15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Taça da Europa Júnior de Vierzon: Francisco Machado 5º e Ana Ramos 10º, os melhores portugueses.

A cidade de Vierzon, 200Km a sul de Paris, recebeu ontem a terceira etapa da Taça da Europa de Triatlo Júnior. Uma prova que era de capital importância no processo de selecção dos representantes nacionais de diversos países no próximo Campeonato da Europa de Triatlo Júnior, agendado para o mês de Junho em Alanya, na Turquia.
A primeira prova do dia foi a feminina, na qual Portugal teve em Ana Ramos, na 10ª posição, a sua melhor representante. Seguiu-se Andreia Ferrum, na 16ª posição, Luísa Condeço na 19ª e Melanie Santos na 24ª.
No sector masculino, a primeira transição foi determinante na definição dos resultados, tendo sido ai que se definiu o grupo de 16 unidades que viria a discutir a prova. Desse grupo faziam parte Francisco Machado, que viria a ser o melhor português na 5ª posição, Alexandre Nobre que foi 6º e ainda Pedro Gaspar que terminou na 19ª posição. Por seu turno, David Luís integrou um segundo grupo e empenhou-se a fundo em reduzir diferanças no ciclismo e na corrida, tendo terminando na 35ª posição.
 
A primeira das provas do Programa da Taça da Europa de Triatlo Júnior de Vierzon foi a prova feminina, para a qual a equipa nacional partia com fundadas ambições em averbar um bom resultado. E até meio do segmento de ciclismo tudo ia acontecendo com normalidade: as quatro atletas nacionais (Ana Ramos, Andreia Ferrum, Luísa Condeço e Melanie Santos) haviam conseguido uma boa prestação dentro de água (750 metros) e integraram sem problemas o numeroso grupo da liderança.
 
Durante o segmento de ciclismo registaram-se diversas tentativas para quebrar o grupo mas as britânicas e francesas, que precisavam de grandes prestações para garantir a ida ao Europeu acabaram assumir o comando e adiar a decisão para o segmento de corrida final.
Nesse segmento, Ana Ramos teve uma prestação de bom nível concluindo a prova na 10ª posição final, a 1:51 da vencedora, a francesa Leonie Periault. Seguiram-se Andreia Ferrum na 16ª posição, Luísa Condeço na 19ª, com uma boa recuperação após uma advertência da arbitragem, e Melanie Santos na 24ª posição.
 
No sector masculino a história da prova começou a decidir-se no logo no segmento de natação (750 metros), uma vez que foi ai, e mais ainda no Parque de Transição, que se definiu o grupo de 16 unidades que viria a mantêr-se na frente ao longo de todo o segmento de ciclismo.
 
Como se esperava, os atletas nacionais integraram a cabeça do pelotão ao longo de todo o segmento de natação, especialmente por intermédio de Pedro Gaspar, que esteve em plano de destaque juntamente com o britânico Marc Austin e o francês Jeremy Dupuy. Francisco Machado, David Luís e Alexandre Nobre surgiam perto da frente. No entanto, uma transição mais lenta custou a David Luís o afastamento do grupo da liderança.
 
Sempre com uma boa dinâmica ao longo dos 20 Km de ciclismo, o grupo de Nobre, Machado e Gaspar foi ganhando terreno à concorrência e decidiu entre si a prova.
 
No segmento de corrida final assistiu-se a outro grande resultado por parte do francês Raphael Montoya, que já havia ganho em Quarteira, e que ontem repetiu o feito diante do seu público. No segundo lugar ficou outro francês, Dorian Coninx e Marc Austin completou o pódio. A apenas 15 segundos do Bronze, Francisco Machado completou o top5. Quatro segundos depois era Alexandre Nobre quem cruzava a linha de meta, na 6ª posição, seguindo-se Pedro Gaspar na 17ª e David Luís na 35ª. 

Periodicidade Diária

terça-feira, 9 de março de 2021 – 06:53:16

Pesquisar

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...