14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Citroën Top Driver - Rali de Portugal: Um pódio à francesa

 
Efectuando um arranque cauteloso na primeira etapa para subir o tom no decurso dos quilómetros, Bryan Bouffier e o seu co-piloto Xavier Panseri fizeram uma prova de mestria. Colocaram o seu DS3 R3 no 1º lugar do Citroën Top Driver, mas também da categoria WRC3, enquanto Sébastien Chardonnet e Quentin Gilbert completaram este primeiro pódio integralmente francês.
 
De Lisboa a Loulé passando por Ourique e Almodôvar, os Citroën DS3 R3 percorreram 380 km de especiais ao longo destes três dias de prova. Sob um clima ameno, as nove equipas que disputavam a vitória enfrentaram, no entanto, um terreno propício para furos e difícil para homens e mecânicas. Um desafio, onde a experiência e a capacidade analítica dos condutores são um activo essencial na esperança de o ultrapassar.
 
O primeiro dia foi marcado pela luta feroz entre Alastair Fisher e Keith Cronin. Eles alternaram-se na liderança e terminaram a etapa nos dois primeiros lugares na classificação com apenas 3,3 segundos de diferença. Já Sébastien Chamberlain não estava longe, fechando o pódio provisório a 6,6s do líder. Bryan Bouffier ocupava a quarta posição, enquanto Quentin Gilbert, seguia a mais de dois minutos, após um erro de pilotagem, e Simone Campedelli a mais de três minutos, devido a um furo. Do lado dos abandonos, Christian Riedemann era obrigado a desistir devido a uma falha da caixa de velocidades e Frederico Della Casa voltaria à estrada em Rally2.
 
A segunda etapa teve a sua quota de contratempos. Keith Cronin, Alastair Fisher, Simone Campedelli e Quentin Gilbert fizeram, todos eles, erros na mesma zona da 7ª especial. O britânico e o francês voltaram à estrada, embora perdendo muito tempo. Bryan Bouffier, Campeão de França de Ralis de 2011, assumiu a cabeça da classificação geral. Sébastien Chamberlain era 2º, apesar de uma pequena saída de estrada no troço de Loulé, seguido por Francesco Parli, autor de uma boa corrida.
 
O último dia reunia dois ‘monumentos’ – Silves e Almodovar – longos de 52 quilómetros, que punham à prova a capacidade de gestão e a concentração dos condutores. Frederico Della Casa e Francesco Parli renunciavam na primeira volta, permitindo que Quentin Gilbert se posicionasse na terceira posição do pódio provisório. Na última passagem, Keith Cronin registava os melhores tempos, assegurando a sua posição sem correr riscos e marcando pontos no Citroën Top Driver. O pódio final integrava os três pilotos franceses envolvidos na competição.
 
« Não faz sentido correr se não for para chegar ao final! » referia divertido o piloto de Drôme á chegada. « Foi este o modo como abordamos a corrida deste fim-de-semana e o resultado é muito positivo. Logo aquando dos reconhecimentos, rapidamente entendemos que não deveríamos pilotar a fundo para não termos surpresas desagradáveis. O percurso é muito agressivo para as mecânicas e há que saber geri-lo. Também está cheio de armadilhas e é propício a furos. O DS3 R3 foi muito eficiente e fiável, levando-nos até a vitória. É uma grande satisfação para nós e vou tentar encontrar o orçamento necessário para dar continuidade a este programa. »
 
CLASSIFICAÇÃO GERAL WRC3
 
1
Bouffier / Panseri
Citroën DS3 R3
 4:38:52.5
2
Chardonnet / De la Haye
Citroën DS3 R3
+10:06.6
3
Gilbert / Galmiche
Citroën DS3 R3
+25:51.3
4
Fisher / Noble
Citroën DS3 R3
+31:55.1
5
Cronin / Marshall
Citroën DS3 R3
+38:24.9
6
Campedelli / Chiarcossi
Citroën DS3 R3
+43:07.1
 
CLASSIFICAÇÃO CITROËN TOP DRIVER
1º Bouffier, 25 pts;2º Chardonnet, 18; 3º Gilbert, 15; 4º Fisher, 12; 5º Cronin, 8; 6º Campedelli, 6; 7º Riedemann, Parli e Della Casa, 0
 
CLASSIFICAÇÃO EQUIPAS
1º Top Teams (Chardonnet + Gilbert), 33 pts;2º Delta Rally Team (Bouffier + Della Casa), 25; 3º Sainteloc Racing (Fisher + Campedelli), 18; 4º Charles Hurst Citroën Belfast (Cronin + Riedemann), 8
 

Periodicidade Diária

terça-feira, 28 de janeiro de 2020 – 16:04:53

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...