13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Leixões Sport Club vence Supertaça de Femininos 2018

 

 

A equipa de seniores femininos do Leixões Sport Club, campeão nacional em título, voltou a erguer o troféu da Supertaça ao vencer (3-0: 25-15, 25-10 e 25-12)  o Porto Vólei 2014, detentor da Taça de Portugal 2017/2018, em jogo disputado hoje em Vila Flor

 

A primeira competição oficial da época de 2018/2019 foi arbitrada por Hélio Ormonde (AV São Miguel) e Rui Carvalho (AV Porto), tendo-se cumprido um minuto de silêncio em memória do antigo internacional Nuno Rocha.

 

As sereias entraram melhor no jogo, mercê, sobretudo da supremacia das suas jogadoras no ataque (5-1), mas as portuenses, impulsionadas por Margarida Reis, encetaram uma recuperação que seria recompensada com a igualdade (7-7).


Dois pontos de Bruna Gianlourenço no ataque e um serviço de Beatriz Santos, os dois reforços mais sonantes do Leixões SC, afastaram novamente a equipa orientada por Mário Martins, que continuaria a dilatar a diferença (14-7).


Com Eduarda Duarte (1,90 metros) e Beatriz Santos (1,95) a mandarem nas jogadas junto à rede, o experiente seis do Leixões SC foi gerindo as operações.


Um bloco de Beatriz Santos a Mariana Maia (20-11) mostrou que o Leixões queria assegurar logo o triunfo, que acabaria por se concretizar aos 25-15.

 

A equipa de João David entrou no segundo parcial com outra atitude. Mais soltas e descontraídas, as jogadoras do Porto Vólei passaram para a liderança no marcador (3-2).


Contudo, as matosinhenses não se atemorizaram; acertaram a sua recepção e voltaram a pressionar no ataque e, sobretudo, com o serviço, criando uma clivagem pontual substancial (10-5).


Um serviço directo de Eduarda Duarte tornou tudo ainda mais complicado para o Porto Vólei (18-8) e o resultado final acabou por ser ainda mais desnivelado: 25-10.

 

Após um começo algo equilibrado, um bloco de Bruna Gianlourenço deu ao Leixões SC a vantagem (10-5) de que a equipa necessitava para poder arriscar ainda mais no serviço.


Perdida por um, perdida por cem, a jovem equipa do Porto Vólei encetou uma recuperação (9-12), assustando um pouco o seu adversário, que, contudo, respondeu com um serviço directo de Eduarda Duarte (15-9).


Imparáveis, as sereias começaram a somar ponto após ponto, cavando cada vez mais fundo o fosso pontual (17-9) até ao triunfo final por 25-12.

 

Beatriz Santos e Viviane Oliveira, ambas do Leixões SC, foram as melhores pontuadoras do jogo, enquanto Sofia Gouveia, com 9 pontos, foi a jogadora do Porto Vólei mais concretizadora.

 

 

Mário Martins, Treinador do Leixões SC:
“Foram vários os factores que nos permitiram obter este resultado. O principal foi a forma como preparámos este jogo e conseguimos cumprir em campo, e de forma ainda mais agressiva, o que tínhamos treinado, o que fez com que o jogo, a partir de certa altura tivesse apenas um sentido
Para mim, é um motivo de enorme orgulho estar envolvido na conquista de mais um troféu para o meu clube.
Vamos lutar pelos outros títulos em disputa (campeonato e Taça de Portugal) mas sabemos que não será fácil, porque há equipas que vão aparecer mais fortes, e nós teremos de estar sempre no nosso melhor”.

 

 

João David, Treinador do Porto Vólei:
“Os parciais são enganadores e dependeram muito de sequências de sideouts em que não conseguimos concretizar em pontos as nossas jogadas ofensivas.
A nossa equipa é jovem e faltou ainda alguma maturidade para fazer a diferença.
Creio que o Campeonato Nacional vai ser diferente pois vamos ter mais tempo para nos prepararmos e continuar a perseguir o nosso objectivo, que é um lugar entre as quatro primeiras equipas”.  

 

 


 

terça-feira, 16 de outubro de 2018 – 20:20:27

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...