15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Taça PORterra: Duatlo BTT de Mourilhe

O Duatlo BTT de Mourilhe (Mangualde) marca a entrada no segundo período competitivo da Taça de Portugal PORterra, depois da disputa dos Duatlos do Jamor e das Lezírias no início do ano.
 
Após a disputa das duas primeiras etapas é o Garmin Olímpico de Oeiras quem lidera a classificação masculina, com 400 pontos, apenas mais 20 que o CD “os Águias” de Alpiarça e mais 30 que o Sporting Clube de Portugal. No sector feminino, a liderança pertence ao “Águias” de Alpiarça, com 420 pontos, mais 40 que Garmin Olímpico de Oeiras e mais 60 que o Núcleo Sportinguista da Golegã. Com diferenças tão curtas, os clubes reforçaram as equipas e vão a Mangualde procurar a melhor classificação.
 
Na sua terceira edição, o Duatlo BTT “ACRMourilhe – Terras de Mangualde” é uma organização conjunta da Associação Cultural e Recreativa de Mourilhe, da Câmara Municipal de Mangualde e da Federação de Triatlo de Portugal.
A partida para a prova acontecerá pelas 10.30 do próximo domingo, em frente à sede da ACR Mourilhe. O primeiro segmento é composto por 5.000 metros, divididos em duas voltas a um percurso com um desnível expressivo, com piso em asfalto, calçada e terra batida.
 
Seguem-se duas voltas ao percurso de BTT, totalizando 21Km. Trata-se de um percurso circular, com um piso misto de asfalto, calçada e terra batida, diversos declives e alguma dificuldade técnica. A prova termina com uma volta (de 2500 metros) ao segmento de corrida inicial.
 
Com um percurso com estas características os melhores corredores vão certamente explorar ao máximo o segmento inicial, no entanto o percurso mais propício a fazer diferensas será o de BTT, dai que os mais à vontade sobre as duas rodas o tentem aproveitar para construir uma diferença que consigam manter durante o segmento de corrida final.
 
No sector feminino, Rita Maria Lopes já este ano mostrou credenciais de boa corredora ao vencer o Duatlo de Arronches. Em Mourilhe a atleta do Amiciclo irá certamente procurar distanciar-se de ciclistas mais fortes, como Ana Sofia Henriques e Cecília Shinn (ambas do Garmin Olímpico de Oeiras) no segmento de corrida, por forma a enfrentar o segmento de BTT de forma mais confortável.
 
Em termos colectivos o Núcleo Sportinguista da Golegã e o Garmin Olímpico de Oeiras são as formações que apresentam melhores condições para lutar pela vitória que, recorde-se, resulta da soma dos tempos das 3 primeiras atletas de cada formação.
 
No lado masculino, o pelotão presente em Mourilhe apresenta vários candidatos ao triunfo e um lote de atletas que promete grande espectáculo desportivo. Após a sua vitória em Almeirim, há duas semanas atrás, Daniel Martins mostrou estar num grande momento de forma, pelo que, para muitos, será o principal favorito. No entanto, a formação do Garmin Olímpico de Oeiras com os experientes Luís Almeida, Marco Costa e Jorge Duarte vão procurar tirar partido da superioridade numérica para colocar em dificuldade o atleta do AMCR Fonte Grada.
 
Numa prova com estas características o veterano José Mário Ribeiro (Ateneu Artístico Cartaxense) não pode ser descartado do lote de candidatos às primeiras posições. 

Periodicidade Diária

quinta-feira, 4 de março de 2021 – 05:38:48

Pesquisar

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...