Prova de abertura do FIM CEV 2019 foi apresentada em Cascais

 

Quando falta menos de uma semana para o arranque do FIM CEV 2019 - e que pelo segundo ano consecutivo será no Circuito do Estoril - o Visitor Center de Cascais acolheu ontem (sexta-feira 29 de Março) a apresentação oficial da prova de abertura do campeonato considerado como a 'ante-câmara' do mundial MotoGP.

 


Com a presença de Nuno Piteira Lopes, o Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Cascais, Manuel Marinheiro, o Presidente da Federação de Motociclismo de Portugal, António Lima, Presidente do Motor Clube do Estoril e Francisco 'Kiko' Maria, o único piloto luso a alinhar no campeonato em 2019.

'Cascais é das poucas cidades na Europa onde existem tantas estruturas com interesse turístico como o Circuito do Estoril, aos quais se juntam uma Marina, um Hipódromo, um Casino ou o Parque-Natural e as praias. As ofertas são muitas e por isso é igualmente importante acolher eventos deste envergadura e com esta importância.' referiu Nuno Piteira Lopes dando o mote para as palavras de António Lima, o presidente do Motor Clube do Estoril que reforçando a importância do apoio da Câmara Municipal de Cascais na 'presença' do competitivo campeonato no Circuito do Estoril (nos dias 6 e 7 de Abril), que tem passagem assegurada por Portugal até 2021.

'Este é o primeiro de três anos que estão assegurados e queremos que a prova se mantenha como a abertura do calendário pois a primeira corrida é sempre muito importante para qualquer campeonato.São 1500 as pessoas que visitam o Circuito do Estoril ao longo do fim‑de‑semana do FIM CEV e são 350 os elementos do Motor Clube do Estoril envolvidos na organização da prova.' revelou o responsável máximo pelo experiente clube com sede no Circuito do Estoril que revelou ter igualmente convidado várias escolas dos concelhos de Cascais, Sintra e Oeiras para que possam acompanhar ao vivo a jornada visto o FIM CEV ser a competição reservada aos mais jovens.

 



Para Manuel Marinheiro, o Presidente da Federação de Motociclismo de Portugal, a continuidade da passagem do campeonato pelo nosso país é o reflexo da qualidade das organizações portuguesas referindo que '...á dez anos atrás ninguém dizia que teríamos um piloto português no MotoGP ou um Presidente da Federação Internacional de Motociclismo e a realidade é que hoje temos. Isso quer dizer que é possível lá chegar, mesmo para um país pequeno como Portugal.'

 


E a tentar seguir esse mesmo caminho rumo ao campeonato maior da velocidade mundial está Francisco 'Kiko' Maria, o jovem piloto que pelo segundo ano consecutivo estará entre o pelotão da European Talent Cup e face a seis dezenas de adversários igualmente de tenra idade. 'Será a terceira vez que vou correr no ETC no Estoril e o meu segundo ano a tempo inteiro no campeonato. Quero estar entre os pilotos qualificados e dar uma alegria aos portugueses que sei que vão acompanhar este arranque do FIM CEV. É sempre bom correr no Estoril e depois de quatro meses de espera estou pronto para iniciar este novo ano.' revelou igualmente o agora piloto da Leopard Racing, uma das equipas mais fortes do campeonato e também com presença no mundial Moto3.

Os dias 6 e 7 de Abril prometem assim ser de muita competição no Circuito do Estoril. com 135 pilotos inscritos nas três classes, sendo que no dia 6 (Sábado) se realizarão as sessões de treinos cronometrados e no Domingo as seis corridas em agenda. Com acesso livre ás bancadas o acesso ao 'paddock' terá um custo de 10 euros para todos os que queiram estar num 'paddock' onde se encontram facilmente os pilotos e também as estrelas do MotoGP, pois muitos são os pilotos ou ex-pilotos proprietários de equipas que estão no FIM CEV, casos de Maverick Viñales, Valentino Rossi ou Max Biaggi.

 

 

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...