15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

EKO/Birel ART Portugal com três pilotos nas Finais dos Iame International Games

 

A Escola de Karting do Oeste (EKO), em colaboração com a Birel ART Portugal, defendeu as cores nacionais de forma muito positiva na primeira edição dos Iame International Games, disputados durante cinco dias, por 145 pilotos oriundos de vários países, no Kartódromo Internacional do Algarve, em Portimão. Os três pilotos da equipa sedeada no Bombarral garantiram a tão ambicionada presença nas Finais de duas categorias, tendo um deles feito uma corrida notável, já que recuperou da 29.ª à 13.ª posição!  

 

Presente em duas das três categorias na primeira edição dos Iame International Games, a EKO/Birel ART Portugal cumpriu o objetivo de colocar os três pilotos que levou para o traçado algarvio nas corridas Finais, tendo antes de se empenhar bastante nas outras fases da prova, sobretudo na categoria X30 Sénior, dado que dos 63 pilotos em competição, só 36 se qualificavam para a Final. Com Ricardo Borges nesta classe, a equipa sedeada no Bombarral cumpriu o objetivo de alcançar o apuramento direto para a Final, evitando a corrida de repescagem para a qual foram relegados 33 concorrentes.

 

 

Ricardo Borges estava, contudo, perante um novo desafio esta época, dado que tem competido na categoria X30 Super Shifter – karts com caixa de velocidades –, pelo que começou mesmo por ser 35.º classificado na sessão única de treinos cronometrados. Nas mangas de qualificação, com um 13.º, um 8.º, um 21.º e um 10.º lugares, o piloto natural da Maia conseguiu qualificar-se diretamente para a Final, tendo antes de disputar a Pré-Final. Nesta, um toque fez com que o spoiler traseiro do seu kart ficasse solto e teve de abandonar. Na corrida decisiva, Ricardo Borges arrancou da 36.ª posição e recuperou 10 lugares, acabando depois por ver a bandeira xadrez na 27.ª posição, enquanto o britânico Connor Cupp bateu toda a concorrência. A classificação final que não reflete o talento piloto português – campeão nacional da especialidade em 2018 –, mas compreende-se pelo facto de regressar a uma categoria à qual já não estava habituado.

 

Na categoria X30 Mini, a EKO/Birel ART Portugal contou com Gustavo da Silva e Santiago Alves.

 

 

O primeiro estreou-se numa grande competição internacional e sob condições atmosféricas adversas. Mesmo assim, Gustavo da Silva, depois de ser 21.º classificado nos treinos cronometrados, garantiu um 10.º e dois 9.ºs lugares nas mangas de qualificação, sendo 22.º na Pré-Final e depois 21.º classificado na Final.

 

 

Santiago Alves foi 12.º nos treinos cronometrados e nas mangas obteve dois 13.ºs e um 5.º lugares, mas na Pré-Final viria a sofrer uma penalização que o relegou para o 29.º posto. Sem baixar os braços, o piloto da EKO/Birel ART Portugal acabou por fazer um Final de grande nível, já que recuperou 16 posições e viu a bandeira xadrez num excelente 13.º lugar, numa corrida em que triunfou o experiente piloto britânico Leo Robinson, tendo o holandês Sacha Van’t Pad Bosch e o britânico Nathan completado, respetivamente, o pódio.Karting.

 

 

Periodicidade Diária

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021 – 12:32:08

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...