18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Campeonatos Nacionais de Sub-20 em Pista Coberta

O pavilhão da Expocentro, em Pombal, recebe a 21ª edição dos Campeonatos Nacionais Sub-20 em Pista Coberta, uma competição organizada pela Federação Portuguesa de Atletismo, com o apoio da Associação Distrital de Atletismo de Leiria e do Município de Pombal.
 
Na já bem conhecida pista em Pombal, as equipas do Sporting Clube de Portugal (campeões nacionais coletivos masculinos do escalão nas últimas três edições) e Juventude Vidigalense (campeão feminino em 2022), preparam-se para defender os títulos e chegarem ao “tetra”, aproximando-se cada vez mais do Sport Lisboa e Benfica, que continua a ser o clube com mais títulos (10 em masculinos e 9 em femininos), e que foi segundo em ambos os géneros na três últimas edições. Em masculinos, o Juventude Vidigalense subiu ao pódio em 2022, já em femininos foi o Clube de Futebol de Oliveira do Douro.
 
Em termos individuais masculinos, há já algumas provas que serão interessantes de seguir, como os 60 metros planos, com David Landim (SL Benfica), que recentemente representou Portugal no DNA com recorde pessoal (6,87 segundos), Diogo Vaz, do Vitória SC (6,90) e Pedro Afonso, do Vitória FC (7,05)) – também ele no DNA; os 400 metros, com André Franco (C. Pedro Pessoa) e João P. Ferreira (SC Braga); os 3000 metros, com André Barbosa (Leixões SC); os 60 m barreiras, com Sisínio Ambriz (SL Benfica), que este ano já melhorou os recordes nacionais de sub-20 nos 60 metros barreiras, quer de 1,00 m quer de 1,06, colocando ambos abaixo dos 8,00 segundos; o salto com vara, com Rodrigo Alcobia (SL Benfica) que já saltou 4,95 metros esta época; os saltos em comprimento e triplo, com Tiago Pereira (SL Benfica).
 
Em femininos, os 60 metros também prometem, com Beatriz Castelhano (Arneirense) e Matilde Simões (Viseu e Benfica), separadas nas melhores marcas por um centésimo apenas (7,75 e 7,76 segundos, respetivamente); as provas de 1500 metros, com Stela Fernandes (Gira Sol) e 3000 metros, com Lara Costa (UD Várzea), poderão ter vencedoras surpresa; nos 60 metros barreiras, Melissa Sereno, do Maia AC, em Madrid correu em 8,48 segundos, sendo já a terceira portuguesa de sempre; nos saltos em comprimento e triplo, teremos Tatiana Pereira (Fundação Salesianos), que continua a progredir bastante.
 
Como tem acontecido ao longo da época de pista coberta, esta prova, que amanhã (sábado, 25 de fevereiro) tem início às 15h45 e no domingo (26 de fevereiro) inicia às 9h15, tem transmissão em streaming e resultados em direto (ver links abaixo, também com informação de horários e dossier estatistico).
 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 19 de julho de 2024 – 18:23:27

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...