18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Nissan em contagem decrescente para vendas exclusivamente elétricas na Europa

- A partir de agora, todos os novos modelos da Nissan a ser lançados na Europa serão 100% elétricos;
- A Nissan continua a acreditar no desenvolvimento de automóveis elétricos como a melhor solução de mobilidade;
- A Nissan acaba de revelar o protótipo Concept 20-23 e lançar novos testes de condução autónoma, numa altura que as equipas europeias da marca celebram aniversários marcantes.
 
A Nissan, a empresa que acendeu a faísca que eletrificou a indústria automóvel, está a partir de agora em contagem decrescente para uma gama totalmente elétrica na Europa.
 
Com muitos países a debater quando proibir as vendas de motores de combustão interna, a Nissan avança com planos para alcançar 100% das suas vendas com automóveis totalmente elétricos na Europa a partir de 2030, com todos os novos modelos da marca a lançar na Europa a partir de hoje a serem totalmente elétricos.
 
Com capacidade para conceber, projetar e construir automóveis na Europa e aproveitando os principais pontos fortes da marca na eletrificação e nos crossovers, a mudança apoiará o caminho da Nissan em direção à neutralidade em carbono.
 
«O automóvel totalmente elétrico é a melhor solução de mobilidade. Mais de um milhão de clientes já se juntaram à nossa jornada e experimentam a diversão de um automóvel elétrico da Nissan, e não há como voltar atrás agora», disse Makoto Uchida, presidente e CEO da Nissan.
 
«Os automóveis elétricos movidos a energias renováveis são fundamentais para alcançarmos a neutralidade carbónica, que é fundamental para a nossa visão Nissan Ambition 2030. A Nissan fará a mudança para totalmente elétrica na Europa até 2030; acreditamos que é a coisa certa a fazer para o nosso negócio, os nossos clientes e para o planeta», concluiu Uchida.
 
Novo Concept 20-23 revelado e novo estudo sobre condução autónoma lançado
 
O compromisso surge numa altura em que a Nissan prossegue o seu programa de investimento nas equipas europeias de Design e I&D da marca, que estão a assinalar aniversários históricos sublinhados por avanços significativos no seu trabalho de ponta em automóveis e tecnologia do futuro.
 
Ontem, junto ao Nissan Design Europe (NDE), a Nissan apresentou o Concept 20-23, um conceito de VE desportivo e urbano que celebra o 20º aniversário da abertura do estúdio em Paddington, Londres.
 
No vizinho Nissan Technical Centre Europe, onde a equipa de I&D da Nissan assinala este ano o seu 35.º aniversário, está a decorrer o mais recente estudo de condução autónoma em condições reais do Reino Unido, chamado evolvAD, com foco em estradas residenciais e rurais e apoiado pelo Governo do Reino Unido.
 
Está em curso um programa de investimento de mais de 40 milhões de euros em ambos os locais, que apoia atividades que incluem:
 
- No NDE, a modernização das instalações, ferramentas e recursos de projeto e pessoal adicional;
- No NTCE, de novas tecnologias e instalações com mais de 26 milhões de euros investidos apenas em projetos de eletrificação;
 
Futuros modelos e tecnologia de baterias tornam os automóveis elétricos ainda mais acessíveis
 
Globalmente, no âmbito do Nissan Ambition 2030, a empresa está a introduzir 27 automóveis eletrificados, incluindo 19 totalmente elétricos, até 2030. Neste período, a Nissan também introduzirá tecnologia livre de cobalto para reduzir o custo das baterias em 65% até ao ano fiscal de 2028.
 
A Nissan também pretende lançar automóveis elétricos com as suas baterias proprietárias de estado sólido (ASSB) até ao ano fiscal de 2028. Com a introdução das inovadoras ASSB, a Nissan poderá expandir as suas ofertas de automóveis elétricos em todos os segmentos e oferecer um desempenho mais dinâmico.
 
Ao reduzir o tempo de carregamento para um terço, as ASSB tornarão os automóveis elétricos mais eficientes e acessíveis. Além disso, a Nissan espera que as baterias de estado sólido reduzam o custo dos pacotes de baterias para US$ 75 por kWh até ao ano fiscal de 2028 e pretende reduzi-lo ainda mais para US$ 65 por kWh, para alcançar a paridade de custos entre automóveis elétricos e a gasolina, no futuro.
 
Dois dos futuros automóveis elétricos da Nissan já foram confirmados para a Europa, incluindo um novo VE compacto que sucederá ao icónico Nissan Micra como o automóvel de entrada na gama europeia da Nissan. O outro automóvel será construído na fábrica da Nissan em Sunderland, como parte do projeto EV36Zero, um plano para o futuro do setor automóvel, reunindo fabrico de automóveis elétricos, produção de baterias e de energia renovável, num investimento de mais de mil milhões de euros.
 
Progressos na eletrificação na Europa
 
Um terço dos mais de um milhão de automóveis elétricos da Nissan vendidos em todo o mundo foram na Europa, sendo o Nissan ARIYA e o furgão Townstar os mais recentes automóveis totalmente elétricos a chegar a este mercado. Desde 2022 que a gama Nissan na Europa está 100% eletrificada, incluindo a adição da tecnologia e-POWER da Nissan no Qashqai e no X-Trail.
 
Ajustada para clientes europeus pela equipa do NTCE, a tecnologia e-POWER proporciona a experiência de condução agradável, sem esforço e suave associada a um VE puro, sem necessidade carregamento elétrico, ideal para aqueles que não estão ainda prontos para fazer a mudança para a mobilidade totalmente elétrica.
 
Estes automóveis populares e líderes do segmento já estão a apoiar a transição da Nissan para 100% VE na Europa, onde, apesar das atualizações do ciclo de vida para os modelos atuais, todos os novos Nissan na Europa serão 100% elétricos.
 
O mercado automóvel europeu está a eletrificar a um ritmo acelerado. No período de cinco anos entre 2018 e 2022, as vendas de automóveis elétricos e eletrificados aumentaram de 5% do mercado total para 44%, com as vendas de automóveis totalmente elétricos a subir de 1% para 12% do mercado total. Hoje, os automóveis elétricos representam 16% das vendas totais da Nissan na Europa, parte de um mix total de vendas eletrificadas de 50%, que nos próximos três anos deverá aumentar para 98%.
 
«À medida que a Europa acelera em direção aos automóveis elétricos, a Nissan continuará a oferecer o design crossover impressionante e a emoção de condução que os nossos clientes adoram», disse Guillaume Cartier, presidente para a região AMIEO (África, Médio Oriente, Índia, Europa e Oceânia) da Nissan.
 
«Com os avanços na tecnologia de baterias, os automóveis elétricos tornar-se-ão ainda mais acessíveis e a Nissan continuará a defender os automóveis elétricos como a melhor maneira de fornecer mobilidade mais limpa, mais simples e mais acessível», sublinhou Guillaume Cartier.
 
A visão Nissan Ambition 2030 é a visão de longo prazo da companhia para se tornar numa empresa verdadeiramente sustentável, conduzindo para um mundo mais limpo, seguro e inclusivo. Nos próximos dez anos, a Nissan irá fornecer automóveis eletrificados emocionantes e inovações tecnológicas, enquanto expandirá as suas operações a nível global. Esta visão apoia o objetivo da Nissan de ser neutra em carbono em todo o ciclo de vida de seus produtos até ao ano fiscal de 2050.
 

Periodicidade Diária

quinta-feira, 25 de abril de 2024 – 05:35:41

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...