14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Joel Filliol: "O João Silva pode chegar ao topo do pódio em qualquer prova"

Para o novo treinador de João Silva, o canadiano Joel Filliol, o lugar certo para o internacional português é no pódios das provas internacionais e Jogos Olímpicos. O técnico, que é um dos mais conceituados do mundo, acredita que o nº 6 do ranking mundial pode chegar muito mais longe. Por agora está a adaptar-se à Nova Zelândia, aos novos métodos de trabalho e ao novos colegas - onde estão o espanhol Mario Mola (3.º) e o sul africano Richard Murray - e a ganhar força e resistência. A primeira prova será a 16 de março na Austrália.

2012_joaosilva_small.jpg

Como está João Silva a adaptar-se ao novo grupo de trabalho e ao novo campo de treinos na Nova Zelândia?

O João está a adaptar-se muito bem às rotinas da nossa equipa. Ele teve um pequeno estágio em dezembro, em Maiorca, onde contactou pela primeira vez com o tipo de treino que iria ter, aqui, na Nova Zelândia, e a forma como trabalhamos. Adaptou-se bem e encaixa-se na perfeição na nossa maneira de fazermos as coisas. E os seus novos parceiros de treino estão a conhecê-lo aos poucos, mas felizes de estar a trabalhar com ele.

Em que condições, físicas e psicológicas, ele chegou ao seu grupo de trabalho?

Chegou em boas condições, saudável, e pronto para começar a treinar-se com o grupo, pois já vinha de seis semanas de trabalho progressivo e consistente, ainda em 2013. Estamos a terminar um programa de três semanas, que está a ser muito bem-sucedido, e para a semana vamos para altitude.

Quais são as suas expectativas em relação a João Silva para a época 2014, e até aos Jogos Olímpicos do Brasil em 2016?

O ano de 2014 será de adaptação. O João vai ajustar-se às mudanças de ter saído do seu país e ter-se juntado a um novo treinador, com métodos diferentes, e a um novo grupo de trabalho. Ao mesmo tempo, o objetivo é que ganhe resistência e força; 2015 será para transferir essas alterações para a competição, com o objetivo de chegar sempre aos lugares do pódio. E finalmente 2016 será para consolidar essas melhorias, para competir de forma consistente, com domínio da prova, nos Jogos do Rio de Janeiro

Onde acredita que ele pode chegar?

O João tem ética de trabalho e capacidade para chegar ao topo do pódio em qualquer prova, então estamos a trabalhar para atingir esse nível de “performance”.

Qual vai ser a primeira competição do João Silva em 2014?

Vai inaugurar 2014 com a Taça do Mundo de Mooloolaba, na Austrália, a 16 de março.

Que tipo de trabalho está ele a fazer e vai continuar a fazer durante os próximos quatro meses?

O nosso principal foco, durante este estágio de inverno, é simplesmente ganhar força e resistência de forma progressiva e consistente, para que cada atleta tenha uma base sólida para a época competitiva. Vamos usar algumas corridas no final deste estágio para começar a ganhar ritmo, mas apontando as competições europeias de verão e a Grande Final do Campeonato do Mundo - World Triathlon Series (WTS), em Edmonton, no Canadá (26 de agosto e 1 de setembro), como pontos altos.

Como são as rotinas diárias da equipa e quantas horas treinam por dia?

Treinamos todos dias as três disciplinas do triatlo. Normalmente, começamos às 8h00 da manhã, alguns dias com natação, outros dias fazemos primeiro corrida. A média de horas de treino semanal está entre as 28 e 30 horas. Genericamente, não tiramos folgas ou dias de descanso, antes equilibramos os treinos ao longo do ciclo semanal, e no decorrer das semanas.

O que é mais importante para João Silva desenvolver nesta altura do ano?

Nesta fase prévia ao início das competições, o principal objetivo passa por uma abordagem muito simples, mas uma progressão consistente em cada uma das disciplinas: natação, ciclismo e corrida. Como ele é novo no grupo, precisa ainda de ajustar-se à nova envolvência, métodos de trabalho e aos novos companheiros. Queremos desenvolver a sua “endurance” e a sua força de uma forma global. Queremos que ganhe resistência à fadiga antes de ficar pronto para competir.

Com quem João Silva está a treinar especificamente?

A nossa equipa consiste num grupo de atletas masculinos com Mario Mola (Espanha), David Hauss (França), Tommy Zaferes (EUA), Kyle Jones (Canadá), and Richard Murray (África do Sul). O grupo feminino é composto por Sarah Groff (EUA), Paula Findlay (Canadá), Rachel Klamer (Holanda), Carol Routier (Espanha), and Vendula Frintova (República Checa). 

 

Consulte a página de Joel Filliol e da sua empresa. Nos dois sites tem o currículo do treinador, dos atletas que fazem parte da sua equipa, incluindo naturalmente João Silva, e ainda fotos dos treinos que estão a fazer na Nova Zelândia. Os endereços são: http://www.jftracing.com/#/joao-silva/ e http://joelfilliol.com/

Periodicidade Diária

sexta-feira, 10 de julho de 2020 – 21:09:30

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...