13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Rafael Silva fecha pódio do dia com 3.º lugar na “Alentejana”

 

 

Rafael Silva terminou hoje na 3.ª posição a terceira etapa da 37.ª Volta ao Alentejo, o que leva o corredor a ascender ao 9.º lugar da Classificação Geral, onde apresenta o mesmo tempo do atual líder, o britânico Gabriel Cullaigh (Team Wiggins LeCol), que venceu a tirada do dia. A Equipa Profissional de Ciclismo EFAPEL sobe ao 7.º lugar da Geral coletiva e segue motivada, rumo à dupla jornada deste sábado, que será decisiva para a competição.


Esta sexta-feira fica marcada por 176,5 km que ligaram Santiago do Cacém a Mora, numa viagem bem movimentada logo a partir do segundo quilómetro da corrida, juntando cinco homens que se isolaram em fuga até aos 113 km, momento em que foram absorvidos pelo pelotão.  


A cerca de 40 km da linha da meta, com a EFAPEL a puxar no pelotão, em conjunto com a W52-FC Porto, o grupo partiu-se em dois e foi do primeiro destes blocos que se discutiu a etapa, nas exigentes rampas de Mora. A EFAPEL está de parabéns pelo bom trabalho levado a cabo para colocar Rafael Silva, não tendo, contudo, sido suficiente para que o sprinter concluísse na 1.ª posição.


Para o diretor desportivo da EFAPEL, Américo Silva, “não tendo a equipa vencido, o resultado de hoje já está muito próximo do que são as nossas ambições e para além do resultado, há que referir que ele é fruto logicamente de um bom desempenho individual, mas principalmente de um grande trabalho coletivo”.

 

O líder da formação de Ovar adianta que “a etapa de amanhã vai ser uma incógnita muito grande, mas de todas as formas esperamos principalmente no final da manhã, ainda estar com opções à vitória final. Sabemos que a etapa de amanhã é bastante decisiva, quanto ao desfecho desta 37.ª Volta ao Alentejo”.


Sábado é de facto um dia decisivo na edição de 2019 da “Alentejana”, com dupla jornada pela frente e luta acesa, antevendo-se um bom dia de espetáculo. O primeiro setor da quarta etapa une Ponte de Sor (10.30 horas) a Portalegre (chegada prevista às 12.23 horas), ao longo de 74,3 km. Um percurso curto mas exigente graças à subida de Cabeço do Mouro.

 

A jornada vespertina começa às 16 horas com um contrarrelógio individual de 8,4 km, em Castelo de Vide, que inclui a subida à Senhora da Penha.
 
CLASSIFICAÇÕES:
 
CLASSIFICAÇÃO ETAPA

3.ª ETAPA: Santiago do Cacém – Mora: 176,5 km

1.º Gabriel Cullaigh (Team Wiggins LeCol), 04h21m11s
3.º Rafael Silva (EFAPEL), mt
36.º Fabricio Ferrari (EFAPEL), a 10s
37.º Marcos Jurado (EFAPEL), mt
51.º Henrique Casimiro (EFAPEL), a 21s
62.º Pedro Paulinho (EFAPEL), a 57s
66.º Sérgio Paulinho (EFAPEL), a 01m11s
67.º Niki Mihaylov (EFAPEL), mt
 
CLASSIFICAÇÃO ETAPA POR EQUIPAS
1.º Euskadi Basque Country-Murias, 12h21m06s
8.º EFAPEL, 13h03m53s
 
CLASSIFICAÇÃO GERAL AMARELA

1.º Gabriel Cullaigh (Team Wiggins LeCol), 13h34m56s
9.º Rafael Silva (EFAPEL), mt
32.º Fabricio Ferrari (EFAPEL), a 38s
35.º Henrique Casimiro (EFAPEL), a 45s
39.º Marcos Jurado (EFAPEL), a 56s
47.º Niki Mihaylov (EFAPEL), a 2m23s
58.º Sérgio Paulinho (EFAPEL), a 05m25s
70.º Pedro Paulinho (EFAPEL), a 09m29s
 
CLASSIFICAÇÃO GERAL POR EQUIPAS
1.º Euskadi Basque Country-Murias, 40h44m48s
7.º EFAPEL, a 1m12s

 

Foto -Podium / Paulo Maria

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 22 de abril de 2019 – 14:43:34

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...