14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Ouro, prata e bronze para Portugal na Taça Europa Júnior de Quarteira

Depois de sábado terem ficado muito perto das medalhas na prova elite, ontem os triatletas juniores portugueses conseguiram resultados brilhantes na Taça de Europa do escalão. Os protagonistas dos resultados foram Melanie Santos e Luísa Condeço, que conquistaram ouro e a prata na prova feminina e também Francisco Machado que obteve o bronze nos masculinos.

Também ontem foi disputada a quarta etapa do Nacional de Clubes, uma prova na distância sprint onde Katarina Larsson, do Sporting Clube de Portugal, e o espanhol Samer Ali Saad se sagraram vencedores.

A prova feminina

A primeira prova da manhã foi a das júniores femininas que arrancaram para os 750 metros de natação, 20km de ciclismo e 5km de corrida pelas 8.45. Logo nesse segmento Luísa Condeço e Melanie Santos mostraram boa forma posicionando-se no grupo da liderança. Nesse grupo estava também Andreia Ferrum. Neste grupo estiveram sempre muito activas as atletas britânicas e belgas. As líderes mantiveram-se até ao inicio do segmento de corrida, momento em que Melanie Santos e Luísa Condeço se colocaram na frente da prova, ficando apenas uma resistente, a britânica Sky Drapper. Já na fase final do segmento de corrida, Melanie Santos destacou-se e garantiu a sua primeira vitória em provas internacionais. Por seu turno, Luísa Condeço chegou a ser ultrapassada pela britânca Drapper mas na ponta final, sprintou e garantiu a medalha de prata.

As restantes atletas nacionais concluiram a prova nas seguintes posições:

12 Andreia Ferrum 01:04:28
17 Sara Tenrinho 01:06:08
18 Vitória Oliveira 01:06:24
21 Érica Cardigo 01:07:11
22 Maria Eduarda Vidigueira 01:07:36
27 Rita Lopes 01:10:24 00

A prova masculina

Pelas 10.00 iniciou-se a prova de Juniores Masculinos. Uma prova que contou com um pelotão numeroso e de grande qualidade, numa verdadeira antecâmara do Europeu de Eilat (Israel) dentro de 3 semanas. O segmento de natação teve em Pedro Gaspar o líder, contudo, apesar do ritmo forte não se registaram grandes diferenças de tempo, um indicador claro da igualdade de valores entre os participantes.

Assim, na frente da prova formava-se um numeroso pelotão, do qual faziam o principal candidato, o italiano Mathias Steinwandter e de muitos dos atletas portugueses. Durante esta fase da prova Filipe Azevedo, David Luis e João Ferreira foram dos atletas em maior destaque, controlando a frente do grupo.

Logo que os grupo chegaram à segunda transição logo o italiano Steinwandter (bronze no último europeu júnior) assumiu a liderança da prova, logo perseguido por João Ferreira. Atrás deles ficava um pelotão alongado, de onde, a pouco e pouco, se foram destacando Francisco Machado e o britânico Sheldon Grant. No final da primeira de duas voltas de corrida, o jovem italiano tinha cerca de 20 metros de vantagem sobre Grant e mais 10 metros sobre Machado. Na segunda volta o líder conseguiu manteve o ritmo e arrecadou mais um bom resultado ao seu já interessante currículo. Perto do final Francisco Machado acelerou e ainda se pensou que seria capaz de roubar a prata ao britânico mas a ultrapassagem acabou por não acontecer.

Os restantes atletas nacionais terminaram nas seguintes posições:

3 Francisco Machado 00:55:58
13 Filipe Azevedo 00:56:47
14 João Ferreira 00:56:49
18 Pedro Gaspar 00:57:01
20 Ricardo Calado 00:57:15
21 Alexandre Nobre 00:57:16
23 David Luis 00:57:24
27 Rafael Ribeiro 00:57:37
32 Ricardo Jorge 00:57:50
47 Rui Tenrinho 00:58:52
54 Rafael Domingos 00:59:51
58 Ruben Tavares 01:00:27
64 Luis Ferreira 01:01:40

Portugal completava assim, com Francisco Machado o pleno de medalhas: Ouro, Prata e Bronze.

A 4ª etapa do Nacional de Clubes

Logo após a Taça da Europa Júnior arrancou a 4ª etapa do nacional de clubes. A prova que no sector masculino foi decidida no segmento de ciclismo. José Estrangeiro (AAC), Samer Ali Saad (Sevilla) e João Curado (Sporting CP) isolaram-se e acumularam uma vantagem que seria suficiente para José Estrangeiro e e Samer Ali Saad decidirem a prova entre si na corrida. Com uma ponta final mais forte o espanhol Saad conseguiu deixar o português para trás e somar a sua primeira vitória em solo nacional. Mais atrás assistia-se a uma boa corrida de Alberto Gonzalez (CT Perosinho) que lhe valeu a ultrapassagem a João Curado e o terceiro lugar final.

Na competição feminina Joana Marques (Garmin Olímpico Oeiras) entrou na corrida final na frente de Katarina Larsson, contudo a excelente corrida da sueca do Sporting Clube de Portugal valeu-lhe a ultrapassagem e Marques e mais uma vitória em provas nacionais. O pódio feminino ficaria completo com Sofia Hipólito do Alhandra Sporting Clube.

Colectivamente, o Sporting venceu nos masculinos e o Alhandra Sporting Clube venceu nos femininos. O Garmin Olímpico de Oeiras mantém a liderança do nacional tanto em masculinos como femininos.  
 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 6 de julho de 2020 – 20:22:28

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...