14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Efapel prossegue 46.ª Volta ao Algarve com determinação

 

 

O colombiano Nicoláz Saenz foi hoje o melhor corredor em prova da Equipa Profissional de Ciclismo EFAPEL, ao concluir na 44.ª posição a 2.ª Etapa da Volta ao Algarve. Em dia de muita subida, a chegada foi no Alto da Fóia (Monchique), onde a meta coincidiu com um Prémio de Montanha de primeira categoria, após 189,3 km que saíram da Fortaleza de Sagres.

 



Até chegar ao ponto mais alto do Algarve, a tirada desta quinta-feira foi animada por uma fuga com três corredores estrangeiros, onde o espanhol da EFAPEL Gerard Armillas ainda tentou entrar. Contudo, apenas conseguiu chegar à posição intermédia, entre a fuga e o pelotão, que acabaria por absorvê-lo.

 

O diretor desportivo da EFAPEL, Rúben Pereira, explicou que “tentámos entrar na fuga do dia, mas a corrida saiu muito rápida e em terreno sinuoso, dificultando a nossa investida. Gerard Armillas arrancou um pouco tarde para a fuga e foi apanhado antes de lá chegar”.

 



Quanto a Nicolás Saenz, um trepador de excelência, apesar da queda de ontem, que o obrigou a deslocar-se ao hospital para fazer exames, “acabou por surpreender por estar muito bem. Aliás até certo momento, tanto ele como o Luís Mendonça estiveram junto dos melhores. De forma geral todos acabaram por fazer uma boa etapa”, rematou o líder da estrutura de Ovar, para quem a equipa “está muito bem na corrida, muito unidos e tentado estar sempre na frente para dar visibilidade aos nossos patrocinadores. Vamos continuar assim nos próximos dias”.

 

 

 

Após a montanha, sexta-feira é dia de voltar ao percurso plano, com a 3.ª Etapa da 46.ª Volta ao Algarve Cofidis a levar o pelotão de Faro (11.50 horas) a Tavira (17 horas), ao longo de 201,9 km, a tirada mais longa da prova. Pelo caminho há três Metas Volantes em São Brás de Alportel (18,4 km), Alcoutim (64,9 km) e Vila Nova de Cacela (190 km) e duas contagens de Montanha de terceira categoria, em Portela da Corcha (63,4 km) e Cachopo (78,3 km).
 
CLASSIFICAÇÕES:


2.ª ETAPA
Sagres – Fóia (Monchique): 183,9 km

 
CLASSIFICAÇÃO INDIVIDUAL NA 2.ª ETAPA

1.º Remco Evenepoel (Deceuninck-Quick-Step), 04h46m38s
44.º Nicolás Saenz (EFAPEL), a 04m13s
54.º Tiago Machado (EFAPEL), a 06m15
62.º Luís Mendonça (EFAPEL), a 08m42s
83.º Tiago Antunes (EFAPEL), a 13m55s
144.º Sérgio Paulinho (EFAPEL), a 21m10s
149.º Gerard Armillas (EFAPEL), mt
171.º Pedro Paulinho (EFAPEL), a 28m13s
 
CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPAS NA 2.ª ETAPA
1.ª Astana Pro Team, 14h21m51s
16.ª EFAPEL, 14h39m04s
 
CLASSIFICAÇÃO GERAL INDIVIDUAL – AMARELA
1.º Remco Evenepoel (Deceuninck-Quick-Step), 09h42m15s
43.º Nicolás Saenz (EFAPEL), a 04m13s
53.º Tiago Machado (EFAPEL), a 06m15s
60.º Luís Mendonça (EFAPEL), a 08m42s
80.º Tiago Antunes (EFAPEL), a 13m55s
126.º Gerard Armillas (EFAPEL), a 21m10s
153.º Sérgio Paulinho (EFAPEL), a 25m56s
171.º Pedro Paulinho (EFAPEL), a 45m36s
 
CLASSIFICAÇÃO GERAL POR EQUIPAS
1.ª Astana Pro Team, 29h08m42s
16.ª EFAPEL, a 17m13s
 
CLASSIFICAÇÃO GERAL PONTOS – VERMELHA
1.º Fabio Jakobsen (Deceuninck-Quick-Step), 25 Pontos
11.º Pedro Paulinho (EFAPEL), 6 Pontos
 
CLASSIFICAÇÃO GERAL MONTANHA – AZUL

1.º Remco Evenepoel (Deceuninck-Quick-Step), 12 Pontos
13.º Pedro Paulinho (EFAPEL), 3 Pontos
 
CLASSIFICAÇÃO GERAL JUVENTUDE – BRANCA
1.º Remco Evenepoel (Deceuninck-Quick-Step), 09h42m15s
8.º Nicolás Saenz (EFAPEL), 09h46m28s
13.º Tiago Antunes (EFAPEL), 09h56m10s

 

Fotos - João Fonseca Photographer

 

 

 

Periodicidade Diária

sábado, 28 de março de 2020 – 17:09:01

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...