14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Renault Scénic: Quebrar preconceitos!

 

Os monovolumes são sensaborões? O Renault SCÉNIC quebra o estigma. O design exterior remete-o para o universo dos crossovers. As linhas são modernas e sedutoras, a carroçaria pode ser bicolor e as jantes – imagine-se! – são de 20 polegadas. Mas o Renault SCÉNIC oferece (também) uma excecional habitabilidade, uma modularidade inigualável, abundantes espaços de arrumação, inúmeros equipamentos tecnológicos e de segurança, bem como uma inédita gama de motores a gasolina e a diesel. Até agora disponível “apenas” na versão de 7 lugares (Grand SCÉNIC), o Renault SCÉNIC com 5 lugares individuais também passa a estar disponível em Portugal (igualmente como Classe 1 nas portagens), a partir de 30.770€.

 

 

«Preconceito. Substantivo masculino. Ideia ou conceito formado antecipadamente e sem fundamento sério ou imparcial; Opinião desfavorável que não é baseada em dados objetivos», lê-se no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. O preconceito poderá justificar o atual desamor em relação aos monovolumes, a par da crescente popularidade dos crossovers. Mas o Renault SCÉNIC é a prova de que é possível estar na moda… sem andar na moda! E, para além disso, beneficiando do espaço, conforto e mordomias que só um monovolume cheio de estilo pode proporcionar.

 

Por isso mesmo se, há mais de duas décadas (em 1996), o Renault SCÉNIC inventou o conceito de monovolume compacto, a quarta geração orgulha-se de romper com os códigos convencionais do segmento. Se isso já era evidente no Renault Grand SCÉNIC de 7 lugares, o mesmo acontece com o Renault SCÉNIC que agora passa também a ser comercializado em Portugal e igualmente taxado como Classe 1 nas portagens (com dispositivo eletrónico de pagamento).

 

APAIXONE-SE! É UM MONOVOLUME CHEIO DE ESTILO

 

Independentemente da carroçaria – SCÉNIC 5 lugares ou Grand SCÉNIC 7 lugares – o Renault SCÉNIC desperta o interesse até dos olhares mais desinteressados. As linhas rompem com um certo classicismo do segmento. As rodas – imagine-se! – são de 20 polegadas e não falta mesmo uma carroçaria bicolor. Mas também a já famosa assinatura luminosa Renault contribui para a imagem moderna e sedutora. Na dianteira, os faróis em forma de “C” são equipados com a tecnologia LED Pure Vision, enquanto, na traseira, as luzes proporcionam um efeito 3D, graças à tecnologia Edge Light.

 

Mas depois da rendição ao exterior do Renault SCÉNIC, é chegada a hora de conhecer tudo aquilo que só um monovolume pode proporcionar.

 

UM ANFITRIÃO POR EXCELÊNCIA

 

Assim que nos aproximamos do Renault SCÉNIC e, uma vez detetado o cartão mãos-livres, acendem-se as luzes diurnas e os faróis traseiros. Os espelhos retrovisores abrem-se e o habitáculo ilumina-se. Imediatamente somos surpreendidos com o espaço, conforto, qualidade, requinte e tecnologia do interior e isto independentemente de estarmos perante o Renault SCÉNIC ou o Grand SCÉNIC.

 

Na realidade, só há duas caraterísticas essenciais que os distinguem: os lugares disponíveis e a capacidade da mala. O SCÉNIC oferece cinco confortáveis lugares individuais e uma capacidade para bagagens de 572 litros, mas que pode ser extensível aos 720 litros, com o simples deslizamento da segunda fila de bancos. Já o Grand SCÉNIC disponibiliza 7 lugares individuais e 233 litros de capacidade para bagagens – sem prejuízo da terceira fila de bancos.

 

No interior, em tudo o resto, o SCÉNIC e o Grand SCÉNIC são iguais, seja na habitabilidade, modularidade, qualidade, conforto ou tecnologia. Assim que nos instalamos a bordo, a perceção de bem-estar é imediata. A qualidade dos materiais e dos acabamentos está presente nos mais diversos pormenores. Os bancos dianteiros são herdados do Espace, e estão disponíveis com regulação elétrica de oito modos (lombar incluída), aquecimento e… função de massagem. 

