15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Tomás Apolónia a um lugar do pódio no Campeonato de Portugal

Campeão nacional da categoria Cadete e vice-campeão em título na Juvenil, Tomás Apolónia é um dos pilotos mais promissores do karting nacional e apresentou-se na segunda prova do Campeonato de Portugal, disputada este fim de semana, com legítima ambição de obter um bom resultado. O Kartódromo dos Milagres, em Leiria, é muito técnico, mas na época transata o piloto do Algarve venceu de forma brilhante. Contudo, este ano, Tomás Apolónia foi condicionado por problemas de motor que não lhe permitiram ir além do quarto lugar.

Tomás Apolónia percebeu logo na sessão de treinos de sexta-feira que o motor Iame do seu kart não estava com o rendimento habitual em Leiria. A sua equipa Max Power Kart Team tentou por todos os meios identificar e resolver o problema no propulsor, mas este acabaria mesmo por limitar a prova de Tomás Apolónia durante todo o fim de semana. Valeu a determinação e o talento do jovem piloto de 11 anos, que depois de ter obtido o sétimo melhor tempo nos treinos cronometrados, fez uma boa recuperação na primeira manga de qualificação, onde terminou na quarta posição, apesar da pressão intensa dos adversários.
 
Para as corridas de domingo, o piloto e a equipa experimentaram várias afinações no chassis Kosmic para tentar compensar a falta de potência do motor. Tomás Apolónia continuou em excelente plano no capítulo das largadas, conseguindo sempre recuperar posições e fazer ultrapassagens seguras. Foi assim que conseguiu um notável segundo lugar na segunda manga de qualificação, para a qual partiu da quarta posição.
 
Previa-se que a Final seria a corrida mais complicada, mas Tomás Apolónia voltou a fazer um bom arranque e subiu da terceira para a segunda posição, antes de ter de enfrentar os problemas colocados pela motorização do seu kart, que o levavam a rodar a cinco décimas de segundo do tempo ideal. O piloto do Algarve terminou no quarto lugar e ocupa agora igual posição no campeonato, mas tem apenas menos 33 pontos do que o primeiro classificado e ainda faltam disputar mais duas provas, sendo que em cada uma estão em ‘jogo’ 70 pontos.
 
Uma prestação que demonstra como no desporto motorizado nem sempre os resultados dependem diretamente do piloto.
 
"Fiquei um pouco chateado no final da prova porque senti que nunca estive tão rápido como podia. O nosso objetivo era garantir um lugar no pódio – se possível até repetir a vitória do ano passado –, mas nas mangas de qualificação e na Final, o kart não me permitiu ter o andamento ideal. Acredito que tenho rapidez para os primeiros lugares e a equipa vai tentar perceber o que se passou para ter o kart em boas condições para Viana do Castelo, cuja pista é muito rápida e é importante um bom motor. O meu objetivo agora é ganhar corridas nas provas que faltam e subir o máximo de lugares na classificação", comentou Tomás Apolónia.
 
Antes da terceira jornada do Campeonato de Portugal, agendada para 6 e 7 de julho, em Viana do Castelo, o piloto do Algarve deverá disputar a primeira prova do competitivo Campeonato de Espanha, marcada para 22 e 23 de junho para a pista de Campillos, na província de Málaga.

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 9 de março de 2021 – 06:58:30

Pesquisar

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...