Bruno Pais e Isabel Caetano vencem Duatlo das Lezírias

As difíceis condições climatéricas marcaram profundamente o segundo dia de provas da 15ª edição do Duatlo das Lezírias. Os “ciclistas” Bruno Pais (SL Benfica) e Isabel Caetano (CT Almada) foram os mais resistentes e venceram esta 2ª etapa da Taça de Portugal PORterra.
 
 João Silva (Sporting CP – St. Peters School) e João Pereira (Alhandra SC) foram os primeiros lideres do dia. O duo isolou-se logo desde o inicio dos 6Km de corrida que constituíam o primeiro segmento da prova. Atrás deles, a cerca de um minuto, surgia o primeiro pelotão perseguidor onde estavam, entre outros, Sérgio Silva, Lino Barruncho (CO Oeiras), Bruno Pais (SL Benfica) e Miguel Arraiolos (Águias de Alpiarça).
 
 A partir do momento que se iniciou o segmento de ciclismo (29Km) as condições climatéricas ficam substancialmente piores levando diversos atletas a desistir à conta do frio e chuva. Entre estes contam-se João Silva e Sérgio Silva. Por outro lado, a lama tomou conta dos percursos tornando-os bem mais difíceis. Foi a partir desta altura que se mostraram os ciclistas mais possantes, casos de Bruno Pais que surgia isolado no final da 1ª volta, perseguido de por um grupo onde estavam Marco Sousa (EC Benedita), Lino Barruncho, Hugo Ventura (Dunik.pt – Clube dos Galitos) e Miguel Arraiolos.
 
 Já na segunda volta, o triatleta do Benfica acabou absorvido pelos perseguidores, à conta, sobretudo, do ritmo que Marco Sousa e Hugo Ventura imprimiam. O grupo ganhava Bruno Pais mas perdia Miguel Arraiolos que assim entrou na segunda transição a alguns segundos do quarteto da liderança.
 
 No segmento de corrida final Bruno Pais voltou a acelerar, colocando-se na liderança da prova para não mais a perder. Atrás dele, com uma grande recuperação surgia Miguel Arraiolos e na terceira posição ficou Marco Sousa. Por ser turno, na quarta posição terminou Lino Barruncho que à conta do frio não conseguiu descalçar os sapatos de corrida e fez o segmento de corrida final com os sapatos de BTT.
 
 No sector feminino, a primeira líder do dia foi Rita Lopes que se colocou na frente da prova logo desde o inicio segmento. Atrás da ainda júnior do Amiciclo, surgia Patrícia Serafim (CT Fundão), enquanto algumas das principais candidatas ao triunfo aparentavam passar por dificuldades à conta do frio e da chuva, eram os casos de Mariana Costa (CT Fundão) e Bárbara Clemente (CO Oeiras). As dificuldades que as atletas encontraram no segmento de ciclismo acabaram por permitir à especialista Isabel Caetano (CT Almada) aproveitar a sua experiencia enquanto Campeã Nacional de Ciclocross, para ultrapassar toda a concorrência e se colocar na liderança da prova para não mais a perder. As diferenças entre as primeiras atletas femininas foram-se acentuando com o piorar das condições climatéricas. Apesar disso, Patrícia Serafim voltava a fazer uma prova de bom nível, chegando à segunda transição com o segundo lugar assegurado. Na terceira posição viria a terminar Andreia Moço, também uma ciclista de bom nível.
 
 Colectivamente a vitória feminina coube ao Clube de Triatlo do Fundão, seguido de Alhandra Sporting Clube e Sporting Clube de Portugal – St. Peters School. No sector masculino, repetiram-se as posições da primeira etapa da Taça PORterra, com a vitória a caber aos Águias de Alpiarça, seguido de Olímpico de Oeiras e Externato Cooperativo da Benedita.
 
 O primeiro dia
 

 O dia de ontem esteve reservado aos mais jovens, com a disputa da 1ª Etapa do Campeonato Nacional Jovem. Colectivamente a vitória coube ao Clube de Triatlo de Almada, seguido do Alhandra Sporting Clube e do CNTN.
  

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...