13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Toque retira pódio a Tomás Apolónia no Campeonato de Portugal

Um toque de um adversário na corrida final da primeira prova do Campeonato de Portugal de Karting da categoria Juvenil, disputada este fim de semana, no KIRO – Kartódromo do Bombarral, impediu Tomás Apolónia, que ocupava a terceira posição, de garantir um lugar no pódio. O piloto do Algarve – apontado como um dos principais favoritos ao título –, ainda continuou em pista, mas com poucas voltas para recuperar posições, viu a bandeira xadrez no 12º lugar.

Como se não bastassem os problemas elétricos no seu kart equipado com chassis Kosmic, para além de outras condicionantes técnicas, Tomás Apolónia não foi nada feliz na corrida final da prova de abertura do Campeonato de Portugal de Karting que contou com 83 pilotos, distribuídos por seis categorias, devido a um toque de um adversário que lhe retirou um pódio praticamente certo.
 
Nos treinos cronometrados, o piloto do Algarve estabeleceu a sexta melhor marca, com o registo de 52,522s e, na primeira manga de qualificação, largando então da terceira linha da grelha de partida, conseguiu passadas duas voltas ascender ao quarto lugar mas, na última volta, Tomás Apolónia viria a perder a posição, acabando por terminar no quinto lugar. Na segunda manga de qualificação, o piloto da Max Power Kart Team arrancou da quinta posição e logo na primeira volta ascendeu ao segundo lugar, para não mais o largar até final.
 
No somatório dos resultados das duas mangas de qualificação, Tomás Apolónia largou da terceira posição para a final. O piloto da Max Power Kart Team arrancou e passou para o segundo lugar, mas depois viria a descer ao terceiro posto, lugar em que se manteve até à 12º volta, altura em que um toque de um adversário o fez cair para os últimos lugares. O jovem algarvio ainda regressou à corrida, mas já só faltam três voltas para o final e não deu para correr atrás do prejuízo, acabando por ser 12º classificado.
 
"Na corrida final, quando estava na terceira posição, o piloto que rodava atrás de mim deu-me um toque e cai para os últimos lugares. Ainda continuei em pista, mas dado o atraso e como só faltavam três voltas para o final da corrida, não tive tempo para recuperar lugares, pelo que terminei na 12ª posição", comentou Tomás Apolónia, para depois mencionar outras incidências que também condicionaram a sua prestação: "Durante os treinos livres de sexta-feira, o meu kart estava com problemas elétricos e não deu para rodar bem. No sábado, antes dos treinos cronometrados, a minha equipa conseguiu resolver a situação, mas ainda assim o kart não estava nas melhores condições e eu também confesso que não estava rápido. No fundo, não existiu uma boa conjugação entre piloto e a minha equipa Max Power Kart Team, que trabalhou bastante no sentido de encontrar a melhor afinação para a pista do Bombarral", sublinhou o piloto do Algarve, que tem a próxima prova do Campeonato de Portugal de Karting agendada para os dias 25 e 26 de maio e que será disputada no Kartódromo dos Milagres, em Leiria.
 


 

terça-feira, 16 de outubro de 2018 – 15:11:13

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...