14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Portugueses na Final de Pares do Mundial Individual de Seniores em Portugal

 

ISABEL PINTO E NUNO DELFINO TAMBÉM BRILHARAM NOS PARES MISTOS E ESTÃO NAS MEIAS-FINAIS. OS QUARTOS DE FINAL DE SINGULARES ESTÃO TERMINADOS E HÁ MUITOS FAVORITOS EM PROVA

 

 

João Freitas e Paulo Travassos qualificaram-se hoje (quinta-feira) para a final de pares masculinos dos 39.º ITF Seniors World Individual Championship, que a Federação Portuguesa de Ténis (FPT) está a organizar até ao próximo Sábado, em Portugal, no Complexo de Ténis do Estádio Nacional.

 

Os múltiplos campeões nacionais da variante estão a fazer um percurso fabuloso e histórico para Portugal, e eliminaram hoje, nos quartos de final da categoria de +55, os 3.º cabeças de série, os norte-americanos Willie Alumbaugh e Scott Works, ao sexto match-point, pelos parciais de 3-6, 6-2 e 12-10.

 

 

Ao final da jornada João Freitas e Paulo Travassos ficaram a saber da desistência dos seus adversários de amanhã (sexta-feira), o norte-americano Colin Smith e o Sul-africano David Smith. A dupla portuguesa só volta, assim, a competir na final de Sábado.

 

«Ainda não caí em mim, nem sei responder o que significa isto para mim, mas é um sonho (…) e o sonho ninguém nos tira», disse Paulo Travassos, que para além de campeão nacional de pares é-o também em singulares e que neste Mundial sobressaiu igualmente em singulares, só caindo na terceira ronda.

 

«Honestamente, não estávamos à espera de vencer a estes adversários. Não temos classificação internacional, não jogamos torneios lá fora, o circuito português de veteranos é muito inferior ao da ITF. Acho que ajudou-nos a rodagem de na semana passada termos jogado o Mundial de Equipas por Portugal, deu-nos bagagem. Nem sei o que dizer mais, porque estou nas nuvens», acrescentou João Freitas.

 

Luísa Gouveia, que chegou a ser n.º3 mundial e campeã europeia de singulares, já tinha estado em duas meias-finais de pares femininos nos Mundiais da Turquia em 2007 com a portuguesa Ana Rita Ascenso e em 2013 com a belga Seddan Brown.

 

Agora, Paulo Travassos e João Freitas – que já tinham eliminado na segunda ronda os 6.º cabeças de série, os brasileiros Luís Gambali e Pedro Rocha Coelho – visam um título Mundial!

 

 

Quem também está na corrida para um lugar na final são Isabel Pinto e Nuno Delfino, na competição de pares mistos +50, depois de hoje terem-se superiorizado à formação 13.ª cabeça de série, constituída pela alemã Kerstin Peick e pelo italiano Mauro Capocchi, por 6-4 e 6-3.

 

A jogarem pela primeira vez um Mundial – ao contrário de Freitas e Travassos que já tinham sido quartofinalistas no Mundial da Turquia em 2008 –, Isabel Pinto e Nuno Delfino não podem dizer o mesmo que os seus compatriotas, que estiveram juntos no Mundial de Equipas na semana passada e levam nas pernas uma década de uma parceria bem-sucedida.

 

No entanto, Delfino explicou: «Somos os dois de Faro, somos amigos, temos empatia e isso ajuda a criar um bom clima no campo. Costumamos treinar juntos com o marido da Isabel, O Vítor, eu conheço bem o jogo da Isabel e ela vai conhecendo o meu aos poucos».

 

O certo é que os dois algarvios já tinham deixado pelo caminho, na segunda ronda, os 1.º cabeças de série, a italiana Monica Giamberini e o brasileiro Eurico Carvalho, pelo que pode-se esperar tudo deles.

 

«É a primeira vez que isto me acontece, jogar um Mundial e estar nas meias-finais, mas sinto-me tranquila, com alguma frieza», disse Isabel Pinto.

