13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Supertaça

 

 

As equipas de seniores femininos do Leixões Sport Club, campeão nacional em título, e do Porto Vólei 2014, vencedor da Taça de Portugal 2017/2018, defrontam-se no domingo, pelas 15h00, em Vila Flor, na Supertaça, a primeira competição oficial da época de 2018/2019.

 

Sendo o ex libris de Matosinhos um histórico do Voleibol português e o emblema do Porto um dos clubes mais recentes (2014), naturalmente que o historial é diferente, com as sereias a contabilizarem três troféus da Supertaça (2016/2017, 1991/1992 e 1988/1989) e as portuenses apenas um (2015/2016).

 

Sempre entre as quatro melhores equipas de femininos nas últimas quatro épocas e crónicos candidatos aos três títulos em disputa, a rivalidade salutar entre os dois clubes promete animar o Pavilhão Gimnodesportivo Municipal de Vila Flor.

 

E o que pensam os técnicos das duas equipas neste primeiro momento competitivo? Mário Martins (Leixões SC) e João David (Porto Vólei) respondem com igual dose de ambição e realismo às três questões colocadas.

 

1.ª Tendo em consideração que tanto o Leixões SC como o Porto Vólei se reforçaram para esta época, que argumentos apresenta a sua equipa para erguer a Supertaça?

Mário Martins – "Julgo que os principais argumentos são a continuidade das jogadoras mais influentes nos sucessos recentes da equipa e o equilíbrio que os novos reforços trouxeram ao plantel. Se juntarmos a isto a ambição e força do nosso colectivo, julgo que serão estes os argumentos principais".

João David – "A equipa do Porto Vólei apresentar-se-á em Vila Flor com muita ambição e acima de tudo com muita organização colectiva.
Sendo o nosso plantel extremamente jovem e ambicioso, acreditamos que se formos organizados, e a isso juntarmos alguma loucura saudável, própria da nossa juventude, conseguiremos vencer a experiente equipa do Leixões".

 

2.ª Quais os pontos que considera serem mais fortes no seu oponente?

MM – "Neste momento, estamos ainda a recolher as informações acerca da equipa desta época, mas de certeza que o Porto Vólei irá manter uma boa estrutura defensiva e um serviço agressivo e uma equipa sempre com elevada capacidade de luta e motivação, com a irreverência normal de uma equipa jovem".

JD – "Acima de tudo, o sólido conjunto que apresentam desde há quatro épocas, ao qual este ano se juntam bons valores individuais".

 

3.ª Quais os objectivos para a época de 2018/2019?

MM – "Por norma, colocamos a fasquia o mais alto possível e uma vez mais queremos disputar todos os troféus, estar em todas as finais e ganhar as três competições! Sabemos que não estamos sozinhos e que não somos quem mais investe mas queremos continuar a somar sucessos"!

JD – "Os nossos objectivos são altos, pois só assim conseguimos evoluir. 
Ambicionamos atingir um lugar nos quatro primeiros.
Nas competições a eliminar, como se decidem apenas num jogo, teremos obrigatoriamente de pensar em vencer os jogos todos, Supertaça incluída".

 

 

A 17.ª edição da Supertaça, que terá transmissão em directo na Volei TV e n'A Bola TV, é organizada pela  Federação Portuguesa de Voleibol (FPV) com o apoio da Câmara Municipal de Vila Flor.

 

 

V o t o s  de  B o a s  F e s t a s

Periodicidade Diária

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018 – 00:18:27

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...