13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

"Kiko" Maria inicia Campeonato Nacional de Velocidade 2019 focado no título

 

 

Vice-campeão sente-se “mais bem preparado” do que no ano passado, em que ganhou as quatros corridas que conseguiu terminar, e assume que vai lutar pela vitória em todas as provas


O jovem motociclista Francisco (“Kiko”) Maria, vice-campeão nacional na categoria de PréMoto 3, inicia este sábado, no circuito do Estoril, a sua terceira participação no Campeonato Nacional de Velocidade (CNV) com os olhos postos no título, que na época passada lhe fugiu por escassos seis pontos. 


O piloto, que está também a disputar o campeonato de Espanha e a European Talent Cup, considerada o principal trampolim para os jovens dos escalões de formação que ambicionam chegar ao Mundial de Moto GP, acha-se “mais bem preparado e com mais experiência” do que há um ano por esta altura e dispõe de uma equipa, a Moto Action Team, “completamente focada nos resultados”.


No Nacional de 2019, “Kiko” Maria vai “lutar pela vitória” em todas as seis provas do calendário. Só dessa forma, assinala, sabe que será possível sagrar-se campeão ao fim de três anos de prática da modalidade, o que, a concretizar-se, significará que terá atingido um dos “grandes objetivos” que traçou para a sua temporada. 


Na lembrança tem ainda o “campeonato muito bom” que fez no ano passado, em que venceu todas as quatro corridas que terminou. “Desisti em duas, ambas em Portimão, com problemas mecânicos, e outras duas tiveram de ser canceladas, por motivos compreensíveis. Se se têm realizado, estou convencido que tinha boas chances de ganhar e de conquistar o título”, declara o jovem piloto, de 15 anos, a poucas horas de iniciar a primeira sessão de treinos da prova de abertura da temporada nacional de pista, organizada pelo Motor Clube do Estoril.

 

Como acontece no campeonato espanhol, agora conhecido pela sigla ESBK, o piloto estará aos comandos de uma moto com chassis BeOn e motor Yamaha YZ 250F, de 250 centímetros cúbicos. Utilizada pela primeira vez nesta época há três semanas, em Jerez de la Frontera, a máquina foi totalmente revista incorpora já algumas das evoluções do motor japonês homologadas para 2019.


O programa da prova inaugural do CNV prevê um sábado repartido entre treinos (livres e cronometrados) para todas as categorias e troféus até às 17,35 horas, realizando-se a partir daí as primeiras três corridas desta jornada dupla, destinadas aos participantes nos troféus ENI-TLC e Kawasaki ZCup, na Copa Dunlop Motoval e nos campeonatos das categorias Superbike e Superstock 600. 


No domingo, a partir das 12,45 horas, disputar-se-ão mais cinco corridas. Voltarão à pista os concorrentes que competiram na véspera e estrear-se-ão os pilotos das restantes categorias CNV: 85 GP/Moto 4 e MIR Moto 5, que alinharão agrupados, e PréMoto 3 e Supersport 300, que a organização também juntará na mesma grelha de partida. Para esta corrida, onde o piloto apoiado pela Galp e pela Berner conta “participar para vencer”, a largada ocorrerá às 16,15 horas e estão previstas 14 voltas à pista, de 4.140 metros de perímetro.

 

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 16 de julho de 2019 – 20:21:08

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...