14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Efapel continua determinada em conquistar a 81.ª Volta a Portugal

 

 

No dia em que Jóni Brandão, da Equipa Profissional de Ciclismo EFAPEL, cai do 3.º para o 10.º lugar da Geral Individual da 81.ª Volta a Portugal Santander, a posição da formação de Ovar e do corredor são inabaláveis: conquistar a vitória desta edição da prova rainha. Este recuo surge em virtude de uma penalização de 10 segundos, atribuída hoje pelo Colégio de Comissários e anunciada pela Rádio Volta, à partida para a 3.ª Etapa, que ligou Santarém a Castelo Branco ao longo de 194,1 km. Uma viagem percorrida debaixo de um sol tórrido, com temperaturas a chegar aos 40 graus.


Além do calor a tirada foi marcada por uma fuga inicial com um duo que chegou a alcançar mais de 12 minutos de vantagem, resistindo um deles até aos quilómetros finais, momento em que a W52-FC Porto colocou toda a equipa na frente do pelotão, sagrando Daniel Mestre vencedor da etapa.


Nesta 3.ª Etapa destaque ainda para a decisão do Colégio de Comissários, que um dia depois da prova considerou que Jóni Brandão beneficiou de um impulso pelo carro de apoio na 2.ª Etapa, sem que se tivesse verificado qualquer avaria mecânica. Jóni Brandão ficava assim a 17 segundos do líder da Geral. Contudo, como ainda perdeu tempo num “corte” ao aproximar-se da meta, finaliza na 10.ª posição da Geral, não a 17 mas a 23 segundos do Camisola Amarela. Coletivamente a EFAPEL mantém-se no 2.º lugar da Geral por Equipas.


Jóni Brandão foi parco em palavras: “Todos os dias são decisivos, amanhã vai ser outro dia como os que temos tido até agora. Se o Colégio de Comissários decidiu que eu tinha de apanhar 10 segundos, fica nas mãos deles. Quanto a nós, continuamos simplesmente com o nosso objetivo”.


Rúben Pereira, diretor desportivo da EFAPEL, disse que este “foi um dia um pouco agitado, de véspera da etapa que chega à Torre. Acabámos por ficar um pouco fracionados numa queda que ocorreu a poucos quilómetros da chegada, o que condicionou o resultado final. Mas a Volta a Portugal ainda está no início, faltam muitas etapas decisivas e estamos na luta até ao fim”.


Sobre o assunto que esteve hoje na ordem do dia, o dirigente da formação de Ovar referiu que “as regras foram feitas para se cumprir e as penalizações para serem aplicadas. Respeito, mas não concordo. Considero que foi uma medida muito pesada e injusta. Já demonstrámos o nosso desagrado, porque para nós esta foi uma decisão que não foi ponderada. O nosso mecânico teve uma atitude normal. Não houve nenhum impulso nem houve mudança de velocidade no nosso carro. Além disso havia um comissário próximo de nós que de certeza impediria esse tipo de atos. Acredito que se o Colégio de Comissários continuar com este tipo de decisões o pelotão acaba muito reduzido, tendo em conta que 99% das equipas tem o mesmo tipo de procedimento. O Jóni Brandão obviamente não queria trocar três vezes de bicicleta. A EFAPEL quer ser respeitada acima de tudo, e o Jóni tem o valor dele, não precisa deste tipo de ajuda”. E rematou: “Não serão estes segundos que o vão tirar da competição. Será, aliás, motivo para que deixe ainda mais de si na estrada”.


Este domingo traz uma das mais aguardadas e míticas etapas, o dia mais importante da primeira fase da Volta: a ligação Pampilhosa da Serra - Covilhã, com a meta na Torre após 145 km de viagem. A partida será às 13.15 horas antevendo-se a chegada pelas 17.21 horas. A subida para a meta será feita pela vertente mais dura, com 19,7 km de pura escalada.
 
CLASSIFICAÇÕES:
 
CLASSIFICAÇÃO ETAPA
3.ª ETAPA: Santarém – Castelo Branco: 194,1 km

1.º Daniel Mestre (W52-FC Porto), 05h11m37s
29.º Henrique Casimiro (EFAPEL), a 06s
39.º Jóni Brandão (EFAPEL), mt
40.º Rafael Silva (EFAPEL), mt
45.º Bruno Silva (EFAPEL), mt
59.º Sérgio Paulinho (EFAPEL), mt
102.º Fabricio Ferrari (EFAPEL), a 03m24s
117.º Niki Mihaylov (EFAPEL), a 03m47s
 
CLASSIFICAÇÃO ETAPA POR EQUIPAS
1.ª W52-FC Porto, 15h34m51s
11.ª EFAPEL, 15h35m09s
 
CLASSIFICAÇÃO GERAL – AMARELA
1.º Gustavo Veloso (W52-FC Porto), 14h56m20s
10.º Jóni Brandão (EFAPEL), a 23s
15.º Sérgio Paulinho (EFAPEL), a 31s
19.º Henrique Casimiro (EFAPEL), a 36s
22.º Bruno Silva (EFAPEL), a 44s
38.º Rafael Silva (EFAPEL), a 01m04s
94.º Niki Mihaylov (EFAPEL), a 05m42s
102.º Fabricio Ferrari (EFAPEL), a 09m35s
 
CLASSIFICAÇÃO GERAL POR EQUIPAS
1.ª W52-FC Porto, 44h49m04s
2.ª EFAPEL, a 01m09s
 
GERAL PONTOS – VERDE – RUBIS
1.º Daniel Mestre (W52-FC Porto), 81 Pontos
20.º Jóni Brandão (EFAPEL), 8 Pontos

 

Fotos - João Fonseca Photographer

 

 

 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 20 de novembro de 2019 – 09:11:50

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...