14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Duas Centenas de participantes na 15ª edição do Triatlo de Vila Viçosa

Vila Viçosa volta a receber este Domingo uma etapa do Campeonato Nacional de Clubes de Triatlo. Depois do sucesso da edição de 2012, que registou um número recorde de participantes, a vila alentejana volta este ano a dar as boas vindas a cerca de duas centenas de participantes, um novo máximo de inscritos. No total, 40 clubes marcarão presença na edição número 15 do evento.
 
Entre os clubes participantes o destaque recai sobre as equipas que encabeçam a classificação provisória do Campeonato Nacional de Clubes. No sector masculino, “Águias” de Alpiarça e Sport Lisboa e Benfica batalham ferozmente pelo título, estando separadas por menos de 100 pontos. Para ajudar a suprimir esta desvantagem o SLB inclui na sua lista de inscritos os seus dois atletas olímpicos, Bruno Pais (Olímpico em 2008 e 2012) e João Silva (9º classificado nos JO de Londres 2012). A equipa do “Águias” será capitaneada pelo também olímpico Duarte Marques. O Campeão Nacional de Triatlo tem vindo a recuperar de uma violenta queda que condicionou boa parte da sua temporada e trará, certamente, vontade de demonstrar que esse incidente já se encontra ultrapassado.

O Sporting, que segue no 3º posto na classificação masculina, conta nas suas fileiras com o vencedor da edição de 2012. Filipe Azevedo terá uma missão difícil, mas a combatividade do sportinguista obrigará os atletas mais experientes a esforços redobrados.

No sector feminino, o “Águias” terá em Ana Filipa Santos e Andreia Ferrum as vencedoras das últimas 3 etapas do CN de Clubes. Ana Filipa Santos alcançou vitórias em Espinho e em Pedrogão Grande tendo a sua colega, Andreia Ferrum, assegurado a vitória na etapa de Abrantes.
A maior oposição aos elementos do “Águias” deverá partir das atletas do Sporting, Liliana Alexandre e Katarina Larson. Já o Garmin Olímpico de Oeiras terá por missão manter o segundo lugar que ocupa na tabela feminina.

Uma das peculiaridades desta prova, disputada na distância olímpica (1500m / 40km / 10Km), é o facto de não ser permitido “andar na roda” durante o ciclismo. Situação que certamente obrigará as equipas a reajustarem a sua estratégia para esse segmento. O que deverá potenciar um ciclismo bastante vivo e com várias tentativas de fuga.

 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 15 de julho de 2020 – 02:44:51

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...