 

 

TUDO AQUILO QUE SÓ UM MONOVOLUME PROPORCIONA

 

Mas como monovolumes que se prezam, o SCÉNIC e o Grand SCÉNIC oferecem engenhosas soluções de modularidade que não têm paralelo noutros segmentos. Alguns exemplos bem úteis: o banco do passageiro dianteiro pode assumir a posição de mesa; os bancos traseiros deslizam, individualmente, sob calhas, de modo a que seja possível otimizar o transporte de volumes, sem prejuízo do número de ocupantes; enquanto as prateleiras Easy Life, suportadas nas costas dos bancos dianteiros, fazem as delícias de crianças e adultos.

 

Igualmente prático e engenhoso é o sistema “One Touch Folding”. Com um único toque no R-LINK 2, ou nos comandos situados no porta-bagagens, é possível rebater, automaticamente, os bancos traseiros, com o objetivo de obter um piso plano.

 

Outro dos equipamentos icónicos da gama SCÉNIC é a consola central deslizante. Uma solução simples, mas bastante prática. Para além do espaço de arrumação que disponibiliza – iluminado e fechado – acumula a função de apoio de braço e integra diferentes tomadas (USB, jack e de 12v), tanto para os passageiros dianteiros, como para os da segunda fila de bancos.

 

UM SENTIDO PRÁTICO INIGUALÁVEL

 

Nada menosprezáveis e, cada vez mais úteis nos dias de hoje, são os 63 litros de espaços de arrumação no habitáculo. A gaveta Easy Life é um dos destaques. Herdada do Espace, está situada em frente ao banco do passageiro dianteiro, sendo iluminada e climatizada. Para além de oferecer uma excecional capacidade de arrumação, abre-se eletricamente por intermédio de um sensor e tranca-se, automaticamente, com a imobilização do automóvel. Uma referência, ainda, para os quatro compartimentos integrados no piso.

 

Outro dos destaques é a possibilidade da gama SCÉNIC poder receber o teto panorâmico de vidro fixo. Graças à abertura sem travessa central, oferece uma extraordinária luminosidade.

 

 

UM CONCENTRADO DE TECNOLOGIA

 

Mas para além de qualidade, espaço, modularidade e conforto, o habitáculo da gama SCÉNIC também é sinónimo de tecnologia.

 

O imponente ecrã de 8,7 polegadas – um autêntico tablet – colocado na consola central destaca-se desde logo. Com grafismos sofisticados e intuitivos, é o centro de comando do sofisticado sistema R-Link 2, que inclui a navegação 3D, telefone, aplicações, rádio, ar condicionado, correio eletrónico, entre outras funções, como a tecnologia Multi-Sense®.

 

VÁRIOS SCÉNIC NUM SÓ COM O MULTI-SENSE®

 

Programável através do ecrã táctil, o sistema permite personalizar o SCÉNIC ou o Grand SCÉNIC em função das circunstâncias ou simplesmente do estado de espírito do condutor. Porque um monovolume também pode ser dinâmico e proporcionar genuíno prazer de condução. Através do R-LINK 2 podem ser selecionados diferentes modos de condução: Normal, Eco, Confort, Sport e Perso. No fundo, a parametrização do automóvel ao nível da suspensão, direção, velocidade de resposta do acelerador e do motor, mas também ambiente do habitáculo – cinco cores disponíveis. E no caso das versões equipadas com caixa de velocidades automática, também a rapidez das passagens de caixa.

 

Outro exemplo de tecnologia é o ecrã retrátil, a cores! Posicionado em cima do tablier, não obriga a tirar os olhos da estrada para o condutor ver as informações relacionadas com a navegação, velocidade, sinalização e avisos para cumprir distâncias de segurança.

