18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Ricardo Ribeiro, Caxade, Júlio Resende e Patrícia Bastos entre os destaques para o próximo trimestre do Auditório de Espinho

O último trimestre de 2014 no AdE arranca já no próximo dia 4 de Outubro com um concerto da Orquestra Clássica de Espinho, sob direcção do maestro Pedro Neves, que apresentará duas importantes obras sinfónicas do século XX: a sinfonia nº 4 de Luis Freitas Branco e a Suite nº 3 do bailado “Gayane” do compositor arménio Aram Khachaturian. No dia 10 de Outubro, a Orquestra de Jazz da EPME apresenta o espectáculo “All that Jazz... and hoppin’!”, com direcção musical de Daniel Dias e Paulo Perfeito, recriando o ambiente dos míticos Cotton Club, Roseland e Savoy. No espectáculo All that Jazz... and hoppin’! a Orquestra de Jazz da EPME, com a colaboração da cantora Rita Maria, vai recriar o ambiente sonoro sobre o qual um excelente grupo de bailarinos vai levar o nosso imaginário de volta ao Harlem do principio do século passado.

 

No dia 18 de Outubro, o fadista Ricardo Ribeiro apresenta-se pela primeira vez no Auditório de Espinho com Largo da Memória. Marcando mais um ponto alto numa carreira com vários sucessos, em Fevereiro deste ano Ricardo Ribeiro viajou a Nova Iorque com Pedro Jóia e esgotou o Elebash Recital Hall, do Cuny Graduate Center, em plena Quinta Avenida. Esta parceria foi escolhida para o World Music Series desta instituição. No mesmo mês esgotou o CCB esgotou e encheu a Casa da Música para apresentar o disco Largo da Memória, juntamente como uma série de convidados. O retorno não poderia ser melhor; os concertos foram um sucesso de público e consolidaram o génio artístico de Ricardo Ribeiro, uma das maiores vozes do nosso panorama musical.

 

A fechar Outubro, no dia 25, os galegos CAXADE prometem uma noite imperdível. CAXADE é o novo projecto pessoal do galego Alonso Caxade. Folk-pop, música minimalista e sons bucólico-pastoris da velha Europa. Em Espinho apresentam o seu primeiro trabalho discográfico, A Dança dos Moscas, com uma banda formada por Manu Paino (trompete e carrilhão), Manu Espinho (bombardino), Xosé Tunhas (bateria) e o próprio Alonso Caxade (voz e acordeão). Ao vivo, Caxade é uma imensa celebração da Galiza e dos Balcãs. Uma enorme festa onde não falta sequer o discurso reivindicativo de Alonso Caxade. No dia 8 de Novembro, o AdE recebe a brasileira Patrícia Bastos no âmbito do Misty Fest 2014. A voz de Patricia Bastos, verdadeiro património de Amapá, revelou-se no espantoso álbum Zulusa, que foi recentemente distinguido no 25º Prémio da Música Brasileira onde arrecadou o galardão reservado para Melhor Álbum Regional. Uma revelação, sem dúvida, pronta para conquistar o mundo.

 

No dia 16 de Novembro, o Teatro de Marionetas do Porto apresenta o espectáculo Pelos cabelos. A partir das ilustrações Pelos Cabelos, de João Vaz de Carvalho, o Teatro de Marionetas do Porto criou um espetáculo habitado por personagens insólitas, de olhares ausentes e alucinados, onde o humor e o absurdo se fundem para mais uma experiência com muitas marionetas. No dia 14 de Novembro, o TMP apresenta duas sessões para público escolar (11:00 / 15:00). No dia 22 de Novembro, o guitarrista André Fernandes regressa ao Auditório de Espinho com o seu novo disco. Com "Wonder Wheel", o músico apresenta-se com um grupo de luxo composto por Inês Sousa (voz), Mário Laginha (piano), Nelson Cascais (contrabaixo) e Alexandre Frazão (bateria). Estamos já habituados a que cada novo grupo de André Fernandes venha suscitar uma boa dose de interesse e curiosidade. De facto, o trajeto deste prodigioso guitarrista e compositor, que tem marcado significativamente o cenário do jazz luso ao longo da última década, tem-se pautado por uma sequência de projetos que, independentemente do seu inerente valor, jamais deixariam adivinhar o que se lhes poderia seguir. E não foi diferente com este Wonder Wheel.

 

Em Novembro, no dia 28, a Orquestra Clássica de Espinho, com direcção musical de Pedro Neves, apresenta-se num concerto integrado no 42º Congresso Internacional de Viola (Porto, 2014). Nesta noite, a viola vai estar no centro das atenções como instrumento solista, contando com intérpretes de craveira internacional (Avri Levitan, Emlyn Stam e Frank Brakkee). O programa inclui obras de Mozart e Williem Jephf. Em Dezembro, no dia 12, Júlio Resende apresenta “Amália”, o seu primeiro projeto a solo, no qual o pianista revisita ao piano alguns dos mais célebres temas do repertório de Amália Rodrigues. Numa interpretação muito pessoal, este trabalho representa um novo desafio: trazer o Fado ao piano; cantar as melodias com o piano, em vez de as acompanhar apenas. Resende recria, neste projeto, temas de memória individual e coletiva: “Casa Portuguesa”, “Barco Negro”, ou “Vou Dar de Beber à Dor (Casa da Mariquinhas)” estão entre as escolhas do músico. No dia 20 de Dezembro, a Orquestra Clássica de Espinho, sob direcção do maestro Pedro Neves, encerra a programação do AdE em 2014 num concerto com um programa especialmente alusivo à época natalícia e ao repertório que lhe é dedicado. As obras a apresentar serão anunciadas oportunamente.

Periodicidade Diária

quinta-feira, 13 de junho de 2024 – 16:57:44

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...