14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

UCI Miranda-Mortágua: Rescaldo Campeonatos Nacionais em Melgaço

 

Disputaram-se neste fim de semana os Campeonatos Nacionais de Estrada em Melgaço para Elites e Sub23. Ao longo dos três dias de prova, foram atribuídas as várias camisolas de campeão Nacional para as diferentes categorias.
 
Na sexta feira tiveram lugar as provas de Contra Relógio Individual, onde estivemos representados com Ivo Pinheiro em Sub23 e Gaspar Gonçalves em Elites.

 

 

Ivo Pinheiro melhorou o seu resultado na época passada e foi este ano o 7º classificado no Contra Relógio Individual.

 

 

Gaspar Gonçalves em Elites, foi o 12º classificado.
 
Sábado correu-se a prova em linha para a categoria de Sub23, numa extensão de 143,2 quilómetros. Percurso muito exigente em constante sobe e desce, culminava com uma dura subida em empedrado para a meta final. Desde muito cedo na prova, Ivo Pinheiro integrou a fuga do dia, aquela da qual no final viria a sair o vencedor da prova e novo campeão nacional João Almeida (Hagens Berman Axeon).

 

 

Uma prova sólida de Ivo Pinheiro, mas que a duas voltas do fim não conseguiu mais seguir com os da frente. Ainda assim de salientar uma boa iniciativa e participação na prova do nosso ciclista.

 

 

Tiago Leal também alinhou, mas problemas respiratórios fizeram com que abandonasse a prova.
 
Domingo correu-se a prova rainha destes Campeonatos Nacionais de Estrada, a prova de fundo para os Elites, uma verdadeira maratona de 197 quilómetros, que apesar da grande exigência do percurso, foi corrida sempre em alta velocidade.

 


 
Daniel Freitas logo nos primeiros quilómetros intrometeu-se na fuga do dia, fuga esta que apenas viria a ser alcançada com 135 quilómetros de corrida. Uma tentativa de antecipação do nosso homem mais rápido que passou mais de metade da prova escapado e mesmo assim não se rendeu quando foi apanhado pelo pelotão. Neste pelotão contávamos também com Gaspar Gonçalves, e já na fase decisiva da prova na última subida fez-se a seleção de valores, onde José Mendes (Sporting/Tavira) viria a sair vitorioso.

 

 

Uma prova de grande nível de Daniel Freitas que apesar das muitas dificuldades do percurso, foi à luta e poderia ter alcançado um resultado muito melhor caso não fosse sujeito ao desgaste da fuga.
 
Um balanço positivo destes Campeonatos Nacionais, onde em ambas as categorias tínhamos poucos elementos em prova, mas que ainda assim deram muito boa conta de si. Estiveram ativos, na frente da corrida sem medo de enfrentar as grandes dificuldades e o poderio de outras equipas.

 

Classificação CRI Sub23 1.º João Almeida (Hagens Berman Axeon), 32m37s 7.º Ivo Pinheiro (Miranda-Mortágua), 3m11s
 
Classificação CRI Elites 1.º José Gonçalves (Team Katusha Alpecin), 42m46s 12.º Gaspar Gonçalves (Miranda-Mortágua), a 3m26s
 
Classificação Prova Fundo Sub23
1.º João Almeida (Hagens Berman Axeon), 3h41m32s 37.º Ivo Pinheiro (Miranda-Mortágua), a 20m13s DNF Tiago Leal (Miranda-Mortágua)
 
Classificação Prova Fundo Elites 1.º José Mendes (Sporting/Tavira), 4h39m33s 21.º Daniel Freitas (Miranda-Mortágua), a 2m01s 29.º Gaspar Gonçalves (Miranda-Mortágua), a 3m34s DNF Hugo Sancho (Miranda-Mortágua) 
 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 18 de novembro de 2019 – 08:47:11

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...