14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Triatlo mundial longe da crise a atrair investidores

Os números do triatlo mundial continuam a crescer de ano para ano. Se em 2012 participaram 3000 atletas de 45 países diferentes na prova de Age Groups – para atletas dos 16 aos 84 anos – da Grande Final do Circuito Mundial de Triatlo (WTS), que decorreu em Auckland, na Nova Zelândia, em 2013 estiveram em Londres 8500 atletas de 85 nacionalidades, de acordo com dados oficiais da Federação Internacional de Triatlo (ITU).

 

Só contando com atletas amadores – ou seja excluindo as provas de elite – 28 mil pessoas participaram em 2012 nas provas do Circuito Mundial WTS, número que o ano passado cresceu para 32 mil. Para 2014, a ITU prevê que o triatlo continue em linha ascendente em praticantes que vêem na modalidade uma atividade divertida e propiciadora de um modo de vida saudável e gratificante.

 

Naturalmente, quanto mais atletas e popularidade a modalidade tem, maior a sua capacidade para gerar receitas e atrair patrocinadores. O ano passado, segundo um estudo de Associação da Indústria do Triatlo (TIA), os ingleses gastam 192 milhões de libras por ano (233,7 milhões de euros), atualmente, com a prática da modalidade.

 

Os organizadores da Grande Final do Circuito Mundial WTS 2014, que se realizará na cidade canadiana de Edmonton, de 28 de agosto a 1 de setembro, e será transmitida via televisão para 160 países, já garantiram um patrocinador privado que irá dar um seu nome à prova, num processo conhecido por “naming”.

 

A TransCanada, empresa líder na América do Norte na produção, armazenamento e transporte de energia, responsável por uma das maiores redes de gasodutos de gás natural do Canadá e EUA, vai investir na organização do evento 315 mil dólares, o correspondente a cerca de 230 mil euros.

 

A autarquia de Edmonton irá contribuir com dois milhões de dólares (1,45 milhões de euros), as autoridades de Alberta com um milhão de dólares (728 mil euros) e o Governo do Canadá com 1,5 milhões de dólares (1,092 milhões de euros) num total de 4,8 milhões de dólares (cerca de 3,5 milhões de euros).

 

“Temos vindo a patrocinar o desporto, a cultura e o crescimento económico do estado de Alberta ao longo dos últimos 60 anos. É um orgulho para nós poder patrocinar e dar o nome a este grande evento, que vai atrair a atenção internacional a esta cidade tão dinâmica e diversificada”, afirmou Alex Pourbaix, presidente para o desenvolvimento da TransCanada, citado pela ITU.

Periodicidade Diária

quarta-feira, 15 de julho de 2020 – 01:15:02

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...