15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Extreme Sailing Series - Equipa portuguesa mantém 5ª posição no segundo dia da etapa de Lisboa

 

 

A Equipa Portuguesa SAIL Portugal - Visit Madeira continua a somar bons resultados e conseguiu manter a 5ª posição no segundo dia da etapa de Lisboa, que começou com vento fraco, entre os 5 e os 7 nós, mas terminou com 15 nós, permitindo mostrar ao público porque os GC32 são os “barcos voadores”.

 

Nuno Barreto, Trimmer da Genoa da equipa portuguesa, comentou no fim das regatas de ontem: “Apesar do vento estar fraco o dia correu-nos bem, estamos satisfeitos com a nossa prestação. Conseguimos comprovar que nas largadas decide-se muita coisa e nas que não largámos bem conseguimos recuperar a posição, ficando praticamente sempre no grupo da frente. Isto é um sinal de que estamos mais competitivos, que temos vindo a evoluir e que o trabalho que temos desenvolvido está a levar-nos na direção certa”.

 

A equipa suíça Alinghi teve um dia quase perfeito no qual consolidou a sua posição de líder deste 7º Ato. Alcançando 57 pontos, num total de 60 possíveis, a equipa liderada por Arnaud Psarofaghis ganhou 2 regatas e três segundos lugares, dominando completamente este segundo dia de regatas.

 

Em segundo lugar, a 14 pontos do líder, ficou a equipa da NORAUTO, que está a alcançar um excelente resultado, tendo em conta que são uma equipa convidada que está a competir pela primeira vez na etapa de Lisboa. E em 3º lugar encontra-se a Oman Air, que sofreu uma penalização numa largada e ficou a 22 pontos do líder da tabela.

 

Nuno Barreto deixou um convite aos portugueses: “Amanhã esperamos que o vento ajude para que o espetáculo seja mais divertido para o público e com menos tempos de espera. Venham apoiar a equipa. Ver barcos a voar é único, é o ‘último grito’ da tecnologia em termos de vela, e há muita ação enquadrada neste cenário maravilhoso que é o nosso rio Tejo”.

 

A etapa de Lisboa será a primeira a receber a certificação “Clean Regata” e a organização das Extreme Sailing Series está a apostar forte no nível Prata.

 

Este programa de certificação da Sailors for the Sea pretende educar e mobilizar a comunidade náutica num esforço comum de conservação e proteção dos oceanos através da aplicação de 25 boas práticas que o organizador do evento poderá implementar de forma a atingir o nível de sustentabilidade pretendido.

 

As Extreme Sailing Series estão a cumprir 18 das 25 boas práticas deste programa Clean Regata e isto é um resultado muito positivo do trabalho conjunto das duas organizações.

 

A etapa de Lisboa realiza-se entre os dias 6 e 9 de outubro. Os interessados em acompanhar todos os pormenores da regata podem fazê-lo através do site oficial: www.extremesailingseries.com.

 

Extreme Sailing Series™ Ato 7, Lisboa

 

Dia 2, 7 outubro 2016 - 10 regatas

Posição / Equipa / Pontos

1º) Alinghi (SUI) Arnaud Psarofaghis, Nicolas Charbonnier, Timothé Lapauw, Nils Frei, Yves Detrey 112 pontos.

2º) NORAUTO (FRA) Adam Minoprio, Thibault Julien, Thierry Douillard, Matthieu Vandame, Nicolas Heintz 98 pontos.

3º) Oman Air (OMA) Morgan Larson, Pete Greenhalgh, James Wierzbowski, Ed Smyth, Nasser Al Mashari 90 pontos.

4º) Red Bull Sailing Team (AUT) Roman Hagara, Hans Peter Steinacher, Stewart Dodson, Adam Piggott, Brad Farrand 90 pontos.

5º) Sail Portugal - Visit Madeira (POR) Diogo Cayolla, Frederico Mello, Nuno Barreto, Luís Brito, João Matos Rosa 78 pontos.

6º) SAP Extreme Sailing Team (DEN) Jes Gram-Hansen, Rasmus Køstner, Mads Emil Stephensen, Pierluigi De Felice, Renato Conde 67 pontos.

7º) Thalassa Magenta Racing (CAN) Sharon Ferris-Choat, Sally Barkow, Hannah Diamond, Annie Lush, Mariana Lobato, Elodie Mettraux 63 pontos.

8º) Land Rover BAR Academy (GBR) Neil Hunter, Chris Taylor, Will Alloway, Sam Batten, Rob Bunce 63 pontos.

9º) Vega Racing (USA) Brad Funk, Nick Thompson, Trevor Bund, Erick Rodriguez, Mac Agnese 59 pontos.

 

Sobre a Extreme Sailing Series

 

Em 2016 realiza-se a 10ª edição das Extreme Sailing Series, a premiada regata que aproximou a arte da vela do público do mundo inteiro. Ao criar o conceito de “regata de estádio” – que permite que o público percorra a Race Village, observando de perto os barcos e os atletas, e assista à regata muito próximo do centro da competição – e aumentando o ritmo na água, os criadores das Extreme Sailing Series estabeleceram novos padrões quer em termos de competição de alto nível como de entretenimento desportivo. Nesta edição, as Extreme Sailing Series decorrem em 8 etapas, passando por Muscat, Omã (16 a 19 março); Qingdao, China (29 abril a 2 maio); Cardiff, País de Gales (23 a 26 junho); Hamburgo, Alemanha (28 a 31 julho); S. Petersburgo, Rússia (1 a 4 setembro); Madeira, Portugal (22 a 25 setembro); Lisboa, Portugal (6 a 9 outubro); e Austrália (8 a 11 dezembro).

 

Periodicidade Diária

sábado, 6 de março de 2021 – 11:28:12

Pesquisar

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...