves Saúde, através de um acordo com a CM Cascais, para o qual contribui ainda um apoio financeiro da Fundação Claude e Sofia Marion.

 

A autarquia considera fundamental um regresso faseado e criterioso das pessoas à atividade habitual, prevendo e salvaguardando riscos, mas sempre colocando a saúde dos nossos concidadãos em primeiro lugar e à frente de quaisquer outros critérios. A ideia é obter um panorama mais realista sobre a prevalência de pessoas com potencial imunidade na população, permitindo preparar melhor o futuro.

 

“Em Cascais continuamos a trabalhar nas diferentes frentes do combate ao Covid-19. Com equipas multidisciplinares e com vontade de, por um lado dar respostas de apoio pronto às populações, por outro, procurar estudar e investigar. O conhecimento é chave para encontrarmos soluções para diminuir o contágio. Tudo faremos para defender a população de Cascais e reduzir os riscos provocados por esta pandemia” Carlos Carreiras, Presidente da Câmara.

 

Esta decisão da Câmara de Cascais surge na sequência de um estudo de prevalência da doença e consequente imunidade em Cascais, o primeiro à população de um concelho português. Este estudo revelou que 0,7% das famílias de Cascais apresentou presença de anticorpos contra o SARS-CoV2, muito acima dos 0,1% indicados pela Direção Geral da Saúde.

 

Com um erro máximo de +/- 4,83%, o estudo realizado entre 9 de abril e 9 de maio pela Câmara de Cascais, em parceria com a Pitagórica – Investigação e Estudos de Mercado e a Águas de Cascais, abrangeu a aplicação de 429 testes a famílias residentes em todas as freguesias do concelho.

 

Os resultados preliminares levam a concluir que 0,7% das famílias de Cascais tiveram contacto com o vírus e desenvolveram anti-corpos. Números que se distanciam largamente dos 0,1% da população indicados pela Direção Geral da Saúde e que surgem em linha com as conclusões dos estudos efetuados pelo Imperial College de Londres, pela Fundação Champalimaud e Algarve Biomedical Center, segundo os quais, respetivamente, até 5% e 2,8% da população teve contacto com vírus. Este estudo e a massificação dos testes serológicos por toda a população de Cascais, enquadra-se num conjunto de medidas adotadas pela autarquia, de combate à pandemia, nomeadamente ao nível da investigação e conhecimento, iniciativas que têm sido lideradas pelo Vice-presidente, Miguel Pinto Luz, que concebeu e negociou no último mês esta parceria entre todos os intervenientes.

 

Ficha técnica do estudo já realizado Universo: Famílias residentes no município de Cascais cujo domicílio possui contador de água.

 

Amostra:Amostra Aleatória (probabilística) Simples por freguesia. A amostra foi suportada pelos registos de contratos residenciais de água no Concelho de Cascais. Quantificaram-se que existem 100.046 registos o que compara bem com o número de famílias registado nos últimos dados censitários (82.093). Foram extraídos em 3 momentos distintos, mas suportado pelo mesmo critério, 1.374 domicílios (1ª extração 520 registos, 2ª extração 520 registos e 3ª extração 334 registos). Os domicílios selecionados foram contactados telefonicamente quando existia número associado ao registo e contactados presencialmente sempre que não existiam contactos telefónicos.

 

Foram excluídos todos os registos que recusaram realizar o teste bem como todos os domicílios em que se detetou não serem residências permanentes ou estarem sem ninguém a viver no momento da investigação bem como os que excederam 5 tentativas de marcação, em diferentes dias. Em cada casa só foi testado um membro da família, selecionado aleatoriamente. Foram realizados 429 testes válidos, o que corresponde a uma margem de erro máxima de +/- 4,83%, dado que se desconhecia a proporção de munícipes infetados, foi assumido no cálculo da amostra uma proporção para acontecimento desconhecida (p=0,5).

 

Metodologia:Aplicação de Teste rápido COVID-19 lgG / lgM para detetar infeção por coronavírus e recolha de questionário imunológico para posterior enquadramento de resultados. Os testes realizados são produzidos pela Healgen e registam a presença do vírus com precisão de 92,9%. Os testes possuem Certificado CE-IVD. Foram cumpridos todos os pressupostos inerentes à Lei que regula a proteção de dados pessoais.

 

Trabalho de Campo:O estudo decorreu entre os dias 9 de abril e 9 de maio de 2020 sob a Direção da Câmara Municipal de Cascais e orientação técnica da Pitagórica e cuja operacionalização foi realizada pelas Águas de Cascais e Cascais Próxima.Este teste é um ensaio imunocromatográfico rápido para a deteção qualitativa e diferencial de anticorpos IgG e IgM para o novo Coronavírus 2019 no sangue total humano, soro ou plasma e fornece apenas um resultado preliminar. É da marca Healgen, modelo CORONA VÍRUS Covid-19 IgG / IgM Teste Rápido em Cassete/ Sangue Total/ Soro/ Plasma, registado no INFARMED em Março de 2020.

 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 29 de maio de 2020 – 07:05:13

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...