14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Portugueses na Europa

O VFB Friedrichshafen, de João José, perdeu ( 2-3: 23-25, 25-21, 25-22, 20-25 e 12-15), em Unterhaching, com o Generali Haching, equipa que é, a par do Friedrichshafen e do Berlin Recycling Volleys, campeão em título, uma das favoritas ao ceptro nacional.
O central português rubricou 9 pontos (6 ataques e 3 blocos).
Com este resultado, o Friedrichshafen continua a ocupar o 3.º lugar na Bundesliga 1, a dois pontos do BR Volleys e do Generali, 1.º e 2.º classificados, respectivamente.
Na próxima jornada (1 de Dezembro), a formação capitaneada por João José recebe o Evivo Duren, actual 5.º classificado no campeonato, adversário que visita na quarta-feira (28 de Novembro) em jogo dos quartos-de-final da Taça da Alemanha.

Na Bundesliga 2 Norte, o RWE Volleys Bottrop, de Marcel Keller Gil, mantém-se na liderança após vencer (3-1: 27-25, 16-25, 25-23 e 25-21) o TSV Giesen/48 Hildesheim.
Titular indiscutível, o central português facturou 13 pontos.
"Foi um jogo muito complicado, disputado num pavilhão pequeno mas cheio de público, como é, aliás, habitual.
Logo no início do segundo set, sofremos algumas contrariedades, com as lesões do distribuidor e do zona 4 mais influente, mas conseguimos superar essas adversidades através da nossa eficácia do bloco e da defesa baixa e vencer o jogo", salientou Marcel.
Na próxima jornada (2 de Dezembro), o Bottrop recebe o Rumelner TV, actual 6.º classificado.

No Regional Norte da Alemanha – femininos, o VG Wiwa Hamburg, de Tânia Duarte, que ocupa o 7.º posto classificativo, derrotou ( 3-2), em casa, o Hummelsbutteler SV.
Na próxima jornada (8 de Dezembro), o Wiwa visita o 1. VC Parchim, 4.º classificado.

O Tours VB, de Nuno Pinheiro, venceu categoricamente ( 3-0: 25-21, 25-21 e 25-16) em Paris e continua a liderar, isolado, a Liga Pro A francesa.
O distribuidor lusitano contabilizou 1 ponto, no ataque.
Na próxima jornada (1 de Dezembro), o campeão gaulês recebe o Narbonne, 7.º classificado.

O Chaumont Volley-Ball 52 Haute Marne, de André Lopes, perdeu pela margem mínima ( 2-3: 28-30, 25-18, 25-17, 22-25 e 13-15) em Nantes e ocupa agora o 9.º lugar na tabela classificativa.
O zona 4 lusitano pontuou por 10 vezes (8 ataques, 1 bloco e 1 serviço).
Na próxima jornada (1 de Dezembro), recebe o Tourcoing, 13.º classificado.

Ainda em França, o Stade Poitevin Volley Beach, de Carlos Teixeira, triunfou ( 3-1: 25-18, 25-21, 20-25 e 25-20) na visita ao Amicale Laique de Caudry e, beneficiando da derrota do Saint-Louis Neuweg Omnisports, subiu à liderança do Nationale 1 - Poule B.
Na próxima jornada (1 de Dezembro), a formação do libero português recebe o Omnisports, actual 2.º classificado.

Por seu turno, o Asul Lyon Volley, de Renata Guerreiro, que lidera, invicto, a Poule B do Nationale 3, somou a sua 7.ª vitória consecutiva e a primeira que não foi pela margem máxima ( 3-1: 25-13, 25-8, 22-25 e 25-10), no recinto do Bois D'Arcy.
Na próxima jornada (2 de Dezembro), visita o IAFVO, 6.º classificado.

O BCC-NEP Castellana Grotte, orientado por Flavio Gulinelli e onde jogam os irmãos Marco e Alexandre Ferreira, manteve-se no 11.º lugar da Serie A1 da Liga italiana após ter sofrido uma derrota (0-3: 22-25, 18-25 e 25-27) natural na recepção ao Itas Diatec Trentino, tetracampeão mundial de clubes.
Alex facturou 8 pontos (6 ataques, 1 serviço e 1 bloco).
Na próxima jornada (2 de Dezembro), o Castellana recebe o Andreoli Latina, 3.º classificado.

Na Polónia, o Jastrzebski Wegiel SA, de Tiago Violas, derrotou ( 3-2: 25-21, 29-31, 25-23, 14-25 e 15-9) o Delecta Bydgoszcz e continua a ocupar o 6.º posto classificativo na Plus Liga.
Na próxima jornada (28 de Novembro), a equipa do distribuidor português visita o AZS Czestochowa, 10.º e último classificado.

O Stod Volley Steinkjer, equipa orientada por André Sá, venceu, no sábado, fora de portas, o Forde, por 3-1 (25-12, 25-16, 21-25 e 25-17) e sofreu a primeira derrota da época ( 1-3: 25-22, 19-25, 20-25 e 17-25) no recinto do BSI, actual 2.º classificado na divisão Elite - femininos.
O Stod, que ocupa agora o 4.º lugar, com menos 2 jogos disputados do que os 2.º e 3.º classificados, visita, nas próximas jornadas o Oslo, líder invicto (8 de Dezembro), e o Koll, actual 6.º classificado (9 de Dezembro).

O Chênois Volleyball Club, de Rui Santos, venceu ( 3-2: 25-16, 15-25, 25-23, 26-28 e 15-13) na recepção ao Lausanne UC I e manteve-se no 6.º posto classificativo da principal Liga da Suíça.
Na próxima jornada (1 de Dezembro), a equipa do central lusitano recebe o TV Schonenwerd I, 5.º classificado.

Em Espanha, o UCAM Voley Murcia, de Núria Lopes da Silva e de Bonémia Gomes, mantém-se no 5.º lugar da tabela classificativa na Superliga Feminina depois de ter recebido e vencido ( 3-2: 25-14, 25-18, 23-25, 23-25 e 18-16) o Valeriano Allés Menorca.
Na próxima jornada (8 de Dezembro), o Murcia visita o Nuchar Tramek Murillo, 2.º classificado. 

Periodicidade Diária

terça-feira, 26 de maio de 2020 – 16:40:45

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...