18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Final da primeira jornada da I Divisão dos Campeonatos Nacionais de Clubes

A final da I Divisão dos Campeonatos Nacionais de Clubes prometia ser das mais competitivas de sempre e o decorrer da primeira jornada assim o confirmou. Hoje, em Pombal, o Sporting terminou a liderar em femininos com 53 pontos; e, do lado masculino, Sporting e Benfica terminaram ambos em primeiro lugar com 45 pontos, com três vitórias e três segundos lugares para cada lado.
 
Foram muitos os duelos entre os clubes de Lisboa, com o Benfica a ser superior na velocidade, em provas antecipadas pelo silêncio absoluto, reflexo da concentração e de algum nervosismo dos atletas, mas também dos espectadores que, com alguma ansiedade, aguardavam por um espetáculo que sabiam que seria de alta qualidade e com o vencedor a decidir-se, em muitos casos, ao centésimo.
 
Assim foi, logo a abrir, com os 60 metros femininos, com Arialis Martinez, do Benfica, a vencer em 7,28s, e Rosalina Santos, do Sporting, na segunda posição, com 7,29s, ainda assim marca de referência para os Campeonatos da Europa de Pista Coberta, a cinco centésimos da qualificação direta. Do lado masculino, Reynier Mena, do Benfica, venceu em 6,68s, com Carlos Nascimento, do Sporting, a terminar na segunda posição, apenas com um centésimo de diferença e a conseguir também marca de referência para os europeus.
 
Também nos 1500 metros, foi por quatro centésimos que José Carlos Pinto (4m04,58s), do Benfica, venceu Nuno Pereira, do Sporting. Já do lado feminino, o duelo foi entre Salomé Afonso, do Sporting, e Marta Pen Freitas, do Benfica, com a primeira a vencer em 4m12,12s, recorde pessoal, e a segunda a terminar em 4m14,98s.
 
Nos 400 metros, do lado masculino, venceu João Coelho, do Sporting, em 47,10s. Do lado feminino, Cátia Azevedo, do Sporting, foi superior, com o tempo de 53,07s, melhor marca nacional do ano.
 
Destaque para a prova do lançamento do peso, com a campeã nacional, europeia e mundial de pista coberta, Auriol Dongmo, do Sporting, a vencer com a marca de 18,91 metros.
 
Agate de Sousa, do Benfica, venceu o salto em comprimento, com a marca de 6,55 metros, no último ensaio. Do lado masculino, Ivo Tavares, do Benfica, venceu com a marca de 7,47 metros.
 
João Vieira, do Sporting, venceu os 5000 metros marcha, em 20m49,85s. Do lado feminino venceu Inês Mendes, do Benfica, com a marca de 13m29,65s.
 
No salto em altura, vitória para Anabela Neto, do Sporting, com 1,77 metros.
 
A jornada terminou com novo duelo que animou as bancadas, desta vez no salto com vara, com Carlos Pitra, do Sporting, a conseguir um novo recorde pessoal de 5,35 metros, melhor marca nacional da temporada, e a levar a melhor em relação a Pedro Buaró, do Benfica, que conseguiu a marca de 5,30 metros, também recorde pessoal.
 
Os resultados completos estão disponíveis em https://www.fpacompeticoes.pt/2019/competicao
 
A segunda jornada tem início amanhã às 15h00 com transmissão em direto no canal de Youtube e na página de Facebook da FPA.
 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 19 de julho de 2024 – 08:25:56

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...