 

«Claro que podemos sonhar, mas é como disse a Isabel há pouco, temos de ir encontro a encontro. Não há que criar pressões acrescidas. Há que jogar a meia-final do Mundial como se fosse de outro torneio qualquer», frisou o jogador que em singulares foi aos oitavos de final.

 

A meia-final da dupla portuguesa de pares mistos está marcada para o court Central do Estádio Nacional, nunca antes das 15h00, frente aos argentinos Monica Patron e Roberto Gattiker.

 

Entretanto, nos torneios de singulares, já sem portugueses em prova, completaram-se hoje os quartos de final e registou-se a curiosidade de no escalão de +60, em ambos os géneros, estarem nas meias-finais os quatro primeiros cabeças de série.

 

Nas restantes categorias, destaca-se a belga Klaartje Van Baarle, 1.ª cabeça de série nas +55, que continua a defender o seu título de campeã mundial conquistado há um ano, em Ulm, na Alemanha.

 

Os resultados completos dos quartos de final de singulares do Mundial Individual foram os seguintes:

 

+50 Femininos

Jenny Klitch (EUA/1)-Letícia Almiral Garbayo (Esp.), 6-1, 6-2; Teresa Catlin (GB/6)-Simona Isidori (Ita./4), 5-7, 6-1, 6-4; Amy Jonsson Raaholt (Nor.)-Kerryn Cyprien (Aus./3), 4-6, 6-1, 6-4; Mirjam Swarte (Hol./8)-Petra Kaspar Hitz (Sui.), 6-3, 2-6, 6-3.

 

+50 Masculinos

Alexander Lindholm (Fin./3)-Fernando Jesus Granero (Esp./7), 7-6 (7/2), 7-6 (7/3); Taras Beyko (Can./5)-Egils Valeinis (Let./14), 6-1, 6-1; Márcio Maciel (Bra./9)-Bart Theelen (Hol.), 6-2, 4-2, desistência; Jen Hendrik Davids (Hol.12)-Marcos Perez Hubert (Esp.), 6-0, des.

 

+55 Femininos

Klaartje Van Baarle (Bel./1)-Vicky Buholz (EUA/6), 6-0, 6-2; Liselot Prechtel (Hol./2)-Simone Vasconcellos Calves (Bra./5), 6-1, 5-7, 6-1; Helga Nauck (Ale./3)-Sophie Orsini (Fra./8), 7-6 (7/5), 6-1; Marie Christine Calleja (Fra./7)-Elisabetta Morici (Ita./10), 7-6 (7/3), 6-1.

 

+55 Masculinos

Alexander Lindholm (Fin./3)-Fernando Jesus Granero (Esp./7), 7-6 (7/2), 7-6 (7/3); Taras Beyko (Can./5)-Egils Valeinis (Let./14), 6-1, 6-1; Márcio Maciel (Bra./9)-Bart Theelen (Hol.), 6-2, 4-2, desistência; Jen Hendrik Davids (Hol.12)-Marcos Perez Hubert (Esp.), 6-0, des.

 

+60 Femininos

Diane Barker (EUA/1)-Fiona Walker (Aus/5), 6-1, 6-3; Carolyn Nichols (EUA/2)-Leanne Scott (Aus/8), 6-2, 6-0; Susan Wright (EUA/3)-Elena Polyakova (Rus./7), 6-3, 6-1; Betty Michel (Fra./4)-Carmen Lang Verdugo (Esp./11), 0-6, 6-4, 6-1.

 

+60 Masculinos

Mark Vines (EUA./1)-Javier Molina Ramos (Esp./12), 3-2, desistência; Norbert Henn (Ale./2)-Piero Luigi Castagna (Ita./17), 6-4, 6-1; Glenn Bubsy (Aus./3)-Karl Pansy (Aut./7), desistência; Eduard Osta Valenti (Esp./4), 6-1, 6-1.

 

Texto: Hugo Ribeiro

Fotos: Beatriz Ruivo

 

 

Periodicidade Diária

sábado, 7 de dezembro de 2019 – 14:16:00

 

 
Feliz Natal e um
 
Próspero Ano Novo
 
 
Boas Festas!
 

 

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...