Portugueses na Europa

Wegiel, Murcia e Castellana foram os clubes estrangeiros representados por portugueses que estiveram em destaque no fim-de-semana.

Na Polónia, o Jastrzebski Wegiel SA, de Tiago Violas, manteve o 3.º lugar na tabela classificativa, mas aproximou-se dos primeiros classificados, ao vencer, fora, o Indykpool AZS Olsztyn por 3-1 (34-32, 25-15, 23-25 e 25-21).
Na próxima jornada (2 de Fevereiro), a equipa do distribuidor português visita o Delecta Bydgoszcz, líder da Plus Liga.
No dia 26 de Janeiro, o Wegiel defronta o Zaksa Kedzierzyn-Kozle nas meias-finais da Taça da Polónia (Enea Cup 2013).
O outro jogo colocará frente a frente o Asseco Resovia Rzeszow e o Delecta Bydgoszcz.

Em Espanha, o UCAM Vóley Murcia, de Núria Silva e Bonémia Gomes, derrotou (3-0: 25-8, 25-10 e 27-25) o CVB Barça, com uma excelente exibição, realçada pela imprensa espanhola, e subiu ao 3.º lugar na Superliga Feminina.
Bonémia foi pouco utilizada, mas Núria contabilizou 9 pontos (8 ataques e 1 bloco).
Na próxima jornada (26 de Janeiro), o Murcia visita o GH Ecay Leadernet, 6.º classificado.

Em Itália, o BCC-NEP Castellana Grotte, orientado por Flavio Gulinelli e onde jogam os irmãos Marco e Alexandre Ferreira, mantém-se no 9.º lugar da Serie A1, apesar do sensacional triunfo sobre o Casa Modena, então 4.º classificado, por 3-1 (27-25, 23-25, 28-26 e 25-20).
Alex Ferreira pontuou por 10 vezes (7 ataques e 3 blocos).
Na próxima jornada (27 de Janeiro), o Castellana recebe o Marmi Lanza Verona, 11.º e penúltimo classificado.

Na Noruega, o Stod Volley Steinkjer, equipa orientada por André Sá, perdeu ( 1-3), na final da Taça da Noruega, com o Oslo Volley, líder isolado da divisão Elite - femininos.
Ocupando actualmente a vice-liderança no campeonato, com o mesmo número de pontos do Oslo, mas com mais um jogo disputado, o Stod vai enfrentar uma exigente jornada dupla, recebendo o Forde, 4.º classificado, e o BSI, 3.º classificado, respectivamente nos dias 2 e 3 de Fevereiro.
Antes, no dia 23 de Janeiro, o Stod recebe as romenas do CSM Bucuresti, em jogo da segunda mão dos oitavos-de-final da Challenge Cup. Na 1.ª mão, a equipa orientada por André Sá, perdeu ( 0-3: 18-25, 16-25 e 18-25) na Roménia.

Na Alemanha, o VFB Friedrichshafen, de João José, mantém-se no 3.º lugar da tabela classificativa, mas está agora mais longe dos lugares cimeiros, após a derrota ( 0-3: 23-25, 28-30 e 23-25) no recinto do CV Mitteldeutschland, actual 6.º classificado.
O central português contabilizou 6 pontos (4 ataques e 2 blocos).
Na próxima jornada, agendada para o dia 26 de Janeiro, o Friedrichshafen recebe o Netzhoppers KW, 9.º classificado.
Por seu turno, o RWE Volleys Bottrop, de Marcel Keller Gil, continua a ser o líder isolado da Bundesliga 2 Norte, pese embora o facto de ter sido surpreendido (2-3: 16-25, 25-21, 21-25, 27-25 e 14-16), em casa, pelo SVG Luneburg, 3.º classificado.
Na próxima jornada (26 de Janeiro), a equipa do central português recebe o KMTV Eagles Kiel, 10.º classificado.
No Regional Norte da Alemanha – femininos, o VG Wiwa Hamburg (6.º classificado), de Tânia Duarte, visita o Eimsbutteler TV, 3.º classificado, no dia 26 de Janeiro.

Em França, o Chaumont, de André Lopes, voltou a ocupar o 6.º lugar na Liga Pro A mercê do desaire ( 2-3: 22-25, 25-16, 25-17, 22-25 e 15-17) averbado em Avignon, no recinto do 14.º e último classificado.
O zona 4 luso registou 6 pontos (3 serviços, 2 ataques e 1 bloco).
Na próxima jornada (26 de Janeiro), o Chaumont recebe o Narbonne, 7.º classificado.
No dia 29 de Janeiro, a equipa de André Lopes recebe o Montpellier, em jogo referente aos quartos-de-final da Taça de França.
Nesse mesmo dia, e para a mesma competição, o Tours VB, de Nuno Pinheiro, visita o Rennes Volley 35.
O campeão gaulês, que continua a liderar isolado a Liga Pro A, adiou o jogo com o Beauvais (fora)para o dia 12 de Março, pelo que só volta a jogar no dia 26 de Janeiro, altura em que recebe o Ajaccio, 10.º classificado.
Antes, porém, os franceses visitam os ucranianos do Lokomotiv Kharkiv, em jogo da 2.ª mão da Challenge Round da Taça CEV.
Na 1.ª mão, os franceses registaram uma vitória por 3-0 (25-15, 26-24 e 25-22).
Ainda em França, o Stade Poitevin Volley Beach, de Carlos Teixeira, desceu ao 3.º lugar no Nationale 1 - Poule B após ter sido derrotado ( 0-3: 23-25, 19-25 e 20-25) no recinto do Beauvais Oise VC Volley.
Na próxima ronda (26 de Janeiro), a formação do libero português recebe o Vendée VBC Herbretais, 2.º classificado.
O Asul Lyon Volley, de Renata Guerreiro, que venceu ( 3-0: 25-13, 25-11 e 25-14) o ASVEL e continua a liderar, invicto e com uma vantagem de 7 pontos a Poule B do Nationale 3, recebe o Union Sport Issoire VB, 3.º classificado, no dia 27 de Janeiro.

Na Suíça, o Chênois Volleyball Club, de Rui Santos, vai defrontar, fora, o EN Gas & Oil Lugano, vencedor da 1.ª Fase, no dia 26 de Janeiro, na 1.ª jornada dos Playoffs, disputados por seis equipas no sistema de todos contra todos.
  

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...