14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Miguel J. Barbosa é o melhor português no Rali de Portugal e venceu no CPR e Taça de Ouro

 
Num dia marcado pela dureza das especiais, Miguel Jorge Barbosa e Alberto Silva conseguiram ultrapassar todas as dificuldades da segunda etapa do Rali de Portugal e capitalizar com duas vitórias (Campeonato de Portugal de Ralis e Taça de Ouro de Ralis) a táctica implementada durante o dia de hoje.
 
No regresso ao parque de assistência instalado no Estádio do Algarve, a dupla famalicense mostrava-se obviamente radiante com o resultado alcançado. Vencer pela primeira vez uma prova do CPR e logo no Rali de Portugal é uma sensação indiscritível. As especiais de hoje estavam particularmente duras e sabíamos que seria muito difícil para as mecânicas dos carros. Mantivemos um ritmo seguro e cauteloso e acabamos por aproveitar da melhor forma a táctica que impusemos e beneficiar também dos problemas da concorrência, começou por dizer Miguel J. Barbosa.
 
Terminar o segundo dia como melhor piloto português em prova e ser o primeiro vencedor da recente criada Taça de Ouro de Ralis, faz já desta participação no Rali de Portugal uma aposta ganha.
 
Antes do início do rali traçamos como principal objectivo terminar e foi com esse prossuposto que arrancamos ontem e hoje para as especiais. Sabemos que por vezes é preciso uma ponta de sorte para que as mecânicas aguentem as difíceis condições dos pisos mas tudo fizemos para evitar surpresas. Com as contas do CPR e Taça a serem fechadas hoje, posso dar já como excelente a nossa segunda participação no Rali de Portugal. Amanhã o objectivo é subir ao pódio final, disse ainda o piloto do Mitsubishi Lancer Evo IX.
 
Para a derradeira etapa da prova pontuável para o Mundial de Ralis esta reservada uma das maiores novidades para a dupla famalicense. Duas passagens por Almodôvar com 52,3 km será uma tarefa bem difícil e que merecerá a maior das atenções. As duas passagens por esta especial será uma verdadeira prova de fogo para as mecânicas e para as nossas capacidades físicas. Estamos muito focados e confiantes em conseguir passar este teste, concluiu Miguel J. Barbosa que terá pela frente 147,64 km para terminar o Rali de Portugal edição 2013.
 

Periodicidade Diária

sábado, 25 de janeiro de 2020 – 23:10:10

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...