14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Miguel Arraiolos melhor atleta nacional na Taça do Mundo de Palamós

Miguel Arraiolos alcançou hoje a melhor prestação nacional na Taça do Mundo de Palomá, em Espanha, ao terminar no 19º posto com o tempo de 01:50:47. O Português concluiu a prova a menos de 2 minutos do vencedor, o britânico Mark Buckingham.
Pedro Mendes completou a sua prova em 01:52:47, registo que lhe valeu o 38º lugar entre os 70 participantes da 5ª etapa da Taça do Mundo. Filipe Azevedo foi 47º e João Serrano acabou por sucumbir ao intenso calor e abandonou a prova já no segmento de corrida.

A prova de Elite Masculina da 5ª etapa da Taça do Mundo de Triatlo realizou-se hoje na localidade espanhola de Palamós.
 
Com 70 atletas a alinharem para a partida, sob o sol escaldante do meio-dia, foi o francês Raoul Shaw que ao final das duas voltas de 750 metros conseguiu ser o primeiro a emergir das águas mediterrânicas, completando o segmento inicial de natação em 18:20. João Serrano saiu da água 20 segundos depois, no 15º posto, com Pedro Mendes e Filipe Azevedo a saírem da água poucos segundos atrás do seu colega de equipa. Miguel Arraiolos, naquele que é o seu segmento menos forte, acabou por perder cerca de 80 segundos para a liderança da prova.

Ao longo do segmento de ciclismo os homens da frente ainda procuraram ganhar alguma margem para o grupo que seguia no seu encalço, mas acabou por ser o grupo perseguidor a anular a diferença e à entrada da segunda transição chegava um pelotão compacto com 60 homens, entre os quais, se incluíam todos os portugueses em prova.

Miguel Arraiolos trabalhou arduamente para subir na tabela classificativa e apesar de ter incorrido numa penalização de 15 segundos que lhe custou 5 lugares conseguiu, ainda assim, concluir a sua prova entre os 20 primeiros.
Pedro Mendes e Filipe Azevedo iniciaram os 10km do segmento de corrida praticamente lado a lado, mas Mendes reagiu melhor ao desgaste da prova e acabou por conseguir bater o seu colega de seleção nos derradeiros quilómetros.

O vencedor da prova, o britânico Mark Buckingham, depois de uma bem-sucedida fuga no segmento de ciclismo chegou ao parque de transição com mais de 45 segundos de diferença para os para os seus perseguidores, vantagem que se revelou determinante para a conquista da sua primeira vitória na Taça do Mundo. Dmitry Polyanskiy (RUS) e Yegor Martynenko (UKR) completaram os restantes lugares do pódio. 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 10 de julho de 2020 – 22:02:45

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...