3 Horas Resistência -19 equipas abriram ano na Velocidade

 

 

Mesmo sem pontuar para qualquer campeonato as 3 Horas do Estoril  realizadas  no Circuito do Estoril marcaram o arranque em definitivo da época 2019 da velocidade lusa. No regresso ao asfalto algumas equipas aproveitaram para mais uma jornada de preparação face ao CNV, outras foram especialmente formadas com vista á participação na prova organizada pelo Motor Clube do Estoril, misturando pilotos mais experientes e menos experientes e mesmo alguns jornalistas que aceitaram o desafio lançado pelas equipas que os aliciaram.

 



Depois de realizados os treinos cronometrados foi Mário Alves quem colocou a sua Yamaha na 'pole', ele que já venceu as 3 Horas numa das anteriores edições e que desta feita se juntava a Eusébio Nogueira, António Geirinhas e Ruben Nogueira para tentar subir de novo ao degrau mais alto do pódio. O quarteto conseguiu na sua melhor volta 1m50.184s, batendo por escassas milésimas a equipa de Nelson Rosa ou a equipa onde estava o regressado Pedro Nuno que depois de quase de dois anos de ausência das pistas regressou ás pistas a pensar também no nacional neste ano de 2019.

Em tarde de temperaturas primaveris o Circuito do Estoril revelou-se perfeito para a primeira corrida do ano, mais extensa, mais intensa e com muitos motivos de interesse. No final de 180 minutos foi mesmo a equipa da 'pole' quem assegurou a vitória com um total de 93 voltas ao traçado, batendo a formação algarvia de Loulé, liderada por Nelson Rosa, que cruzaram a linha de meta a pouco mais de 32 segundos e deixando a mais de uma volta aqueles que foram os terceiros classificados e melhores das 'naked', a equipa ACP Seguros / FMB Racing. No quarto posto ficou o Team Besuntas e a fechar o lote dos cinco primeiros a equipa da Wingmotor venceu a classe com Bernardo Villar e Rodrigo Amaral aos comandos de uma Honda CBR 600.

Nota de destaque para a volta mais rápida em corrida assinada por Pedro Nuno, que fez a sua melhor passagem em 1m45.535s, numa clara demonstração que quer regressar com toda a sua rapidez ás pistas do campeonato nacional, um regresso mais que saudado pelos colegas de pista e todos os seguidores do CNV.

 

 

 

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...