13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Challenger Cup

 

Cuba venceu (3-1: 38-36, 25-22, 29-31 e 25-19) hoje o Chile e apurou-se para as meias-finais da Volleuyball Challenger Cup como segundo classificado da Poule B. 
 
1.º Set
O primeiro parcial foi extremamente equilibrado, com o Chile a liderar a marcha do marcador mas sempre só por um ponto de diferença. Cuba passou para a frente aos 25-24, mas o equílibrio manteve-se em todos os fundamentos ameaçando ser quase «ad eternum». Acabaria por ser um dos quatro blocos de Javier Rojas a selar o resultado 38-36 favorável à equipa de Nicolas Coffigny.
 
2.º Set
O Chile entrou a vencer no segundo set (7-3), mas logo os cubanos começaram a alardear a sua supremacia nas acções ofensivas (8-7, 15-12), com destaque para Osniel Hernandez
e Miguel Castro, que contabilizavam já respectivamente 15 e 11 pontos no ataque. Resultado: 25-21, novamente favorável aos cubanos.
 
3.º Set
Disputado novamente sob uma toada de equilíbrio, o terceiro parcial pendeu quase sempre para o lado dos cubanos. Contudo, nos momentos cruciais os chilenos acertam o seu serviço, transcenderam-se e venceram nas vantagens: 31-29.
 
4.º Set
No quarto set, os cubanos confirmaram a sua supremacia em praticamente todos os fundamentos, excepção feita ao serviço, em que os chilenos foram superiores. Resultado: 25-19. 
 
Miguel Castro e Osniel Melgarejo Hernandez, respectivamente com 25 e 21 pontos, foram os melhores pontuadores do jogo, enquanto Tomas Parraguirre, com 18, foi o artilheiro de serviço dos chilenos.
 
Osniel Melgarejo Hernandez, jogador cubano:
"Jogámos bem. O primeiro set foi disputado p0onto a ponto, mas conseguimos a vitória. Trabalhámos muito ao longo de todo o jogo e creio que fomos superiores ao nosso adversário. Amanhã, não vamos olhar muito para o nome do nosso adversário. O nosso objectivo é atingir a final".
 
Dusan Bonacic, capitão do Chile:
"Sabíamos que iria ser um jogo muito complicado, pois o ataque, o bloco e o serviço dos cubanos são de nível mundial.
Estou muito contente, não conseguimos vencer, mas lutámos sempre pela vitória e deixámos tudo em campo. Felicito os meus companheiros de equipa pois fizeram tudo para ganhar. Estou muito feliz com a nossa atitude, jogámos como uma verdadeira equipa". 

 


 

quarta-feira, 19 de setembro de 2018 – 09:49:43

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...