13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

34.º G.P. JOMA: Sporting Clube da Reboleira e Damaia vence e convence

Mesmo com a fortíssima Corrida do Benfica-António Leitão, em Lisboa, e a Corrida da Juventude, no vizinho concelho de Cascais, propostas irrecusáveis que poderiam “desfalcar” a prova organizada pela Juventude Operária de Monte Abraão, os seus responsáveis conseguiram “segurar” os principais clubes, interessados não só em pontuar no troféu, mas participar na festa da corrida, dado o ambiente fantástico que acolheu os participantes. Uma aula de Zumba para o aquecimento da corrida principal, englobando a larga maioria dos participantes que cumpriram conforme os escalões, 3.200, ou 4.600 metros, a oferta de balões coloridos, flores para as concorrentes femininas, e ainda a caminhada” Monte Abraão em Movimento” para possibilitar aos menos preparados fisicamente a possibilidade de participar na iniciativa. E foram mais de uma centena, os que corresponderam ao convite da organização, cumprindo com alegria, os cerca de 4.000 metros do percurso pelas principais artérias de Monte Abraão. Também a Confederação Portuguesa de Colectividades de Cultura e Recreio se associou ao evento, promovendo os Jogos Tradicionais, e foi possível recrear, durante a manhã, o lançamento do pião, da malha, entre muitos outros.

 

Caminhada reune mais de uma centena de participantes

 

Esta foi a quarta prova pontuável para o Troféu Sintra a Correr 2015, quadro competitivo da Câmara Municipal de Sintra-Divisão de Juventude e Desporto, o Grande Prémio JOMA, este ano na 34.ª Edição, é a mais antiga prova do calendário concelhio neste formato, e uma das mais prestigiadas do país, não fosse o emblema de Monte Abraão, presidido por João Pedro Cardoso, uma forte referência no atletismo nas várias disciplinas da corrida.

 

Os mais de quatrocentos atletas, representando meia-centena de clubes e/ou associações, confirmaram essa afectividade com a Juventude Operária de Monte Abraão, os seus dirigentes, e colaboradores.

 

Favoritos vencem folgadamente prova-rainha

 

Prova rainha ganha por Nuno Carraça e Sandra Protásio, com a antiga campeã da Europa de Juniores, Sofia Avoila na frenter da corrida. Seria a primeira no F35

 

Quanto à competição, desde o tiro de partida que os principais candidatos à vitória final começaram a ganhar vantagem sobre os restantes competidores, não só dos seniores, mas também sobre os veteranos, António Pinto, e José Martins, ambos de “Os Fixes”.

 

Na frente da corrida, Nuno Carraça (URCA) foi controlando os seus adversários, com Euclides Sanches (Casa Benfica AMM) e Rodrigo Carrera (JOMA) na perseguição.

 

Andreia Santos, Sandra Protásio, Marisa Antunes, e Izabela Pires, o quarteto que foi ao pódio em seniores femininos

 

No sector feminino, a consagrada Andreia Santos (JOMA) não teve pernas para acompanhar o ritmo imposto por Sandra Protásio, do Sporting, que terminaria com uma vantagem confortável sobre a atleta do clube organizador e que surpreenderia pela forma com que se apresentou na corrida da JOMA.

 

Mais longe ficaria, Marisa Antunes (ainda sub 23) do NúcleOeiras-ADNO, mas que garantiria o último degrau do pódio. Izabela Pires, da Casa Benfica no Algueirão, fecharia o quarteto do escalão de seniores, sendo a primeira classificada concelhia, e Miriam Lopes (individual), fecharia o quinteto a cortar a meta.

 

Num olhar pelas outras concorrentes, uma nota para relevar a presença da antiga campeã da Europa de Juniores em Marcha Atlética (1995/Hungria), Sofia Avoila, esta época com a camisola da JOMA. Foi a primeira classificada no seu escalão (F35), cumprindo assim o seu objectivo numa disciplina que não faz parte do seu programa de competições.

 

Sporting Clube da reboleira e Damaia vence e convence colectivamente

 

Sporting Clube da Reboleira e Damaia na festa final do pódio colectivo

 

Na classificação final por equipas, o Sporting Clube da Reboleira e Damaia, “arrasou” toda a concorrência, somando mais 202 pontos (!) que a segunda classificada, a Casa Benfica em Algueirão-Mem Martins.

 

A fechar os lugares do pódio, a Juventude Operária de Monte Abraão (JOMA) que ficou a uma dezena de pontos da equipa encarnada. A forte mobilização de todos os seus atletas não foi suficiente para incomodar a concorrência, ainda assim conseguiu a melhor pontuação no quadro competitivo de Sintra, na presente época.

 

Quanto à organização, esteve em excelente plano, com o director da prova, António Carrasco a controlar todas as operações, numa acção que teve em muitos voluntários e colaboradores uma grande equipa, elementos indispensáveis ao sucesso de qualquer evento. Depois a PSP, bombeiros, motard’s, e outras instituições, como a autarquia de Sintra, União de Freguesias de Massamá-Monte Abraão, e claro, os indispensáveis patrocinadores que com a sua ajuda enriquecem o orçamento da prova, aumentando a qualidade e quantidade dos prémios a distribuir por clubes e atletas. E estes não tiveram razões de queixa.

 

Texto e fotos: Ventura Saraiva

 

Principais classificações

 

Geral individual

1º, Nuno Carraça (União Recreativa e Cultural da Abrunheira)

2º, Rodrigo Carreira (J.O.M.A.)

3º, Euclides Sanches (Casa do Benfica AMM)

4.º, Ivo Fernandes, SC Reboleira e Damaia

5.º, Rafael Lopes, AA Pego Longo

 

Seniores Femininos

1.º, Sandra Protásio (Sporting Clube de Portugal)

2.º, Andreia Santos (J.O.M.A.)

3.º, Marisa Antunes (NucleOeiras/Sportzone)

4.ª, Izabela Pires, Casa Benfica AMM

5.ª, Miriam Lopes, Individual

 

Geral colectiva-equipas

1.ª, Sporting Clube da Reboleira e Damaia, 453 ponto

2.ª, Casa do Benfica Algueirão Mem-Martins, 251 “

3-ª, Juventude Operária do Monte Abraão, 241 “

4.ª, Sporting Clube de Portugal, 184

5.ª, GRD Manique de Cima, 156

6.ª, GRD “Os Fixes”, 152

7.ª, GRD Ribeira da Lage, 131

8.ª, Restaurante “O Cartaxeiro”-Caneças, 116

9.ª, Amigos Atletismo de Mafra, 89

10.ª, União Recreativa e Cultural da Abrunheira, 81.

V o t o s  de  B o a s  F e s t a s

Periodicidade Diária

domingo, 16 de dezembro de 2018 – 00:48:06

Pesquisar

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...