14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Ocean termina GP2 Asia no top 10

A Ocean Racing Technology terminou a GP2 Asia entre as equipas mais rápidas.

Oliver Turvey foi 8º na segunda corrida em Imola, enquanto Andrea Caldarelli recuperou até 12º. O circuito italiano recebeu a última ronda da GP2 Asia, num campeonato que ficou encurtado depois dos problemas políticos e sociais no Bahrain. Mesmo assim, a equipa portuguesa cumpriu o objectivo de trabalhar no novo carro e nos novos pneus para a temporada 2011 da GP2.

Os dois pilotos mostraram um ritmo competitivo. Turvey fez uma boa partida para a segunda corrida, o que lhe permitiu ganhar posições. O britânico subiu até 8º e tirou o melhor partido das alterações realizadas pela equipa no monolugar. Turvey sublinha o bom resultado num circuito que não conhecia:

"Gostei muito de Imola. É rápido e tem subidas e descidas como alguns circuitos britânicos. O resultado foi bastante positivo. A equipa trabalhou muito bem e os acertos que fizemos permitiram melhorar a prestação. As partidas correram bem e não era possível fazer melhor, porque as ultrapassagens são muito complicadas e é preciso ter cuidado para evitar confusões com os outros carros. Fiquei muito satisfeito com esta experiência com a Ocean e todo o trabalho de desenvolvimento do carro que conseguimos fazer em pouco tempo", disse Turvey.

Já Andrea Caldarelli saiu de 17º e recuperou até 12º. Um resultado que foi possível com um ritmo de corrida muito consistente, depois de uma má partida em que perdeu vários lugares. Depois disso, o piloto italiano tirou o melhor partido do monolugar, numa corrida em que mostrou uma excelente adaptação à GP2:

"As partidas não correram bem, mas o carro estava muito bem afinado para Imola. É muito complicado ultrapassar, pelo que ter ganho posições nas duas corridas foi muito positivo. A época foi curta, mas penso que o trabalho que fizemos foi positivo. Pessoalmente, foi uma boa experiência. Gostei muito desta oportunidade de estar com a Ocean, foi enriquecedor para mim e penso que terminamos a GP2 Asia com um balanço muito positivo", sublinhou Caldarelli.

Na primeira corrida, realizada no Sábado, Andrea Caldarelli falhou o arranque e caiu para 26º. Depois, fez uma corrida sempre ao ataque, com uma excelente paragem nas boxes e recuperou até 17º, numa jornada em que revelou uma grande atitude. Oliver Turvey chegou até ao 12º posto e estava a lutar por posições, quando sofreu um toque de Nathanael Berthon, que falhou uma travagem. Turvey perdeu várias posições e os danos no monolugar impediram-no de recuperar. Acabou em 15º, tendo subido para 14º, depois da desclassificação de Davide Valsecchi.

A Ocean aproveitou ao máximo as corridas da GP2 Asia para desenvolver o novo monolugar.

A temporada da GP2 Series arranca a 7 de Maio em Istambul, na Turquia. Antes disso, estão agendadas duas sessões de testes, sendo a primeira já nos dias 4 e 5 de Abril, no circuito britânico de Silverstone.
  

Periodicidade Diária

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020 – 14:47:47

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...