16 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Edgar Campre e Marisa Vaz de Carvalho campeões de Portugal e de Esperanças

 

Ela completou o pentatlo com 3697 pontos, ele recuperou o atraso do primeiro dia e somou 5470 pontos, recorde pessoal

 

Tal como há um ano, a prova de 1 000 metros decidiu o campeão de Portugal de Heptatlo, de novo com os mesmos protagonistas.

 

Depois de uma primeira jornada de bom nível, Manuel Dias, do União de Tomar, começou o dia de hoje com recorde pessoal nos 60 metros barreiras (8,49 segundos), mas não conseguiu fazer melhor que 4,36 metros no salto com vara, hipotecando aí a possibilidade do seu terceiro título consecutivo.

 

Ainda fez melhor nos 1 000 metros do que há um ano (2.39,48 minutos), mas desta vez Edgar Campre (que perdera há um ano por dois pontos) conseguiu superar-se.

 

 

Fazendo 8,21 segundos nas barreiras, o benfiquista deu o mote, passou 4,66 metros no salto com vara e nos 1 000 metros terminou em 2.47,27 minutos, para somar 5470 pontos, mais 53 pontos que Manuel Dias (5417 pontos), sagrando-se assim campeão de Portugal e de Esperanças.

 

No terceiro lugar ficou André Oliveira (J. Vidigalense), com 4781 pontos.

 

 

Já a prova de pentatlo decorreu numa jornada de domingo, com Marisa Vaz de Carvalho (SL Benfica) a mostrar a sua superioridade vencendo em quatro das cinco provas (apenas superada no salto em altura, por Jennifer Gomes), com parciais de 8,66 segundos nos 60 metros barreiras, passando 1.54 metros em altura, lançando o peso a 13,05 metros, saltando 5,42 metros no comprimento, e fechando os 800 metros em 2.34,19.

 

Estas prestações totalizaram 3697 pontos, a soma mais baixa dos seus três títulos (4064 pontos em 2017, quando ainda era júnior; 3820 pontos em 2019).

 

Ao título de campeã de Portugal juntou o título de Esperanças.

 

Na segunda posição ficou Jennifer Gomes (Grecas), a campeão em 2020, que agora somou 3351 pontos (parciais: 9,25 - 1.60 - 9.95 - 5,41 - 2.41,37).

 

No terceiro posto ficou Raquel Lourenço (J. Vidigalense), com 3166 pontos (parciais: 8,84 - 1.48 - 8.28 - 5,32 - 2.41,28).

 

Nas provas de preparação, no lançamento do peso feminino, triunfo de Francislaine Serra (Sporting de Braga) que alcançou o16,87 metros, enquanto Eliana Bandeira chegou aos 16,36.

 

Em masculinos, triunfo de Daniel Santiago (Sporting), com 16,51 metros.

 

Recorde Mundial de Miguel Monteiro no peso

 

 

Ainda nas provas de preparação, Miguel Monteiro (categoria F40) bateu o recorde do mundo do lançamento do peso (atletismo adaptado) alcançando a marca de 11,01 metros.

 

O atleta do Casa do Povo de Mangualde, de 20 anos de idade, da categoria F40 (baixa estatura), superou o anterior recorde (10,88 metros) que pertencia a dois atletas: ao iraquiano Garrah Tnaiash,que alcançou essa marca em Jakarta, Indonésia, a 10/10/2018, e a Denis Gnezdilov (Rússia), que igualou a marca em 14/11/2019, no Dubai, Emiratos Árabes Unidos.

 

 

Periodicidade Diária

quinta-feira, 23 de setembro de 2021 – 17:09:12

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...