13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Dakar 2015 - 8.ª etapa: Paulo Gonçalves sobe ao segundo lugar

Após uma etapa muito dura, que trouxe alterações significativas na classificação do Dakar, Paulo Gonçalves ascendeu ao 2.º posto, agora a 9.11 do novo comandante, Marc Coma. Já Ruben Faria subiu para a 6.ª posição, e Hélder Rodrigues sofreu grande atraso.

 

Entre Uyuni e Iquique os pilotos das motos e quad viveram uma jornada de resistência, bastante complicada. Choveu durante toda a noite e hoje os concorrentes começaram por enfrentar piso de sal molhado a baixas temperaturas – um rude exercício para homens e máquinas, marcado pelo abandono de quatro pilotos do “top 20” e expressivo atraso de outros, como Joan Barreda e Hélder Rodrigues.

 

Devido às condições climatéricas, o final da primeira parte do sector selectivo foi antecipado para o Km 378. Seguiu-se longa neutralização de 368 Km, regressando a luta contra o cronómetro com mais 38 Km até Iquique.

 

Joan Barreda teve problemas na moto, na primeira parte da “especial” perdeu cerca de hora e meia para Coma, e na neutralização foi mesmo rebocado por Jeremias Esquerre. Assim, Coma herdou a liderança da prova, num dia em que o chileno Pablo Quintanilla conquistou o seu primeiro triunfo em etapas no Dakar. Também em destaque, Laia Sanz rubricou o 5.º tempo – e já está entre os dez primeiros da classificação geral.

 

Paulo Gonçalves também registou contrariedades na fase inicial, perdendo meia dúzia de minutos para Coma. Ainda conseguiu recuperar um pouco, para terminar a 4.40 do espanhol mas a 12.17 de Quintanilla, sendo 15.º.

 

Choveu torrencialmente a noite toda, o salar (de Uyuni) estava completamente cheio de água, inundado, era um salar com 135 quilómetros. A maioria dos pilotos não queriam correr, por condições de segurança, não se via a mais de cem metros, tínhamos uma altura de água com cerca de 10 a 15 centímetros e andávamos a uma velocidade de cerca de 170 km/h,” explicou Paulo Gonçalves, acrescentando:Tive problemas, a minha moto parou no salar, mas felizmente consegui chegar ao final.”

 

Agora, só resta mesmo Gonçalves para desencadear o ataque da Honda à liderança da KTM, ele que na “geral” está a 9.11 de Coma e tem apenas dois minutos de vantagem sobre Quintanilla.

 

Ruben Faria teve desempenho eficaz, na peugada de Marc Coma durante o dia, e fechou o “top 10” da etapa. Em termos globais, o piloto algarvio subiu dois lugares na “geral”, para 6.º a 34.34 do comandante. Mais duro não podia ser. Foi um dia muito complicado mas com bom resultado para mim e para a equipa. Estou muito satisfeito com a minha prestação hoje, apesar de cansado,” declarou Faria.

 

Já Hélder Rodrigues conheceu problemas na sua máquina, perdendo muito tempo, pois fechou a primeira parte da “especial” a três horas do mais rápido. Quando escrevemos estas linhas, Barreda e Rodrigues tinham acabado de concluir a função, baixando para 16.º e 19.º da “geral”, respectivamente.

 

Mário Patrão cumpriu a jornada sem vicissitudes significativas, sendo 23.º do dia a 23.52 de Quintanilla. Mas com o atraso acumulado, está a mais de nove horas do comandante, pelo que o seu objectivo essencial será agora chegar ao fim e rubricar alguns resultados interessantes em “especiais”. O meu Dakar está do avesso, mas estou na luta pelo sonho que aqui me trouxe e confiante em chegar a Buenos Aires. Hoje consegui fazer uma boa etapa, muito difícil, com muito frio, altitude, mas sempre perto dos vinte primeiros,” referiu Patrão.

 

A acção prossegue amanhã, entre Iquique e Calama, num total de 539 Km, dos quais 451 em sector selectivo.

 

Classificação geral: 1.º Marc Coma (KTM) a 28h51m12s; 2.º Paulo Gonçalves (Honda) a 9.11; 3.º Pablo Quintanilla (KTM) a 11.11; 4.º Toby Price (KTM) a 15.56; 5.º Stefan Svitko (KTM) a 26.30; 6.º Ruben Faria (KTM) a 34.34; 7.º Alain Duclos (Sherco) a 58.08; 8.º David Casteu (KTM) a 1h10.48; 9.º Laia Sanz (Honda) a 1h18.51; 10.º Ivan Jakes (KTM) a 1.47.47; 11.º Juan Pedrero Garcia (Yamaha) a 2h06.19; … 19.º Hélder Rodrigues (Honda) a 3h25.41; … 40.º Mário Patrão (Suzuki) a 9h23.48; etc.

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 16 de julho de 2019 – 05:58:51

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...