14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Pódio é tónica dominante para a EFAPEL

 

 

Mestre foi terceiro, Del Pino mantém posição na geral e Paulinho é o camisola verde
 

Segundo dia no Grande Prémio Internacional das Beiras e Serra da Estrela e a EFAPEL mantém a tónica dos resultados entre os três primeiros. Depois do segundo posto de Jesus del Pino, que lhe vale o último lugar do pódio na geral individual, hoje foi a vez de Daniel Mestre ser o terceiro na etapa. O ciclista da formação de Ovar foi o segundo melhor no sprint discutido 16 segundos depois de Omar Mendonza ter alcançado o triunfo em Trancoso.

 

Com 192 quilómetros a ligar Fornos de Algodres e Trancoso, o pelotão voltou a ter uma etapa bastante exigente, com as temperaturas altas a deixarem marca. Apesar da média ligeiramente mais baixa face à véspera, os ciclistas voltaram a pedalar muito depressa e cumpriram quase 200 quilómetros em pouco mais do que cinco horas.

 

Na equipa EFAPEL, a estratégia foi controlar. A formação de Américo Silva estava interessada numa chegada em grupo e trabalhou nesse sentido juntamente com outras formações. “Foi um dia intenso em que mantivemos o grupo coeso no pelotão a trabalhar em conjunto. Procurámos a discussão da etapa com o Daniel [Mestre] e agora vamos ver o que acontece na etapa de amanhã, em que a montanha vai ditar as regras”, afirmou o director desportivo da EFAPEL, Américo Silva.

 

Jesus del Pino é terceiro a apenas dez segundos de diferença do camisola amarela e a equipa não deixará passar a oportunidade de discutir o triunfo. A equipa também está na discussão pela vitória na classificação das metas volantes, com Sérgio Paulinho na frente e, por isso, amanhã vai envergar a camisola verde.

 

Pela frente, os ciclistas têm 163 quilómetros entre Belmonte e Manteigas com passagem pelo ponto mais alto de Portugal Continental, o Alto da Torre. Há apenas uma meta volante porque é a montanha a marcar este derradeiro dia de competição. São três contagens, uma de terceira, uma de segunda e, por fim, a de primeira, na Torre, a 25 quilómetros do final.

 

Classificação na segunda etapa
1º    Omar Mendonza            Equipo Bolivia            5h09m16s 
2º    Vicente Mateos            Louletano/Hospital de Loulé    a 16s
3º    Daniel Mestre                EFAPEL            mt

21º    Henrique Casimiro            EFAPEL            mt
25º    Jesus del Pino            EFAPEL            mt
31º    Bruno Silva                EFAPEL             mt 
36º    Sérgio Paulinho            EFAPEL            mt
66º    Rafael Silva                EFAPEL             a 3m06s 
71º    Mateo Garcia                EFAPEL             a 5m54s 
93º    António Pereira Barbio        EFAPEL            a 19m06s

Classificação geral individual
1º    Alexander Evtushenko        Lokosphinx            10h23m24s 
2º    Ricardo Mestre            W52/FC Porto            a 8s 
3º    Jesus del Pino            EFAPEL            a 10s

7º    Daniel Mestre                EFAPEL            a 3m45s 
8º    Sérgio Paulinho            EFAPEL            a 3m45s 
10º    Bruno Silva                EFAPEL             a 3m47s
21º    Henrique Casimiro            EFAPEL            a 3m49s
51º    Rafael Silva                EFAPEL             a 7m57s 
58º    Mateo Garcia                EFAPEL             a 9m42s 
84º    António Pereira Barbio        EFAPEL            a 39m56s

Periodicidade Diária

domingo, 22 de setembro de 2019 – 20:16:26

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...