13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Funchal capital da natação portuguesa - Campeonato Nacional de Juvenis, Juniores e Absolutos Funchal 2018

 

 

O Funchal recebe, a partir de quinta-feira e até domingo, a elite da natação portuguesa nos Campeonato Nacional de Juvenis Juniores e Seniores, numa organização da Associação de Natação da Madeira e Federação Portuguesa de Natação. Durante quatro dias, 629 nadadores (320 masculinos e 309 femininos) estarão a competir pelos títulos nacionais individuais no Complexo de Piscinas Olímpicas da capital madeirense.

 

Esta competição, que será sucedida pelo Meeting da Madeira, na segunda-feira, contando a organização da Associação Regional com a presença dos melhores nadadores lusos, foi hoje, quarta feira, apresentada pela organização em conferência de imprensa nas Piscinas da Penteada.

 

Os olímpicos Alexis Santos, Victoria Kaminskaya, Tamila Holub e Vânia Neves irão competir por títulos e recordes nacionais, num campeonato onde os nadadores presentes poderão garantir mínimos para o Europeu Absoluto em Glasgow, Europeu Júnior em Helsínquia e os Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires.

 

No plano coletivo, estarão presentes todas as grandes formações nacionais, com destaque para os mais representados: Sporting Clube de Portugal, 36 nadadores, Sport Algés e Dafundo, 34, Sport Lisboa e Benfica, 29, GD Natação V. N. Famalicão, 24 e Futebol Clube do Porto, 21. 

 

 

Jorge Carvalho, secretário regional da educação: “O Governo Regional pretende continuar a criar condições para que o desporto seja efetivamente uma realidade na Madeira. Este evento nacional ira promover a natação na região permitindo que as varias regiões, clubes e nadadores passam disputar uma competição de alto nível. Este é um desafio em termos de organização que pretendemos apostar no futuro.”

 

João Pedro Vieira, vereador do desporto da CM do Funchal: “Com a organização desta competição e de outras que irão decorrer no futuro nesta piscina, as entidades envolvidas na organização deste evento provam que é possível ultrapassar as distâncias que existem entre o continente e as ilhas promovendo, assim, a continuidade territorial através do desporto.”

 

António Silva, presidente da FPN: “A direção da FPN, no seu plano estratégico, faz uma clara aposta na descentralização da natação nacional com o apoio aos clubes e aos nadadores que competem no Funchal. Esta importante competição nacional no Funchal é um dos momentos altos da temporada de 2018. Aproveitando as excelentes condições existentes nas Piscinas da Penteada, a FPN pretende, com esta organização promover a natação em todo o território nacional permitindo que jovens nadadores, assim com os nossos melhores especialistas possam mostrar o seu valor na Região Autónoma da Madeira. Recordo que iremos organizar o Europeu de polo aquático feminino em setembro nesta excelente piscina da Penteada.”

 

Avelino Silva, presidente da Associação de Natação da Madeira: A Madeira reúne condições únicas para a realização de grandes eventos desportivos na Penteada. O Campeonato Nacional Juvenis Juniores e Absolutos, que será sucedido do Meeting da Madeira, na segunda feira, são a prova de confiança da FPN mas também dos clubes e nadadores que aqui estão presentes. Entendemos que esta é uma verdadeira forma de promoção e descentralização do desporto em Portugal.”

 

José Machado, Diretor Técnico Nacional: “O Funchal é uma oportunidade importante para os nadadores garantirem os mínimos de acesso às competições Internacionais de referência na corrente época desportiva: Campeonato Europeu Absoluto em Glasgow, de 3 a 9 de agosto; Campeonato Europeu de Juniores em inicio de julho em Helsínquia e também ainda que, com um caráter menos decisivo, os Jogos Olímpicos da Juventude.”

 

As competições decorrem ao longo de quatro jornadas, de quinta-feira a domingo todas a começar às 9.30 e às 17.00, com exceção de domingo que começa às 16.30.

 

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO

 

Cada nadador Juvenil só poderá ser inscrito, ao longo das quatro jornadas, em cinco provas individuais. Cada nadador Júnior e Sénior só poderá ser inscrito, ao longo das quatro jornadas, em sete provas individuais.

 

ORGANIZAÇÃO DAS SÉRIES

 

Os nadadores serão agrupados por séries, segundo os tempos de inscrição, independentemente da categoria a que pertencem. Caso haja mais do que um nadador com o mesmo tempo de inscrição, a atribuição de pistas será realizada aleatoriamente pelo programa de provas.

 

ORGANIZAÇÃO DA COMPETIÇÃO

 

Na parte da manhã decorrem as eliminatórias e a competição juvenil A e B e na parte da tarde disputam-se as finais A, B e C. As finais A serão formadas por nadadores classificados do 1º ao 10º lugar das eliminatórias, sendo suplentes o 11º e 12º classificado. As finais B são formadas pelos nadadores classificados do 11º ao 20º lugar das eliminatórias, sendo suplentes o 21º e 22º classificado. Esta final só poderá ser constituída por dois nadadores da categoria sénior, no máximo. As finais C são formadas pelos nadadores classificados do 21º ao 30º lugar das eliminatórias, sendo suplentes o 31º e 32º classificado. Esta final só poderá ser constituída por nadadores da categoria júnior e juvenil, com um máximo de 3 nadadores juniores. As finais A serão nadadas em primeiro lugar, seguidas das finais B e C.

 

CLASSIFICAÇÕES E PRÉMIOS

 

Haverá classificações separadas por prova e categoria (nos Juvenis separada por escalão etário, Juvenis A e Juvenis B), apurando-se os campeões nacionais de cada um dos escalões etários juvenis nas sessões da manhã e premiando os três primeiros classificados de cada prova, com exceção das provas de 800L Femininos e 1500L Masculinos, que se disputará no sistema de séries, disputando-se as mais lentas durante as eliminatórias, e a mais rápida durante as finais (conforme o programa). Da parte da tarde (finais) serão atribuídos os títulos absolutos e de juniores. Relativamente ao título de Absoluto, as finais A classificarão os nadadores do 1º ao 10º lugar, as finais B classificarão os nadadores do 11º ao 20º lugar e as finais C classificarão os nadadores do 21º ao 30º lugar. Relativamente ao título de Juniores, serão considerados os tempos dos nadadores dos escalões juvenis e juniores presentes numa das finais, com a ressalva de que um nadador presente na final A ficará sempre à frente de um nadador da final B e os presentes nesta ficarão sempre à frente dos da final C.

 

 


 

terça-feira, 16 de outubro de 2018 – 07:43:48

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...