13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Red Bull Art of Motion 2016: representante português foi à final e terminou em 5º lugar da geral

 

 

Mantendo uma tradição iniciada em 2007, o Red Bull Art of Motion regressou no último fim-de-semana à ilha grega de Santorini. Esta famosa estância balnear do mediterrâneo oferece as condições perfeitas para as mais arrojadas manobras de Parkour, com uma sucessão de obstáculos entre muros, escadas e telhados. Pedro Salgado, uma das maiores referências da modalidade no nosso país, estreou-se na competição e conseguiu mesmo um lugar na final.

 

Nascido nos anos 90 do século passado, o Parkour ou Freerunning é sem dúvida um dos desportos urbanos mais exuberantes e espetaculares da atualidade. Entre a comunidade, há um lugar mítico que se transformou mesmo numa autêntica “Meca” da modalidade – a ilha grega de Santorini. Este é desde 2007 o cenário do Red Bull Art of Motion, competição que se transformou numa referência, mobilizando ano após ano os mais cotados atletas.

 

 

A edição de 2016 reuniu uma elite de 18 atletas de 13 países, voltando a contar com uma participação portuguesa.Desta vez coube a Pedro Salgado, de 26 anos, um nome incontornável do panorama nacional, a missão de envergar as cores nacionais – numa estreia muito aguardada;

 

 

 

Acompanhei ao longo dos anos à distância as várias edições do Red Bull Art of Motion e estar presente em Santorini foi só por si um objetivo alcançado! O momento alto da minha prestação foi o salto para o moinho, uma manobra bastante ambiciosa que nenhum outro atleta arriscou”. Salgado conseguiu destacar-se ao garantir uma presença na grande final, reservada aos seis melhores atletas em prova, terminando depois no quinto lugar da classificação final.

 

 

Contrariando o favoritismo de Dimitris Kyrsanidis(Grécia) e de Pavel Petkuns(Letónia), dois dos Campeões das edições anteriores, o domínio na competição acabou por pertencer ao holandês Bart van der Linden. Já a melhor manobra foi protagonizada pelo norte-americano Alfred Scott, enquanto a luxemburguesa Lynn Jung recebeu o troféu feminino.

 

 

Um júri internacional de seis elementos acompanhou e avaliou a prestação dos atletas, tendo em conta cinco critérios – a execução, harmonia dos movimentos, criatividade, técnica e prestação geral.

 

A história do Parkour remonta à década de 90 do século passado, quando o gaulês David Belle – inspirado num treino militar - criou as bases que viriam a dar origem a este desporto. Embora também se pratique na natureza, as paisagens urbanas têm sido o cenário ideal para a proliferação da modalidade, cuja expressão é nos dias de hoje planetária. Habilidade, resistência, coordenação motora, força e muita criatividade são algumas das qualidades exigidas.

 

Créditos fotográficos
Samo Vidic | Red Bull Content Pool
Predrag Vuckovic | Red Bull Content Pool

 

 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 20 de março de 2019 – 04:02:47

Pesquisar

Reportagens fotográficas em preparação

- Casino do Estoril - Padel Golden Cup

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...