14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Arraiolos e Pipa Santos confirmaram favoritismo no Estoril

Dito e feito! Miguel Arraiolos e Ana Filipa Santos tinham assumido o favoritismo na apresentação do Triatlo do Estoril e este domingo de manhã confirmaram as expectativas, ganhando sem dificuldades a segunda etapa do Nacional de Clubes, onde as suas respectivas equipas mantiveram a supremacia na competição. Benfica e CD "Os Águias" de Alpiarça continuam a liderar coletivamente.

 

Foi grande o despique na prova masculina, com Miguel Arraiolos a lutar na corrida pelo primeiro lugar. “Fui mais inteligente que o Pedro Laginha Palma nesta última parte da prova. Conheço-o há muitos anos e sabia que ele não ia aguentar o ritmo. Fiquei à espera que ele quebrasse. Isto não é só pernas, com os anos também se ganha experiência”, afirmou o triatleta do Benfica, que passou a meta em 2:06:07 horas, com seis segundos de vantagem sobre Pedro Laginha Mendes (2:06:13), do OLI-Clube dos Galitos.Pedro Mendes, do Benfica, foi 3º classificado com 2:07:03.

 

O Benfica voltou a ganhar em termos coletivos, tal como tinha acontecido em Alpiarça, na primeira etapa, e o CD “Os Águias” de Alpiarça repetiu também o segundo lugar coletivo.Alhandra Sporting Clube fechou o pódio.

 

Na prova feminina, Ana Filipa Santos, do CD “Os Águias” de Alpiarça [na foto à esquerda]  chegou à transição para a corrida em quarto lugar, tendo recuperado posições nos 10 km finais, onde Melanie Santos, do Alhandra Sporting Clube, que liderava até então, abandonou devido a uma dor na canela. “Tenho uma prova importante daqui a duas semanas, a Taça do Mundo na China, e não quis arriscar”, explicou Melanie Santos.

 

Ana Filipa Santos explodiu de alegria ao passar a meta em primeiro lugar, com 2:11:57 horas, seguida por Estefania Calvo, do Garmin Olímpico de Oeiras, 1:53 minutos atrás da atleta de Alpiarça. Liliana Alexandra [na foto à direita], do Sporting, foi terceira em 2:14:27 horas.

 

“Hoje tive um dia bom, tudo correu bem. O ciclismo foi muito sofrido e foi sempre a acreditar até ao fim. Tenho de acreditar mais vezes”, afirmou Ana Filipa Santos, que contou com a “ajuda” dos seus pais e amigos, que vieram de propósito, de longe, para apoiar.

 

Na prova super-sprint, triunfaramMiguel Cassiano e Alexandra Santos, ambos do CD "Os Águias" de Alpiarça.

Periodicidade Diária

domingo, 5 de julho de 2020 – 04:02:19

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...