14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Arraiolos, Ventura e Silva em Kitzbühel

A quinta ronda do Campeonato do Mundo de Triatlo Elite apresenta um perfil distinto do habitual e contará com a presença de João Silva, Miguel Arraiolos e Hugo Ventura.
 
Na sua quinta aparição no circuito mundial, a prova Kitzbühel vai apresentar aquele que será um dos mais exigentes e inovadores percursos de triatlo alguma vez apresentados. Enquanto o pico Hahnenkamm, também em Kitzbühel, é conhecido por acolher a descida de ski mais dura do mundo, a sua montanha irmã, o Kitzbühel Horn acolhe aquele pode bem ser considerado o traçado de triatlo mais duro do mundo.
 
Desta forma, a prova desta ano vai distanciar-se dos formatos sprint e olímpico, habitualmente usados nas provas ITU. A prova arranca com 750 metros de natação, depois disso os triatletas passam pelo centro da vila e iniciam uma subida com 876 metros de desnível vertical, vencidos ao longo de 11,5Km, numa dura sucessão de curvas e contra-curvas onde chegam a encontrar inclinações de 22,3%. A prova termina com 2500 metros de corrida, durante os quais os atletas vencem ainda mais 136 metros de desnível positivo.
Desde que foi anunciado o percurso desta etapa que muitos dos atletas mais fortes no segmento de ciclismo viram aqui uma oportunidade para brilhar no principal circuito mundial. No entanto, também muitos dos principais especialistas mundiais, conhecidos por serem grandes corredores, encontraram aqui um estímulo extra para preparar um desafio menos convencional, que já está a criar uma enorme animação mediática.
A prova de Elite Masculina, na qual participam três dos atletas nacionais em plano de destaque na presente temporada, João Silva, Miguel Arraiolos e Hugo Ventura, arranca pelas 12:06 (hora de Portugal Continental), esperando-se que o vencedor precise de 64 minutos para completar o duro traçado. Também pela primeira vez na temporada 2013, a lista de inscritos apresenta os três medalhados dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, Alistair Brownlee, Javier Gomez e Jonathan Brownlee.
 
No entanto, nesta prova, o perfil dos candidatos ao triunfo é algo alterado pelo traçado atípico onde o segmento corrida com apenas 2500 metros de extensão pouca diferença pode fazer após uma subida tão selectiva. Desta forma, homens como o Aurélien Raphael (França), Matt Charbot (USA), Ryan Sissons (Nova Zelândia), Ruedi Wild (Suiça) ou Dan Wilson (Austrália) podem intrometer-se entre os crónicos candidatos às primeiras posições. Cerca de duas horas depois (pelas 15.26) é a vez das atletas femininas disputarem a sua prova.
 
João Silva alinha como uma das grandes figuras da temporada 2013, depois dos três pódios consecutivos, alcançados nas etapas de Auckland, San Diego e Yokohama que o levaram à liderança do Mundial de Triatlo. Autorizado, pela equipa médica que tem acompanhado a lesão que o afastou de Madrid e do Campeonato da Europa, João Silva regressa à competição com a ambição de aproveitar da melhor forma a dureza do traçado para somar o quarto resultado em etapas do Mundial de Triatlo. Recorde-se que a classificação final do Mundial de Triatlo Elite resultará da soma dos 4 melhores resultados, obtidos ao longo das 7 etapas normais, e ainda da pontuação alcançada na Grande Final.

Relativamente ao jovem (é ainda sub23) Hugo Ventura, é conhecida a sua capacidade no segmento de ciclismo, uma característica que lhe poderá garantir uma classificação que até agora nunca alcançou.
 
Por seu turno, Miguel Arraiolos vem cumprindo uma época de muito bom nível e com desempenhos muito animadores em provas duras, como foi o caso do 11º lugar na Taça do Mundo de Huatulco, ou do 13º lugar no Europeu de Elite. Em Portugal, a prova será transmitida em directo pela Sport Tv 4. 

Periodicidade Diária

domingo, 5 de julho de 2020 – 04:03:34

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...