 

SISTEMA BOSE® SURROUND

 

A gama SCÉNIC também propõe o sistema BOSE® Surround. Uma vez mais, os engenheiros da BOSE® e da Renault trabalharam em estreita colaboração para criar um som à medida, configurado especialmente para o modelo, graças à implantação otimizada de onze altifalantes de grande potência: um altifalante central à frente, para um som equilibrado, dez altifalantes de alto desempenho distribuídos pelo habitáculo, para um som nítido e preciso, bem como um subwoofer integrado no porta-bagagens, para reproduzir a música com genuína profundidade. Este conjunto permite oferecer a cada ocupante uma experiência sonora imersiva e autêntica.

 

NOVA GAMA DE MOTORES

 

A chegada do Renault SCÉNIC a Portugal também é marcada pelo lançamento de uma nova geração de motores de última geração – transversais ao Grand SCÉNIC – testados sob as diretrizes do protocolo WLTP e todos eles compatíveis com a norma ambiental EURO 6D-TEMP, que entrará em vigor apenas em setembro de 2019. 

Três inéditas propostas a gasolina – TCe 115 FAP, TCe 140 FAP e TCe 160 FAP – ambas tendo por base o novíssimo bloco 1.3 TCe desenvolvido em parceria com a Daimler; mas também uma oferta a diesel: o igualmente novo 1.7 Blue dCi, que estará disponível dentro de escassas semanas.

 

NOVOS MOTORES FAP A GASOLINA: TCE FAP ENTRE 115 E 160 CAVALOS

 

Desenvolvido em parceria com a Daimler, o novo motor 1.3 TCe a gasolina de injeção direta estará disponível em cinco versões: TCe 115 FAP, TCe 140 FAP, TCe 140 FAP EDC7, TCe 160 FAP e TCe 160 FAP EDC7.

 

Equipado com o mecanismo Dual Variable Timing Camshaft, onde as válvulas de admissão e de escape são controladas em função das exatas necessidades do propulsor, oferece mais binário em baixos regimes, enquanto desfruta de maior disponibilidade nos regimes mais elevados. Ou seja, um motor que impressiona pela resposta, independentemente dos regimes a que é sujeito. Tudo isto, com notória poupança nos consumos e gerando emissões mais reduzidas comparativamente aos motores da geração anterior.

 

Para reduzir as emissões de partículas, todas as variantes do motor disponibilizadas na gama SCÉNIC integram um filtro de partículas (FAP) que não requer manutenção.

 

Na versão de 115 cavalos, o bloco reivindica um binário de 220 Nm às 1500 rpm e um consumo em ciclo completo de 6,6 l/100 km (SCÉNIC) e de 6,8l/100 km (Grand SCÉNIC). Está associado a uma caixa manual de seis velocidades.

 

Com uma potência de 140 CV e um binário de 240 Nm logo às 1600 rpm, o novo motor a gasolina TCe 140 FAP surpreende pelo conforto e prazer de condução. A sua reatividade rivaliza com os melhores diesel sem comprometer o consumo: 6,7 l/100 km em ciclo combinado para o SCÉNIC e mais uma décima para o Grand SCÉNIC. Um motor que pode ser associado uma caixa manual de seis velocidade ou à suave e rápida caixa automática de dupla embraiagem EDC de sete velocidades.

 

Já a versão mais potente do novo propulsor T(urbo) C(ontrol) e(fficiency) de 1.3 litros está representada pela variante TCe 160 FAP. A potência de 160 CV e o binário de 260 Nm às 1.750 rpm (270 Nm nas versões com caixa EDC), são entregues de forma suave e sem vibrações, permitindo usufruir de uma condução despreocupada, mas igualmente desportiva se for essa a necessidade ou o estado de espírito. Disponível com a caixa de 6 velocidades manual ou a caixa de sete velocidades automática de dupla embraiagem EDC, este motor alia um elevado desempenho com reduzidos consumos de 6,8 l/100 km em ciclo combinado (SCÉNIC) e de 7,0l/100 km para o Grand SCÉNIC.

