14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Armindo Araújo e MINI brilharam na 1ª Etapa do Rali de Portugal

Armindo e MINI surpreendem na 1ª etapa
 Melhor piloto português é sétimo da geral

 
 Armindo Araújo e o MINI John Cooper Works terminaram a primeira etapa do Rali de Portugal na sétima posição da geral e revelaram-se as grandes figuras do primeiro dia da prova. Mesmo sem impor um ritmo verdadeiramente agressivo, o piloto português, acompanhado por Miguel Ramalho, conseguiu intrometer-se na luta pelas primeiras dez posições da geral acabando por superar todas as expectativas criadas à partida.
 
 No regresso à zona de assistência instalada no Estádio do Algarve, Armindo Araújo não escondia a alegria de ter realizado uma etapa de grande nível e sobretudo por ter conseguido andar já num ritmo bastante interessante. “Eu e toda a equipa estamos muito satisfeitos com o que conseguimos fazer neste primeiro dia. Comecei a manhã com o claro objectivo de andar o mais possível sem cometer erros e confesso que não arrisquei absolutamente nada. Quando chegamos ao final das primeiras três especiais ficamos todos surpreendidos com a posição que ocupávamos”, começou por dizer o piloto de Santo Tirso que, na parte de tarde, manteve a mesma toada e conseguiu subir duas posições. “Na segunda metade da etapa voltei a encarar as especiais da mesma forma, ou seja, conduzi o MINI da forma mais limpa possível, escolhi trajectórias muito correctas e aos poucos tentei imprimir um ritmo mais elevado para perceber as reacções do carro. Nas curvas mais rápidas o «kit» aerodinâmico, que será aplicado na versão WRC, fará bastante diferença pois o MINI terá uma maior carga na parte traseira que o colocará mais estável”, acrescentou ainda o piloto apoiado pela MINI, TMN, GALP, MCA e LUSITANIA.
 
 Para o dia de hoje, os objectivos mantêm-se inalteráveis e a táctica a mesma. “Estamos altamente motivados para os próximos dois dias, e vamos manter-nos concentrados em evoluir a nossa adaptação e o MINI. O resultado até agora está a ser fantástico mas não vamos pensar nisso. Há ainda muito rali pela frente e sobretudo muito trabalho em prol da equipa. O resultado final será para nós um bónus e não um objectivo”, concluiu o bicampeão do Mundo do PWRC.
 
 A segunda etapa do Rali de Portugal , terá 148,1 km de especiais disputadas ao cronometro com saída marcada para as 9H00 e regresso previsto, ao Estádio do Algarve, às 18H00.
  

Periodicidade Diária

terça-feira, 25 de fevereiro de 2020 – 00:46:57

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...