14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Efapel (Re)Cycling na estrada com a Volta a Portugal

 

 

Faz parte do ADN da Equipa Profissional de Ciclismo EFAPEL fazer diferente. A chegada da época mais importante do ano – a 81.ª Volta a Portugal em Bicicleta – levou a estrutura de Ovar a voar mais alto envolvendo a modalidade numa nova campanha de sensibilização para o tema do meio ambiente. EFAPEL (Re)Cycling é o nome desta ação, que prevê um conjunto de iniciativas para tornar a montra do ciclismo nacional uma competição mais ecológica e sustentável.


Não se trata de mais uma campanha de sensibilização. A EFAPEL, que não se resume à equipa profissional nem à escola de formação, pretende atuar no terreno dando o contributo possível para fazer com que a prova rainha do ciclismo de estrada português seja um exemplo a seguir em termos de sensibilização e proteção ambiental. A nível nacional e além-fronteiras.


O objetivo principal passa por partilhar exemplos e boas práticas, mostrando que é possível, com o contributo de cada um, conseguir reciclar 50% do lixo até 2022. Para alcançar esta meta Portugal tem de tratar 83,5% dos resíduos indiferenciados, estando atualmente nos 38%. São números recentemente divulgados pela Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza.


É intenção da EFAPEL implementar ações específicas com a equipa de ciclismo, em parceria com algumas entidades e associações, entre o período que vai realizar-se a prova (31 de julho e 11 de agosto) e que desta forma vão permitir transformar esta Volta a Portugal em Bicicleta numa corrida mais sustentável em termos ambientais, mais ecológica, porque “Não Há Planeta B”.


A Associação Patrulheiros, que lançou a maior rede de voluntariado ambiental do país através de uma aplicação gratuita no telemóvel, é um dos parceiros da EFAPEL (Re)Cycling para a Volta a Portugal. Existem outras entidades que vão colaborar com a equipa e foram já desenvolvidas algumas ações antes do arranque da Volta a Portugal.


A estrutura de Ovar esteve no campo de férias da Escola José Falcão de Miranda do Corvo, para oferecer 135 bidões EFAPEL, um por participante – crianças entre os 8 e os 12 anos –, com o objetivo de eliminar a utilização de garrafas de plástico não reutilizável. No total a oferta da equipa traduziu-se numa poupança efetiva de aproximadamente 1500 garrafas de plástico, que foram substituídas pelos bidões, reutilizáveis. Foi a primeira de muitas iniciativas que a EFAPEL pretende desenvolver ao longo dos próximos dias e, porque não, continuar depois, para colher ainda mais frutos no futuro, em nome de um planeta mais saudável e feliz.

 

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 18 de novembro de 2019 – 14:29:34

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...