15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Extreme XL Lagares - O Aprendiz que se tornou Mestre

A época internacional de Hard Enduro terminou este fim-de-semana no nosso país com mais uma edição do Extreme LX Lagares. Pondo fim a uma temporada muito condicionada por limitações físicas, o espanhol Alfredo Gomez Cantero saiu finalmente da sombra do seu companheiro de equipa da Husqvarna e venceu sem contestação. 

 

Depois de uma temporada para esquecer, onde várias limitações físicas - entre lesões e problemas de saúde - condicionaram o seu andamento por alguns dos piores trilhos do planeta, o espanhol Alfredo Gomez Cantero teve finalmente motivos para sorrir na derradeira etapa do circuito internacional de Hard Enduro. Por terras do norte do país, o Extreme XL Lagares confirmou o seu estatuto de dureza, facto que ainda torna mais relevante a vitória de Gomez.

 

Na prática,o aluno superou o seu mestre - e assim Alfredo Gomez Cantero conseguiu pela primeira vez este ano ser melhor do que o seu mentor e companheiro de equipa da Husqvarna, Graham Jarvis.

 

A liderança de Gomez foi por demais evidente e no final da primeira volta ao percursocontava já com uma vantagem de quatro minutos sobre o seu mais direto perseguidor; “Não tenho palavras para descrever o que sinto depois desta vitória, já era tempo de conseguir a minha primeira vitória numa prova de Hard Enduro! E esta conquista acontece numa época particularmente difícil, o que reforça ainda mais o seu valor. A corrida não me podia ter corrido melhor, pois liderei do início ao fim”.

 

Com Graham Jarvis inabalável na segunda posição, o derradeiro lugar do pódio foi ocupado pelo espanhol Mario Roman - enquanto o melhor português entre os profissionais foi João Ribeiro (oitavo lugar).

 

Créditos fotográficos

Future 7 Media | Red Bull Contentpool

Periodicidade Diária

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021 – 06:39:10

Pesquisar

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...