Daniel Freitas no Top-15 no dia em que a chuva chegou à Volta

 

 

A sexta etapa da 81.ª Volta a Portugal Santander, uma ligação de 189,2 quilómetros, entre Torre de Moncorvo e Bragança, ficou marcada pela grande velocidade, chuva e também por algumas quedas. No final, uma fuga viria a vingar em Bragança e Daniel Freitas foi o 3º do pelotão a cortar a linha de meta, na 14ª posição.
 
Numa etapa logo após o dia de descanso, o pelotão começou bastante rápido. Fase inicial bastante acidentada e com um andamento muito forte, fez com que um grupo de 23 unidades de escapasse ao pelotão. Neste grupo, composto maioritariamente por homens da Geral contávamos com a presença de Hugo Sancho, o nosso melhor homem na Geral.
 
Andamento muito rápido no pelotão que não queria deixar ir embora estes homens, fez com que a corrida não parasse e a fuga se desse já com cerca de 100 quilómetros percorridos. Nesta fuga não conseguimos colocar qualquer elemento.
 
Fuga que alcançou uma vantagem máxima de 7 minutos, mas que a equipa do camisola amarela não queria deixar chegar com tanto tempo.

 

Vantagem diminuída na parte final, mas que ainda assim não impediu os fugitivos de chegar.

 

 

No pelotão, aproximação atribulada, mas com Daniel Freitas a estar em bom plano, foi o 3º no sprint do pelotão e fechou a etapa na 14ª posição.  

 

A história da etapa de amanhã, a sétima da competição, deverá ser diferente.

 

Os 156,2 quilómetros começam em Bragança e terminam na serra do Larouco, Montalegre. A meta coincide com um prémio de montanha de primeira categoria, resultante de uma escalada de 9,2 quilómetros a 5,8 por cento de inclinação.

 

Antes disso, a 40 quilómetros do final, está colocada outra dificuldade de primeira categoria, Torneiros, uma montanha com 4,5 quilómetros e inclinação média de 8,7 por cento. Vai ser um dia importante na luta pela geral. 
 
Classificação Etapa

Torre de Moncorvo – Bragança: 189,2 kms

 

1.º Hector Benito (Euskadi Basque Country Murias), 4h55m14s

14.º Daniel Freitas (Miranda-Mortágua), a 4m30s

30.º Hugo Sancho (Miranda-Mortágua), mt

43.º Sergio Vega (Miranda-Mortágua), mt

79.º Gaspar Gonçalves (Miranda-Mortágua), a 12m40s

90.º Jesús Nanclares (Miranda-Mortágua), a 22m58s

91.º Cristian Mota (Miranda-Mortágua), mt

92.º Leangel Linarez (Miranda-Mortágua), mt 

Classificação Geral

 

1.º Gustavo Veloso (W52-FC Porto), 28h21m20s

22.º Hugo Sancho (Miranda-Mortágua), a 7m50s

37.º Daniel Freitas (Miranda-Mortágua), a 13m37s

68.º Sergio Vega (Miranda-Mortágua), a 29m15s

84.º Gaspar Gonçalves (Miranda-Mortágua), a 52m18s

101.º Cristian Mota (Miranda-Mortágua), a 1h18m13s

107.º Leangel Linarez (Miranda-Mortágua), a 1h41m26s

112.º Jesús Nanclares (Miranda-Mortágua), a 1h48m22s
 
Classificação Geral Montanha

 

1.º Luís Gomes (RP-Boavista), 37 pts

3.º Gaspar Gonçalves (Miranda-Mortágua), 32 pts
 
Classificação Geral por equipas

 

1.º W52-FC Porto, 85h05m07s

10.º Miranda-Mortágua, a 31m22s
 
 

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...