 

TECNOLOGIA BLUE dCi DE 120 E 150 CAVALOS

 

Já o novíssimo motor a diesel 1.7 litros de cilindrada, está disponível nas versões Blue dCi 120 e Blue dCi 150. Este último representa o equilíbrio perfeito entre a eficiência e o prazer de condução, graças à superior potência que oferece. O generoso binário de 340 Nm também contribui para as excelentes recuperações, qualquer que seja o regime de rotações do motor. Acoplado a uma caixa de velocidades de 6 velocidades manual ou a uma caixa de seis velocidades automática de dupla embraiagem, a resposta do motor confere eficaz agilidade e pronta reatividade à gama SCÉNIC. Um motor que está preparado para aliar elevado desempenho e prazer de condução, com reduzidos consumos de 5,3 l/100 km em ciclo combinado (SCÉNIC) e de 5,4l/100 km para o Grand SCÉNIC.

 

Já a versão Blue dCi 120 reivindica 120 cavalos de potência e um binário máximo de 300 Nm às 1750 rpm, com reduzidos consumos de 5,4 l/100 km em ciclo combinado (SCÉNIC) e de 5,5l/100 km para o Grand SCÉNIC. Está associado a uma caixa manual de seis velocidades.

 

Ambos os motores incorporam as mais recentes tecnologias de controle de emissões. Para além de um filtro de partículas, estão equipados com a redução catalítica seletiva (SCR), que funciona com AdBlue. 

 

MUITA TECNOLOGIA PARA SEGURANÇA MÁXIMA

 

Como não podia deixar de ser, também em matéria de segurança a gama SCÉNIC é uma referência no segmento. Para além da conquista das 5 estrelas nos testes da Euro NCAP, destaque para as inúmeras tecnologias de ajuda à condução, mais comuns em segmentos superiores e algumas mesmo inéditas na categoria: sistema de travagem ativa de emergência (também com deteção de peões), regulador de velocidade adaptativo, assistente de manutenção de via,  alerta de deteção de fadiga, alerta de transposição involuntária de via, alerta de distância de segurança, alerta de excesso de velocidade com reconhecimento dos sinais de trânsito, aviso de ângulo morto, câmara de marcha-atrás, comutação automática dos faróis de máximos para médios, ajuda ao estacionamento dianteiro, traseiro, lateral e Easy Park Assist. Um sistema de estacionamento mãos livres que, para além de ajudar a identificar um lugar de estacionamento, mede o espaço disponível com o auxílio de sensores e assume o controlo da direção para realizar a manobra de estacionamento.

 

Entre a panóplia de sistemas, natural destaque para o Sistema de Travagem Ativa de Emergência, com Deteção de Peões. Inédito no segmento, a gama SCÉNIC está equipada, de série, com o sistema de travagem ativa de emergência com deteção de peões (AEBS/Active Emergency Braking System). Um dispositivo de ajuda à condução que permite a travagem ativa de emergência, caso seja detetado um peão. Esta funcionalidade está disponível entre 7 e 60 km/h. O sistema de travagem ativa de emergência com deteção de peões permite:

 

§  analisar a zona envolvente do automóvel, detetando os peões, parados ou em movimento, e estimando a sua trajetória;

§  alertar (alerta visual e sonoro) o condutor, em caso de risco de colisão entre o automóvel e o peão;

§  acionar, automaticamente, o sistema de travagem até à paragem total do automóvel, em caso de colisão iminente com um peão, se os alertas ao condutor não forem suficientes.

O sistema opera com base em dados provenientes de dois sensores com diferentes tecnologias:

§  uma câmara frontal e um radar, reunidos numa mesma caixa, situada sob o para-brisas, por trás do retrovisor interior.

 

PREÇOS A PARTIR DOS 30.770€

 

O Renault SCÉNIC estará disponível, no final de fevereiro, na rede de concessionários a partir de 30.770€ e de 32.240€ (Grand SCÉNIC).

 

 

Periodicidade Diária

domingo, 15 de setembro de 2019 – 07:28:54

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...