14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Juvenis do CNLA conquistam um título e quatro recordes no Torneio Zonal

O Clube de Natação do Litoral Alentejano (CNLA) marcou presença no Torneio Zonal de Juvenis – Zona Sul com os atletas Hugo Correia e Nélson Malheiros, ambos Juvenis-B (nascidos em 1999), numa competição disputada nas Piscinas Municipais de Tomar entre os dias 13 e 15 de Dezembro.

 

Numa prestação global notável dos dois atletas a todos os níveis, o grande destaque vai para o título de Campeão Zonal de Juvenis-B obtido por Hugo Correia nos 100 Mariposa (1:01.32), ele que registou ainda melhorias significativas nas suas marcas nas provas de 200 Mariposa (2:21.26 – 8º lugar) e 200 Estilos (2:22.40 – 9º lugar). As marcas obtidas nos 200 Mariposa e 50 Mariposa (28.28, na passagem a meio da prova de 100 metros) constituem novos recordes regionais do seu escalão. Nélson Malheiros, por sua vez, também teve um fim-de-semana recheado de excelentes resultados, ao registar grandes melhorias em todas as provas que nadou e ao ficar perto do pódio por duas ocasiões. O atleta foi 4º classificado nos 400 Livres (4:23.15) e 1500 Livres (17.22.00), estabelecendo também ele dois novos máximos regionais do seu escalão nestas distâncias. O Juvenil-B do CNLA realizou ainda provas dignas de registo nos 200 Costas (2:20.32 – 6º lugar) e 200 Livres (2:05,83 – 12º lugar). De referir que Hugo Correia nos 200 Mariposa e 200 Estilos, e Nélson Malheiros nos 400 Livres e 200 Costas, cumpriram os tempos mínimos para os Campeonatos Nacionais de Juvenis, eles que já tinham conquistado o “passaporte” para essa competição noutras distâncias.

 

Um fim-de-semana em cheio e que vem premiar todo o esforço e aplicação dos dois atletas nos últimos tempos.

Periodicidade Diária

domingo, 8 de dezembro de 2019 – 02:33:16

 

 
Feliz Natal e um
 
Próspero Ano Novo
 
 
Boas Festas!
 

 

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...