15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Vanessa Pereira e José Estrangeiro, décimos no Mundial de Longa Distância

A cidade francesa de Belfort, recebeu hoje o Campeonato do Mundo de Triatlo Longa Distância. Uma prova que ficou marcada pelas condições climatéricas anormalmente duras que obrigaram a organização a anular o segmento de natação e a encurtar o segmento de ciclismo, transformando a prova num Duatlo com 9.5Km de corrida, 87km de ciclismo e 20km de corrida.
 
Apesar da inesperada mudança de cenário ser propícia a atletas com um perfil distinto os atletas nacionais, Vanessa Pereira e José Estrangeiro estiveram em bom plano terminando ambos na 10ª posição.
 
No que aos Age-Groups diz respeito, os resultados foram igualmente interessantes, com Sérgio Dias a averbar o segundo título mundial consecutivo no escalão 35-39 anos.
 
Ao cabo dos 9.5Km de corrida iniciais, José Estrangeiro mostrava-se muito confortável e entrava no parque de transição na 4ª posição. Perto dele, um pelotão de ciclistas temíveis que procurariam tirar o melhor partido da dureza do percurso.
 
Ao longo dos duros 87Km de ciclismo muito marcados pelo frio e pela chuva foram o possante Bertrand Billard (França) impôs um ritmo tremendo que deixou o primeiro perseguidor a mais de três minutos de distância, garantindo também uma vantagem que, suportada por uma excelente segunda corrida, lhe valeu o título mundial. Atrás dele classificaram-se Terenzo Bozzone (Nova-Zelândia) que, após um ciclismo de bom nível marcou o melhor parcial de corrida do dia, e Dirk Bockel (Luxemburgo).
 
Por seu turno, José Estrangeiro, perdeu algumas posições durante o segmento de ciclismo mas na corrido final mostrou-se um dos mais rápidos (7º) terminando na 10ª posição final.
 
Vanessa Pereira assumiu uma tática mais cautelosa. Entrou na transição na 12ª posição e durante o segmento ciclismo também manteve essa posição. No segmento de corrida final, o mais longo, Vanessa Pereira mostrou a sua experiência e marcou o 7º melhor parcial de corrida, subindo à 10ª posição.
 
A prova feminina foi ganha pela australiana Melissa Hauschildt, seguida de Camilla Pedersen (Dinamarca), que repetiu o segundo lugar de 2012 e de Rachel McBride (Canadá).
 
Nos Age-Groups, e depois de ter vencido em 2012, Sérgio Dias sagrou-se bi-campeão do mundo do escalão 35-39. O mesmo escalão onde Rui Costa foi 16º. Cecília Shinn foi 9ª no escalão 35-39, Sónia Quintela foi 10ª no escalão 40-44 e Rui Costa 16º no 35-39.  

Periodicidade Diária

sábado, 27 de fevereiro de 2021 – 07:10:27

Pesquisar

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...